Vivo V15 Pro tem câmera de selfie pop-up com 32 MP

A fabricantes chinesa Vivo mostrou seu novo smartphone Vivo V15 Pro com uma câmera pop-up frontal de 32 MP, a maiot até agora.
Por
8 de fevereiro de 2019 às 11h19 - Atualização: 08/02/2019
vivo v15 pro

A chinesa Vivo, apresento hoje o seu novo smartphone Vivo V15 Pro. Ele terá uma câmera pop-up similar ao Vivo Nex S do ano passado e do Xiaomi Mi Mix 3. A diferença é que a câmera tem 32 megapixels. Um marco para câmeras para selfies.

No Vivo Nex S, o primeiro do mundo a usar o artíficio, embpra tinha o design diferenciado até então, a qualidade real de suas fotos deixou muito a desejar. Com um aumento na resolução do sensor, isso pode mudar com o seu sucessor.

A Vivo não anunciou exatamente qual sensor está usando para a câmera do V15 Pro, mas a necessidade de hardware compacto sugere que ele pode usar o sensor de imagem GD1 de 32MP, recentemente anunciado pela Samsung.

O sensor da Samsung oferece suporte para HDR e estabilização de imagem eletrônica. Nada disso garante uma melhora na qualidade da imagem em relação à câmera selfie de 8 megapixels original, mas melhora aspectos como tremores, velocidade de foco e etc. Já a parte de imagem, provavelmente uma melhora no algoritmo do software deve ajudar.

Fora a câmera selfie, outro detalhe que aparece no trailer é que o scanner de impressões digitais embutido na tela também está presente no V15 Pro.

Já a câmera traseria dupla terá um sensor principal de 48MP, entrando na onda do grande número de Megapixels, que será comum em 2019.

Quanro irá custar o Vivo V15 Pro?

Não foi anunciado o preço oficial do aparelho, porém comentários de um executido da Vivo sugerem que ele irá custar entre 20 mil e 30 mil rupias indianas (cerca de R$ 1038  e R$ 1557). O Vivo V15 Pro será anunciado oficialmente em um evento no dia 20 de fevereiro, alguns dias antes da MWC começar em Barcelona.

Vale lembrar que a Vivo está entre as maiores fabricantes do mundo atualmente. Ela ocupa o sexto lugar no ranking ficando atrás da Samsung, Apple, Huawei, Xiaomi e Oppo.

Via The Verge

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *