Mais um: Spotify decide abandonar Windows Phone e Windows Mobile

Spotify windows

A sepultação do Windows Mobile está demorando. A Microsoft tá em um vai não vai já faz um tempo. Enquanto novos smartphones são raramente lançados, rumores eternos sobre o suposto “Surface Phone” são comuns de aparecer na internet. Mas a realidade é: não só usuários estão abandonando o Windows para smartphones, as desenvolvedoras de aplicativos também. Mas essa semana um nome de peso decidiu largar o barco: o Spotify.

Leiam também – Spotify e Netflix ficarão mais caros: culpa do senado.

A empresa já anunciou que deixará de trazer novas funções para seu app para Windows Phone e Windows 10 Mobile; ele receberá somente atualizações críticas de segurança. Ou seja, nada de Descobertas da Semana ou do Spotify Running.

O Spotify para Windows Phone foi colocado em modo de manutenção. Desse modo, nós só faremos atualizações críticas de segurança para o aplicativo atual do Spotify e não liberaremos novos recursos nem melhoraremos o suporte para dispositivos antigos. Os usuários podem continuar a usar o Spotify em smartphones Windows, e o app permanecerá na loja do Windows. Esse é o comunicado oficial.

O Spotify para smartphones com Windows já recebia poucos recursos novos, então a empresa está apenas reconhecendo oficialmente que o deixou de lado. Claro, há alternativas como o Deezer e o Groove Música, mas isto reflete uma tendência maior.

No último ano, várias grandes empresas desistiram de oferecer apps para smartphones com Windows, e nenhuma delas planeja fazer um app universal que funcione em PCs e smartphones com Windows 10.

É o caso da Amazon (que retirou o app da busca e depois o desativou), PayPal, eBay e Delta Air Lines — elas recomendam usar o site móvel. Jogos como Angry Birds e The Sims FreePlay deixaram (ou deixarão) de ser atualizados. E apps profissionais, como o ZenDesk, recomendam que seus usuários “migrem para o iOS ou Android”.

O MyFitnessPal e o Runtastic continuam disponíveis para smartphones com Windows, mas deixaram de ser atualizados. Este último avisou os usuários na plataforma com o seguinte comunicado:

Infelizmente, o Windows Phone tem muito menos usuários em relação ao Android e iOS. Isso significa que o mercado é relativamente pequeno. É sempre uma boa ideia conferir as possibilidades futuras de uma plataforma antes de comprar um celular.

O Facebook retirou suporte a seu app principal e ao Messenger no Windows Phone 8.1 (a rede social ainda mantém seus apps para Windows 10). O Here Maps deixou de funcionar no Windows 10 Mobile; ele continua no Windows Phone 8.1, porém os mapas deixaram de ser atualizados.

Até a própria Microsoft vem removendo suporte a seus apps. O Minecraft Pocket Edition não é mais atualizado no Windows Phone 8.1; o jogo é mantido pela Mojang, adquirida em 2014 pela Microsoft. O Skype também retirou suporte ao Windows Phone 8.1, avisando que ele deixaria de funcionar em algum momento deste ano. (O app para Windows 10 Mobile não será afetado.)

Além dos problemas com apps, o Windows para smartphones sofre com atualizações: só 16% deles rodam Windows 10 Mobile, e apenas treze dispositivos poderão receber o Creators Update. Para quem ainda está no Windows Phone 8.1, também há más notícias: ele perderá suporte da Microsoft em julho.

A empresa não vai adicionar novos recursos ao seu app para Windows Phone e Windows 10 Mobile; ele receberá somente atualizações críticas de segurança. Ou seja, nada de Descobertas da Semana (playlist com recomendações baseadas em seus gostos musicais) nem de Spotify Running (que detecta seu ritmo de exercício e toca músicas que combinam com ele).

Via tecnoblog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *