Bom sinal: Xiaomi vai registrar marca MiStore no Brasil

Por
2 de abril de 2019 às 5h11 - Atualização: 02/04/2019
idc xiaomi

Hoje a novela Xiaomi x Brasil ganhou mais um capítulo. Depois de confirmar sua chegada oficial no Brasil e da parceria com a brasileira DL, a Xiaomi entrou com pedido para registrar a marca “MiStore” no Brasil.

Quem apurou a novidade foi o pessoal do Tudocelular. Ao fazerem uma pesquisa no site do INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), encontraram lá um pedido da Xiaomi requerendo o registro da marca “MiStore”, nome usado pela empresa em suas lojas espalhadas pelo mundo.

O INPI fiscaliza o uso legalizado e formal de marcas e patentes no Brasil. No geral, o processo é longo e demorado, mas garante que uma empresa tenha exclusividade ao nome de uma marca ou de uma patente. Isso evita plágios e uso indevidos das marcas.

Interessante é notar que duas empresas já fizeram o pedido. A primeira é a conhecida loja Mi Store Brasil, pertencente a empresa JCELL Celulares. A outra, como dito, é a própria Xiaomi Inc. (que abriu o processo em fevereiro deste ano).

Xiaomi MiStore Brasil

DL ou Mi Store Brasil?

Com esse pedido uma interrogação começa a pairar. A DL já foi confirmada inclusive pela própria Xiaomi que irá representar oficialmente a marca aqui no Brasil. Por outro lado, a Mi Store Brasil (JCELL Celulares) já está vendendo smartphones importados da Xiaomi há mais de um ano. Segundo ela, já possui até uma rede de assistência técnica funcionando a nível nacional.

Além disso, essa semana o Redmi Note 7, o Redmi 7 e o Redmi Go foram homologados pela Anatel. Não se sabe quem exatamente fez o pedido, a própria DL não confirmou e nem negou que tenha sido ela.

Mais sobre: Xiaomi,
Matérias relacionadas

Uma resposta para “Bom sinal: Xiaomi vai registrar marca MiStore no Brasil”

Deixe uma resposta