Xiaomi Mi 6X e Redmi Note 6 Pro esperam homologação no Brasil

Além do Pocophone F1, agora o Redmi Note 6 Pro e o Xiaomi Mi 6X chegaram na Anatel para serem homolagados.
Por
15 de fevereiro de 2019 às 11h19 - Atualização: 19/02/2019

Depois da homologação do Xiaomi Pocophone F1, mais 2 smartphones da marca foram encontrados nos arquivos da Anatel pelo pessoal do Pinguins Moveis. Ele ainda não foram homologados, estão esperando para isso, o que deve acontecer em breve.

O Pocophone F1 foi homologado no Brasil a pedido da empresa DL, ela ainda não explicou porque, mas disse ao tecnoblog que fará isso na Segunda (18). Quanto aos Xiaomi Mi 6X e Redmi Note 6 Pro, como ainda não foram oficialmente aprovados, não se sabe quem pediu.

Redmi Note 5, Redmi 6 Pro and these other Xiaomi smartphones are set to get Android 9.0 Pie update

A Xiaomi já havia manifestado vontade de voltar ao Brasil, mas dessa vez seria representada por outra empresa que ficaria a cargo de importar e revender os produtos da marca. Tudo leva a crer que a DL pode ser essa empresa.

Vale lembrar que anos atrás, a Xiaomi atuou no Brasil graças aos esforços do então executivo Hugo Barra, brasileiro que trabalhava na empresa. Mas por diversos fatores, a empresa acabou encerrando seus negócios aqui.

Xiaomi Mi 6X e Redmi Note 6 Pro, sucessos de vendas

O Xiaomi Mi 6X é a versão chinesa do famoso Xiaomi Mi A1, com excessão do fato que ele roda a MIUI ao invés do Android One. Já o Redmi Note 6 Pro é sucesso de vendas na China, no resto do mundo é conhecido como Redmi Note 6, o qual já testamos aqui no Tekimobile.

Isso pode significar que quem solicitou a importação esteja negociando diretamente com a Xiaomi, por isso as versões chinesas dos aparelhos.

Nós acreditamos que realmente isso seja obra da DL, que ela seja a empresa que irá comercializar oficialmente os produtos da Xiaomi no Brasil. E vocês?

 

Matérias relacionadas

Uma resposta para “Xiaomi Mi 6X e Redmi Note 6 Pro esperam homologação no Brasil”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *