Real Time Analytics
Noticias, TIM

TIM vai implantar redes Wi-Fi em todo o Brasil

Com a explosão do consumo de dados em redes móveis, o que vem causando um tremendo gargalo na rede 3G de todas as operadoras, a TIM busca usar tecnologia Wi-Fi para oferecer novo meio de conexão aos seus clientes e potencializar a experiência dos usuários de internet móvel. Atualmente ela já oferece o serviço Wi-Fi para clientes em vários aeroportos do país. Eu mesmo utilizo o serviço em Cumbica. Segundo a empresa, ela pretende expandir o serviço em localidades por todo o Brasil. A empresa escolhida para implementar toda a infraestrutura foi a PromonLogicalis . Abaixo o release enviado a imprensa.

 

Rio de Janeiro, 04 de junho de 2012A TIM acaba de escolher o fornecedor para a implementação de redes Wi-Fi em todo o Brasil. Em parceria com a fabricante de equipamentos Cisco, a PromonLogicalis, maior integradora independente de soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) da América Latina, será responsável por dar continuidade ao projeto TIM Wi-Fi, que prevê a instalação de 10.000 hotspots (ponto de acesso para conexão sem fio à internet) Wi-Fi em todo o Brasil até o final de 2012.

Com o crescimento do número de dispositivos conectados às redes das operadoras e o aumento do tráfego de dados, a rede Wi-Fi é uma alternativa eficiente e econômica à malha de 3G da TIM. Segundo a consultoria A.T. Kearney, o volume de dados móveis no Brasil deve crescer 53% entre 2012 e 2015. Um estudo recente da Cisco, Visual Networking Index, aponta que em 2016, mais da metade do tráfego da Internet no mundo será via Wi-Fi, e no Brasil 47% dos dados devem cruzar a rede Wi-Fi, o que exige das empresas de telefonia móvel investimentos na preparação da infraestrutura para suportar o aumento da demanda.

“A TIM vem realizando investimentos consistentes para potencializar cada vez mais a experiência do usuário com o uso de internet móvel em todo o Brasil. O objetivo do projeto é oferecer aos clientes mais um meio para conexão à web, de forma simples e em alta velocidade, explica Rafael Marquez, diretor de marketing da TIM/Intelig, ressaltando que a nova rede faz parte do plano de expansão de rede para a Copa do Mundo de 2014.

Para levar o Wi-Fi às localidades, a TIM utilizará as redes de fibra óptica da Intelig e da TIM Fiber, que possuem, respectivamente, 15 mil km (em todo o Brasil) e 5,5 mil km (São Paulo e Rio de Janeiro).

Julian Nakasone, diretor de soluções da PromonLogicalis, explica que a empresa tem apostado nessa tecnologia, investido na capacitação de pessoal e na formação de parcerias estratégicas, buscando encontrar soluções que atendam os objetivos das telcos. “O offload via Wi-Fi vem se consolidando como uma das principais formas de as operadoras oferecerem aos usuários velocidades maiores para aplicações de dados, especialmente em ambientes de alta concentração de pessoas, como aeroportos, estádios de futebol e shopping centers, sem a necessidade de altos investimentos em infraestrutura ou comprometer o desempenho do 3G ”, afirma o executivo.

No projeto para a TIM, a PromonLogicalis fornecerá os equipamentos Cisco, assim como prestará um conjunto de serviços profissionais, que envolvem consultoria técnica, implementação, suporte à operação e manutenção da infraestrutura.

A aposta da TIM em Wi-Fi começou no final do ano passado, quando foi implantada a rede de banda larga móvel em alta velocidade na Rocinha, maior favela do Brasil com mais de 150 mil habitantes. Atualmente, o serviço TIM Wi-Fi já está disponível nos principais aeroportos do País, 11 no total. A operadora planeja expandir essa iniciativa em outras áreas onde há grande concentração populacional e de tráfego 3G, como outras grandes comunidades, hotéis, universidades e estádios de futebol.

As redes Wi-Fi estarão disponíveis para clientes TIM que possuem planos de dados Infinity Web e Liberty Web. A operadora estuda abrir algumas áreas para livre acesso ao público em geral.

Leiam também:  Pai cria carrinho elétrico com uma furadeira
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Planos, TIM

TIM lança pré-pago com ligações ilimitadas para todo o Brasil

No encalço da Claro, a TIM anunciou hoje que também está oferecendo um plano com ligações ilimitadas para todo o…

No encalço da Claro, a TIM anunciou hoje que também está oferecendo um plano com ligações ilimitadas para todo o Brasil no Pré-pago. A operadora lança três novas ofertas com esse perfil para precisa falar muito. Outra novidade é a possibilidade de pagamento mensal ao invés de semanal.

As novas ofertas estão atreladas à família TIM Pré, em três opções para os clientes. As duas primeiras contemplam ligações ilimitadas de TIM para TIM. Sendo a mais barata por R$ 9,99 por 30 dias. A segunda opção também oferece ligações intrarrede ilimitadas e inclui uso à vontade do WhatsApp – com exceção de chamadas de voz e vídeo pelo aplicativo – por R$ 19,99 por 30 dias.

A terceira e mais completa opção inclui chamadas ilimitadas para números de qualquer operadora e WhatsApp à vontade por R$ 29,99 por 30 dias. O benefício de ligações ilimitadas em todos os planos inclui chamadas locais e DDD (usando o código 41), para números fixo e móveis. As ofertas se renovam automaticamente a cada 30 dias, desde que o usuário tenha saldo suficiente.

Quem aderir aos pacotes e quiser navegar na internet pode contratar um dos pacotes avulsos de dados. A TIM oferece, por exemplo, 100MB diários por R$ 1,49 e o cliente paga somente o dia que usar. Há ainda opções de pacotes diários de 250MB, 500MB e 1GB, ideais para clientes que usam a internet eventualmente e não querem se comprometer com um plano mensal de dados.

Leiam também:  Quer ser colaborador do Tekimobile? estamos com vagas abertas!

A oferta é válida em todo o país. Novos clientes podem adquirir um chip ou solicitar a portabilidade em qualquer ponto de venda e ativar o plano pelo app MEU TIM, pelo site www.tim.com.br, enviando SMS com a palavra TIMPRE para 4140 ou ligando para *222.

materia completa
Apple, Noticias

Há 40% de chances da Apple comprar o Netflix e 30% a Disney

Existe uma probabilidade de 40% de que a Apple adquira a Netflix graças a reforma fiscal promovida pelo presidente Donald…

Existe uma probabilidade de 40% de que a Apple adquira a Netflix graças a reforma fiscal promovida pelo presidente Donald Trump foi aprovada. Quem afirmar são os analistas do Citi Jim Suva e Asiya Merchant.

O corte nos impostos, juntamente com o novo subsídio oferecido para que as empresas repatriem seu dinheiro aplicado fora dos EUA sem ter que pagar tributos altissímos, dará à Apple um montante de dinheiro nunca visto antes dentro dos EUA. Segundo a Bloomberg, a companhia tem cerca de 252 bilhões de dólares aplicados, mas boa parte dessa quantia está em territórios fora dos EUA e, até o momento, era impossível trazer esse dinheiro de volta para o país devido aos impostos aplicados. O montante, segundo os analistas, cresce 50 bilhões de dólares ao ano.

Para entender essa quantidade de dinheiro, basta saber que a Apple precisaria apenas de um terço desse dinheiro para comprar o Netflix.

“Historicamente, a Apple evitou repatriar dinheiro para os EUA para evitar a elevada tributação desses valores. Por isso, a reforma tributária pode permitir que a empresa coloque o dinheiro em uso”, dizem os analistas, no relatório.

Segundo Citi, a Apple mantém mais de 90% de seu dinheiro fora dos EUA, então a empresa poderia se beneficiar se fizesse uma repatriação única. “Com uma taxa de 10% sobre o dinheiro, a empresa teria 220 mil milhões de dólares para aplicar em aquisições”. Ai que entra o Netflix ou mesmo a Disney.

A Apple tinha de 20 à 30% de chance de adquirir a Disney, porém isso foi antes da aquisição pela Disney dos ativos de estúdio e TV da Fox. Ou seja, isso provavelmente não ocorrerá.

A Apple tem lutado há anos para oferecer uma oferta atraente para a TV. O iTunes tem sido um grande sucesso para a empresa, mas os telespectadores migraram cada vez mais para serviços como Netflix, Amazon ou Hulu para assistir seus programas e filmes favoritos. Comprar o Netflix seria algo importante para consolidar a empresa nesse ramo.

Leiam também:  Quer ser colaborador do Tekimobile? estamos com vagas abertas!

Via Business Insider

materia completa
Noticias

Chinesa VIVO irá lançar primeiro leitor de digitais na tela amanhã

Vários documentos já apontavam que a chinesa Vivo iria lançar o primeiro smartphone com leitor de digitais na tela. Ao…

Vários documentos já apontavam que a chinesa Vivo iria lançar o primeiro smartphone com leitor de digitais na tela. Ao que parece, isso vai acontecer amanhã na CES 2018. A empresa enviou um convite para a imprenssa mostrando claramente do que se trata.

A Vivo publicou uma imagem teaser com o slogan “Desbloquear o futuro” e prometeu desvendar o primeiro smartphone com um leitor de impressão digital na tela em 10 de janeiro. Interessante é que será mostrado, provavelmente, um smartphone pronto e não um protótipo.

Embora possa ser o primeiro, ele talvez não seja o único a ser lançado na CES. A empresa Synaptics também prometeu um telefone com leitor de impressões digitais na tela durante o evento. Só não se sabe se trata de um aparelho comercial, ou apenas um conceito.

Leiam também:  Desenho do Angry Birds estreia no Brasil no canal Gloob
materia completa
Noticias

Drone de brinquedo de US $ 99 possui tecnologia da Intel e DJI

A chinesa DJI, mais conhecida pelo Spark e Mavic Pro, decidiu fazer uma parceria com a Ryze Tech para criar…

A chinesa DJI, mais conhecida pelo Spark e Mavic Pro, decidiu fazer uma parceria com a Ryze Tech para criar um modelo de apenas US$ 99. O Tello tem foco no aprendizagem de programação e ainda conta com tecnologia Intel embarcada.

O Tello, feito pela startup chinesa Ryze Tech é um drone acessível com tecnologia da Intel e DJI que tem como foco ensinar programação para crianças e adultos. Custando US $ 99, o Tello é uma pequena máquina com uma câmera que pode capturar vídeo de 360 ​​graus e transmitir imagens ao vivo para um tablet ou um óculos VR, que não foi informado ainda qual.

Destina-se a um público jovem, e a Ryze promete recursos que o tornarão seguro e fácil de usar, incluindo decolagem e pouso automáticos. Ele diz que esses recursos são possíveis por causa de um chip de processamento grafico da Intel e estabilização de vôo da DJI, detentora de 70% do marketshare de drones no mundo.

O Tello é bem compacto, mede apenas pesa apenas 98×92,5×41 mm e pesa cerca de 80 gramas. Ele pode voar por até 13 minutos a uma velocidade de 28,8 km/h e uma distância de 100 metros, transmitindo imagens ao vivo em HD (720p). A câmera integrada tira fotos de 5 megapixels.

Há alguns recursos bacanas: você pode simplesmente jogar o Tello no ar para que ele comece a voar; deslizar o dedo na tela do aplicativo para fazer manobras aéreas; e gravar vídeos com trajetórias pré-definidas. Todo o controle é feito por meio de Bluetooth, seja por meio de um aplicativo no smartphone ou um controle dedicado.

O Tello pode ser usado por crianças, pois ele possui detector de colisão, proteção nas hélices e sistema contra falhas, permitindo pousar com segurança mesmo se a conexão for perdida. E, por meio do kit de desenvolvimento, é possível programá-lo com a linguagem Scratch.

Leiam também:  Agora é oficial: samsung mostra o Galaxy S III. Confiram os detalhes

Via The Verge

materia completa