Vendas fracas dos iPhones dão prejuízo para Apple

Por | 4 de janeiro de 2019 às 11h40

A semana não foi boa para a Apple. Ontem (3) a empresa caiu cerca de 10% na bolsa de valores. Isso logo depois dela confirmar que as vendas foram fracas no fim de ano. O próprio CEO Tim Cook disse que a empresa passa por tempos difíceis.

Vale notar que a queda de valor não é de agora. Logo depois da empresa bater o recorde e chegar a valer US$ 1 trilhão no terceiro trimestre de 2018, a empresa entrou em queda livre.

Tempos difíceis já eram esperados

Segundo o Techcrunch, desde Outubro a empresa já caiu 38% em valor de mercado. Atualmente ela vale cerca de US$ 675 bilhões.

A Apple já havia adiantado anteriormente que os resultados ficariam abaixo do esperado. Ela até avisou que iria parar de informar os acionistas sobre o número de unidades comercializadas, em uma tentativa de esconder a crise. Mas os números fram tão expressivos que não teve como esconder.

Enquanto o iPhone X foi responsável pelo alcance de valor de US$ 1 trilhão, os novos iPhones venderam bem menos que o esperado, principalmente na China onde a empresa só perde mercado.

Países emergentes e depedência do iPhone

A Apple embra tenha um vasto catálogo de produtos, ainda é muito dependente do iPhone. Eles representam cerca de 60% do faturamento da empresa. Isso significa que queda nas vendas dos smartphones impactam diretamente no lucro geral.

Isso é bem explicito no resultado dos outros produtos. Os Werables, por exemplo, tiveram aumento de 50% nas vendas ano a ano. Os novos MacBooks e Mini também tiveram aumento e o iPad Pro dobrou a receita da área de tablets.

Ao todo, todas as categorias, com excessão do iPhone, aumentar 19% em receita em 1 ano. Mesmo com esse aumento, o prejuízo do iPhone afetou toda a empresa.

Outro fator é que com dólar forte, o preço dos iPhones aumentam bastante em países emergentes. As vendas no Brasil, Rússia e Turquia diminuiram. Na Índia e na China não cresceram.

Para completar, as trocas de baterias com preço reduzido, graças a diversos problemas, deram vida nova aos iPhones antigos, fazendo que muitos usuários não trocassem de smartphones.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *