Notícias Dicas Marcas Reviews Contato
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
dicas
videos
tecnologias
noticia
servicos
empresa
analises

Início » Especial » O Wi-Fi 6 é realmente muito mais rápido? Há muito mais envolvido

O Wi-Fi 6 é realmente muito mais rápido? Há muito mais envolvido

Entendam as reais vantagens do Wi-Fi e porque não é algo para você se preocupar agora, mas é essencial para o futuro.
Por | 11 de maio de 2020 às 09:15

O Wi-Fi está prestes a ficar mais rápido. Essa é uma ótima notícia: uma internet mais rápida está se tornando cada vez mais uma necessidade, não um luxo. Especialmente porque consumimos mais aplicativos, jogos e vídeos exigentes em largura de banda com nossos laptops e smartphones. Estamos falando do Wi-Fi 6.

Mas a próxima geração de Wi-Fi, conhecida como Wi-Fi 6, não é apenas um simples aumento de velocidade. Seu impacto será mais abrangente, e é provável que vejamos seus benefícios cada vez mais ao longo do tempo.

Ao contrário do que muitos pensam, o Wi-Fi 6 veio não para dar mais velocidade aos usuários, mas sim uma atualização voltada para o futuro, projetada para garantir que nossas velocidades não parem alguns anos depois.

O Wi-Fi 6 está apenas começando a chegar este ano, e há uma boa chance de que ele estará dentro do seu próximo smartphone ou laptop. Aqui está o que você deve esperar quando ele chegar.

O QUE É WI-FI 6?

Wi-Fi 6 é a próxima geração de Wi-Fi. Ele ainda vai fazer a mesma coisa básica – conectá-lo à internet – “apenas” com um monte de tecnologias adicionais para fazer isso acontecer de forma mais eficiente, acelerando as conexões no processo.

QUAL É A VELOCIDADE?

A resposta curta, mas incompleta é: 9,6 Gbps. Isso é acima de 3,5 Gbps no Wi-Fi 5.

A resposta real: ambas as velocidades são máximas teóricas que é improvável que você alcance no uso de Wi-Fi do mundo real. E mesmo se você pudesse alcançar essas velocidades, não está claro que você precisaria delas. A velocidade de download média no Brasil é de 18,5 Mbps (na Noruega é 61 Mbps), ou seja, menos de de 1% da velocidade máxima teórica.

Mas o fato de que o Wi-Fi 6 tem um limite de velocidade teórico muito maior do que o seu antecessor ainda é importante. Esses 9,6 Gbps não têm que ir para um único computador. Pode ser dividido em toda uma rede de dispositivos. Isso significa mais velocidade potencial para cada dispositivo.

O ESTRANHO ESQUEMA DE NOMEAÇÃO DO WI-FI:

Até recentemente, as gerações de Wi-Fi eram referidas por um esquema de nomeação arcano que exigia que você entendesse se 802.11n era mais rápido que 802.11ac, e se 802.11ac era mais rápido que 802.11af, e se algum desses nomes era apenas inventado.

Para corrigir isso, a Wi-Fi Alliance decidiu renomear as gerações de Wi-Fi  com números de versão simples. Assim, a geração atual de Wi-Fi, 802.11ac, se transformou em Wi-Fi 5. Esta nova geração, antes chamada de 802.11ax, agora é Wi-Fi 6.

Você provavelmente não vai ouvir o nome Wi-Fi 5 usado muito desde que ele está por aí há cinco anos e só ganhou esse nome em outubro de 2018. Para Wi-Fi 6, você pode ver o nome 802.11ax aqui e ali, mas as empresas parecem estar de acordo com o uso do esquema de nomeação simplificado.

WI-FI 6 NÃO É SOBRE VELOCIDADES MÁXIMAS

Em vez de aumentar a velocidade para dispositivos individuais, o Wi-Fi 6 tem tudo a ver com melhorar a rede quando um monte de dispositivos estão conectados.

Esse é um objetivo importante, e chega em um momento importante: quando o Wi-Fi 5 saiu, a família média dos EUA tinha cerca de cinco dispositivos Wi-Fi nele. Agora, as casas  têm nove dispositivos Wi-Fi  em média, e  várias  empresas previram que atingiremos 50 em média dentro de vários anos.

Esses dispositivos adicionados cobram um “pedágio” na sua rede. Seu roteador não está preparado para se comunicar com tantos dispositivos ao mesmo tempo, então quanto mais gadgets exigirem Wi-Fi, mais a rede em geral vai desacelerar.

O Wi-Fi 6 apresenta algumas novas tecnologias para ajudar a mitigar os problemas que vêm com a colocação de dezenas de dispositivos Wi-Fi em uma única rede. Ele permite que os roteadores se comuniquem com mais dispositivos ao mesmo tempo, permite que os roteadores enviem dados para vários dispositivos na mesma transmissão e permite que os dispositivos Wi-Fi agendem check-ins com o roteador. Juntos, esses recursos devem manter as conexões fortes, mesmo à medida que mais e mais dispositivos começam a exigir dados.

OK, mas quão rápido será cada dispositivo?

Infelizmente, não há uma resposta exata para essa pergunta.

No início, as conexões Wi-Fi 6 não são susceptíveis de ser substancialmente mais rápidas. Um único laptop Wi-Fi 6 conectado a um roteador Wi-Fi 6 só pode ser um pouco mais rápido do que um único laptop Wi-Fi 5 conectado a um roteador Wi-Fi 5.

A história começa a mudar à medida que mais e mais dispositivos são adicionados à sua rede. Onde os roteadores atuais podem começar a ficar sobrecarregados por solicitações de uma infinidade de dispositivos, os roteadores Wi-Fi 6 são projetados para manter todos esses dispositivos atualizados com os dados necessários.

As velocidades de cada um desses dispositivos não serão necessariamente mais rápidas do que as que podem alcançar hoje em uma rede de alta qualidade, mas são mais propensas a manter essas velocidades máximas mesmo em ambientes mais movimentados. Você pode imaginar isso sendo útil em uma casa onde uma pessoa está transmitindo Netflix, outra está jogando um jogo, alguém está conversando por vídeo, e um monte de dispositivos inteligentes – uma fechadura de porta, sensores de temperatura, interruptores de luz, e assim por diante – estão todos fazendo check-in ao mesmo tempo.

As velocidades máximas desses dispositivos não serão necessariamente aumentadas, mas as velocidades que você vê no uso diário típico provavelmente receberão um upgrade.

Exatamente o quão rápido esse upgrade é, no entanto, vai depender de quantos dispositivos estão em sua rede e quão exigentes esses dispositivos são.

COMO FAÇO PARA OBTER WI-FI 6?

Você precisará comprar novos dispositivos.

As gerações de Wi-Fi dependem de novos hardwares, não apenas atualizações de software, então você precisará comprar novos telefones, laptops e assim por diante para obter a nova versão do Wi-Fi.

Para ser claro: isso não é algo que você vai querer correr para a loja e comprar um laptop novo apenas para ter o Wi-Fi 6.

Em vez disso, novos dispositivos começarão a vir com Wi-Fi 6 por padrão. Ao substituir seu smartphone, laptop e consoles de jogos nos próximos cinco anos, você trará para casa novos que incluem a versão mais recente do Wi-Fi.

Há uma coisa que você terá que fazer questão de sair e comprar, no entanto: um novo roteador. Se o seu roteador não suportar Wi-Fi 6, você não verá nenhum benefício, não importa quantos dispositivos Wi-Fi 6 você traga para casa.

Mais uma vez, isso não é algo que valha a pena sair correndo e comprar. Mas se sua casa estiver repleta de dispositivos inteligentes conectados a Wi-Fi, e as coisas começarem a ficar lentas em alguns anos, um roteador Wi-Fi 6 pode ser capaz de ajudar significativamente.

O QUE TORNA O WI-FI 6 MAIS RÁPIDO?

Existem duas tecnologias-chave que aceleram as conexões Wi-Fi 6: MU-MIMO e OFDMA.

Mu-MIMO, que significa “multiusuário, entrada múltipla, saída múltipla”, já está em uso em roteadores e dispositivos modernos, mas o Wi-Fi 6 o atualiza.

A tecnologia permite que um roteador se comunique com vários dispositivos ao mesmo tempo, em vez de transmitir para um dispositivo, e depois para o próximo, e o próximo. No momento, o MU-MIMO permite que os roteadores se comuniquem com quatro dispositivos ao mesmo tempo. O Wi-Fi 6 permitirá que os dispositivos se comuniquem com até oito.

Você pode pensar em adicionar conexões MU-MIMO como adicionar caminhões de entrega a uma frota, diz Kevin Robinson, líder de marketing da Wi-Fi Alliance, um grupo da indústria tecnológica apoiado internacionalmente que supervisiona a implementação do Wi-Fi. “Você pode enviar cada um desses caminhões em direções diferentes para diferentes clientes”, diz Robinson. “Antes, você tinha quatro caminhões para encher de mercadorias e enviar para quatro clientes. Com Wi-Fi 6, agora você tem oito caminhões.”

A outra nova tecnologia, OFDMA, que significa “divisão de frequência ortogonal de acesso múltiplo”, permite que uma transmissão entregue dados a vários dispositivos ao mesmo tempo.

Estendendo a metáfora do caminhão, Robinson diz que o OFDMA essencialmente permite que um caminhão leve mercadorias para serem entregues em vários locais. “Com o OFDMA, a rede pode olhar para um caminhão, ver ‘Estou alocando apenas 75% desse caminhão e esse outro cliente está meio que a caminho'”, e então preencher esse espaço restante com uma entrega para o segundo cliente, diz ele.

Na prática, tudo isso é usado para obter mais de cada transmissão que carrega um sinal Wi-Fi de um roteador para o seu dispositivo.

WI-FI 6 TAMBÉM PODE MELHORAR A VIDA ÚTIL DE BATERIAS

Outra nova tecnologia no Wi-Fi 6 permite que os dispositivos planejem as comunicações com um roteador, reduzindo o tempo necessário para manter suas antenas ativadas para transmitir e procurar sinais. Isso significa menos drenagem nas baterias e melhor duração da bateria.

Tudo isso é possível devido a um recurso chamado Target Wake Time, que permite que os roteadores agendem horários de check-in com dispositivos.

Mas não vai ser útil. Seu laptop precisa de acesso constante à internet, por isso é improvável fazer uso pesado deste recurso (exceto quando ele fica no modo descanso, que de fato é um recurso pouco usado).

Em vez disso, esse recurso é destinado mais para dispositivos Wi-Fi menores e já de baixa potência que só precisam atualizar seu status de vez em quando. (Pense em pequenos sensores colocados ao redor de uma casa para monitorar coisas como vazamentos ou dispositivos domésticos inteligentes que não são usados na maior parte do dia.)

WI-FI 6 TAMBÉM SIGNIFICA MELHOR SEGURANÇA

No ano passado, o Wi-Fi começou a receber sua maior atualização de segurança em uma década, com um novo protocolo de segurança chamadoWPA3. O WPA3 torna mais difícil para os hackers decifrar senhas, adivinhando-as constantemente, e torna alguns dados menos úteis, mesmo se os hackers conseguirem obtê-las.

Dispositivos e roteadores atuais podem suportar WPA3, mas é opcional. Para que um dispositivo Wi-Fi 6 receba a certificação da Wi-Fi Alliance, o WPA3 é necessário, de modo que a maioria dos dispositivos Wi-Fi 6 provavelmente incluirá a segurança mais forte quando o programa de certificação for lançado.

WI-FI 6 ESTÁ APENAS COMEÇANDO

Os dispositivos que suportam Wi-Fi 6 estão apenas começando a escorrer. Você já pode comprar roteadores Wi-Fi 6,mas até agora, são dispositivos high-end caros. Um punhado de laptops incluem a nova geração de Wi-Fi, também, mas  não é generalizado ainda.

Wi-Fi 6 vai começar a chegar em smartphones topos de linha este ano, no entanto. O mais recente processador flagship da Qualcomm, o Snapdragon 865, o anterior 855, ou mesmo o novo intermediário Snapdragon 768G ,incluem suporte para Wi-Fi 6, e são destinados as atuais linhas premium de celulares. A inclusão desses processadores não garante que um smartphone terá Wi-Fi 6, mas é um bom sinal: a Samsung implementou desde o Galaxy S10 o Wi-Fi 6.

A inclusão do Wi-Fi 6 provavelmente se tornará ainda mais comum no próximo ano. A Wi-Fi Alliance lançará seu programa de certificação Wi-Fi 6 neste outono, que garante compatibilidade entre dispositivos Wi-Fi. Os dispositivos não precisam passar por essa certificação, mas seu lançamento significará que a indústria está pronta para a chegada do Wi-Fi 6.

ARTIGOS RELACIONADOS
LEIAM TAMBÉM
Quem é Marvin, o Androide Paranóide?

Quem é Marvin, o Androide Paranóide?

por Especial
Hoje, dia 25 de maio, é comemorado o dia do orgulho Nerd, e uma das maiores referências para a data, ...
Leia Mais
10 filmes novos para assistir agora no Amazon Prime Video

10 filmes novos para assistir agora no Amazon Prime Video

por Especial, Listas
Principal concorrente do Netflix, o Amazon Prime Video vem ganhando espaço no Brasil, principalmente pelo preço abaixo do concorrente. O ...
Leia Mais
WhatsApp: como fazer chamada de vídeo com 50 pessoas! (qualquer um)

WhatsApp: como fazer chamada de vídeo com 50 pessoas! (qualquer um)

por Dicas de tecnologia
Ontem o Facebook anunciou o Messenger Room, que é capaz de fazer uma chamada de vídeo com até 50 pessoas ...
Leia Mais
Messenger Room com 50 pessoas

Facebook Messenger Rooms: 10 recursos que você deve conhecer do rival do Zoom

por Especial, Listas
Embora o Zoom tenha tomado medidas eficazes  para resolver problemas de segurança e privacidade, muitos usuários estão procurando alternativas para ...
Leia Mais
melhores editores de video 2020

24 melhores aplicativos de edição de vídeos em 2020 (Computador e celular)

por Especial, Listas
Encontrar o melhor software gratuito de edição de vídeo deve ser uma parte central do sucesso de qualquer empreendedor de ...
Leia Mais