Youtube irá proibir palavrões em determinados vídeos

Youtube enfatiza que, dependendo do contexto, continuará a bloquear vídeos em que apresentadores falem palavrões
Por
16 de janeiro de 2019 às 10h11 - Atualização: 16/01/2019
youtube_android_1

O YouTube anunciou uma série de regras dizendo o que pode, ou não, ser dito nos vídeos postados na plataforma. O YouTube está tentando apaziguar a relação entre criadores e empresas. Já que algumas delas estão bloqueando monetização de vídeos devido a palavrões.

Segundo a plataforma, eles não irão simplesmente bloquear videos com palavrões, mas sim dependendo do contexto que o criador venha a usar. Essa parte não ficou tão clara assim, mas vamos lá.

Além disso, os criadores poderão usar qualquer palavrão, desde que o mesmo não esteja sendo usado no título, miniatura ou nos primeiros 30 segundos do vídeo.

youtube autoplay

Porém, há uma ressalva. O YouTube afirma que se determinada empresa não quiser veicular seus anúncios em determinado vídeo por causa dos palavrões, ela poderão. Porém, segundo eles, a maioria não vê problema nisso.

Nada é novo, mas agora o YouTube foi mais claro

E, sendo sincero, sabemos que a maioria do público – não todos – até gostam de youtubers que exageram nos palavrões e etc, tem gosto para tudo.

Agora, o que realmente pode desmonetizar um vídeo está relacionado principalmente ao discurso de ódio, insultos, ideias discriminatórias – racistas, xenófobas – ou bullying.

Mas como enfatiza o site Mashable, tudo isso não é nada novo, o YouTube sempre incluiu isso vagamente em suas diretrizes, a diferença é que agora foram mais claros.

No fim das contas, tudo vai depender do contexto. Em um streaming de jogo, por exemplo, o youtuber pode até xingar um personagem do que ele quiser, porém se algum dos xingamentos envolver racismo, como citando a cor da pele do mesmo, ai será considerado discurso racista e provavelmente o vídeo será desmonetizado ou até mesmo bloqueado.

Mais sobre: youtube,
Matérias relacionadas

Deixe uma resposta