Black Shark destrói Benchmark com 12 GB de RAM

Por
8 de março de 2019 às 8h55 - Atualização: 08/03/2019
Xiaomi-Black-Shark-2

O Xiaomi Black Shark 2 será um monstro com 12 GB de RAM. Pelo menos é o que diz os novos vazamentos que mostram sua pontuação em teste de benchmark. Seu lançamento será dia 18 desse mês (Março).

E o que podemos esperar desse dispositivo? Bem, ainda não sabemos de todos os detalhes desse gadget. Mas podemos adiantar que uma de suas versões virá com as seguintes configurações:

Xiaomi Black Shark 2 – Ficha técnica

  • Android 9 Pie;
  • Processador Snapdragon 855;
  • GPU Adreno 640;
  • 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno;
  • Display com resolução de 2340 x 1080px.

Essas especificações apareceram no teste de benchmark Antutu com o nome de BlackShark Skywalker. Sabemos que se trata da nova geração pois vem carregado com o chipset Snapdragon 855.

Leiam também | 10 smartphones mais potentes de 2019

Mesmo com essas especificações talvez você não fique impressionado com esse gadget. Mas, já foi confirmado outra versão com 12 GB de memória RAM do Black Shark 2. Dessa vez foi visto no teste de benchmark Geekbench.

Com 8 GB de memória RAM o desempenho de um smartphone já é espetacular e agora com 12 GB de memória RAM estamos entrando em uma nova era de gadgets com algumas configurações acima de um computador convencional.

Xiaomi Black Shark antutu

Essa evolução do Black Shark 2 fica evidente nos testes de benchmark. Em cada lançamento, um smartphone supera outro. Nesse mês de março o topo no ranking do Antutu é o Samsung S10+, com uma pontuação de 332.850 pontos. O interessante é que o BlackShark 2 teve uma pontuação melhor ultrapassando muitos concorrentes atingindo 359.973 pontos.

Além disso, o novo BlackShark passou por várias certificações o que incluía a de desempenho e certificação de produtos Chineses, o 3C, que indicaram que esse gamer phone virá com carregamento rápido de 27W, o mesmo que o Xiaomi Mi 9. Mas não sabemos quantificar as especificações da bateria. Vamos torcer para que venha com uma boa autonomia acima de 3000 mAh.

Com relação as câmeras surgiram alguns rumores, por meio de uma foto vasada, de que o BlackShark 2 possuirá duas lentes traseiras, posicionadas verticalmente. Como não se viu o leitor de impressão digitais, subtende-se que seguirá a tendência do momento, leitores biométricos na frente do dispositivo sob o display.

Por se tratar de um gadget especifico para o público gamer, que usufruirão todos os recursos de hardware do dispositivo a todo vapor e por longos períodos, ficamos preocupados com a dissipação do calor.

Por isso, o BlackShark 2 estará equipado com uma nova tecnologia de resfriamento interno, a Liquid Cooling 3.0, que é um resfriamento liquido. Acreditamos que este cobrirá uma área maior de resfriamento se tornado assim mais eficiente.

Então, esperamos que o BlackShark 2, se assim for chamado, supere nossas expectativas diante desse senário de gadgets cada vez mais competitivos. Para que isso aconteça a Xiaomi deverá investir tanto em funcionalidades extras nesse novo dispositivo como também em acessórios que entregem ao usuários uma imersão melhor na experiência do mundo gamer.

Via Gizmochina

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta