Snapdragon 665, 730 e 730G são os novos chips da Qualcomm

Por
9 de abril de 2019 às 3h26 - Atualização: 09/04/2019

A Qualcomm anunicou hoje (9) seus novos chipsets para smartphones intermediários premium: Snapdragon 730, Snapdragon 730G e o Snapdragon 665. Todos trazem recursos de smartphones premium para o segmento intermerdiário.

Snapdragon 665 traz suporte para câmeras mais poderosas

O sucessor do aclamado Snapdragon 660 veio para deixar mais potentes os smartphones intermediários, tão requisitados atualmente. Ele chega com um processador octa-core Kryo 260 de até 2,0 GHz com fabricação em 11 nanômetros e com uma GPU mais poderosa: a Adreno 610 que vem com suporte para resoluções de telas com até 2520×1080 pixels.

O novo chip traz melhorias principalmente para as câmeras dos smartphones intermediários. Sendo que suporta câmeras traseiras triplas e, principalmente, resolução real de 48 MP.

Além disso, o Snapdragon 665 traz um novo motor de inteligência artificial com suporte a features como desbloqueio facial 3D e também detecção de objetos. Mas as principais melhorias ficam mesmo no campo da fotografia.

Assim como chips mais potentes, ele traz suporte ao modo noturno e novas melhorias no requisitado modo retrato.

Smartphones equipadoscom oo Snapdragon 665, conseguirão aplicar o efeito profundidade antes, durante e depois de tirar uma foto. Alguns smartphones já faziam isso, porém somente via software. A diferença aqui é que há suporte de hardware para isso, deixando mais rápidas as operações.

Snapdragon 660 730 730GAplicando modo retrato rapidamente após tirar uma foto

Ele vem com o ISP Spectra 165, um poderoso processador de imagens integrado ao chip. Ele tem capacidades de analisar as cenas em tempo real para ativar o HDR e ajustar a saturação, contraste, brilho, alcance dinâmico e outros detalhes em tempo real, sem intervenção do usuário.

Além disso, ele ajuda a diminuir o gargalo do processador na hora de tirar fotos e filmar, dando mais velocidade as câmeras sem deixar o celular lento.

Sem gambiarras, agora o Snapdragon 665 suporta câmeras de 48 MP e câmeras triplas. Além disso, tem capacidade de atuar com foco automático e lentes com zoom óptico de até 5X, como encontramos no Huawei P30 Pro, por exemplo.

Na parte de conexões, ele suporta redes 4G de até 600 Mb/s e Wi-Fi 5 (802.11ac).

Snapdragon 730 e 730G são quase iguais, exceto por GPU turbinada

Os novos Snapdragon 730 e 730G chegam para aqueles usuários de smartphones que querem tudo que um topo de linha oferece, mas não querem pagar tanto por eles. Com vários recursos da linha Snapdragon 800, esses smartphones são bem poderosos.

Snapdragon 730 vem como sucessor do pouco usado Snapdragon 710. Para começar, ele vem com o processador de imagem ISP Spectra 350, bem mais poderoso que o usado no 665.

Ele tem um processador octa-core com núcleos Kryo 470 de até 2,2 GHz e fabricação em 8 nanômetros, além de uma GPU Adreno 618. Essa GPU suporta a API Vulkan 1.1, HDR10 e resoluções de telas full HD+ de 2520×1080 pixels.

O Spectra 350 tem capacidade de gravações em 4K HDR, mas não só gravação normal, mas tem a capacidade de gravar nessa resolução enquanto ao mesmo tempo aplica um modo retrato. Para efeito de comparação, o Snapdragon 665 não consegue gravar vídeos com modo retrato, somente fotografias. Até então, só o Snapdragon 855 tinha essa capacidade.

Leiam também | Conheçam tudo sobre o Snapdragon 855

Snapdragon 660 730 730G

Além disso, ele suporta salvar vídeos com a compressão HEIF, tem aceleração de hardware e suporta também sensores de câmeras de 48 MP ou mais.

A velocidade de download dele é o dobro do 665 graças ao modem Snapdragon X15: ele alcança 800 megabts por segundo. Já o upload chega a 150 Mb/s. No Wi-Fi ele traz suporte ao 802.11ax, ou Wi-Fi 6.

Já o Snapdragon 730G possui exatamente as mesmas especificações do 730, com excessão da GPU. Ela tem um overclock para ser focada em games. Graças a essa maior potência, ele suporta resoluções de telas maiores, chegando resoluções de até 3360×1440 pixels.

Além disso, o Snapdragon 730 faz parte de um programa da Qualcomm chamado Snapdragon Elite Gaming, que consiste em um suporte maior da Qualcomm para ajudar desenvolvedores a otimizar seus jogos, fornecendo APIs e outros recursos para eles.

Quando eles chegam?

Estamos falando de chipsets e não de smartphones. Segundo a Qualcomm, no segundo semestre irão aparecer smartpbones com os novos chipsets, muito provavelmente na China.

Vale lembrar que no Brasil, nunca sequer chegou um smartphone com Snapdragon 710. Como o preço dos intermediários já são bem próximos dos topos de linha por aqui (usando a plataforma 600), imagino que não será economicamente viável trazer a linha 700 para cá. Já o Snapdragon 665 provavelmente chegue por aqui.

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta