Sistema da Huawei substituirá Android e Windows

Por
23 de maio de 2019 às 11h20 - Atualização: 23/05/2019

Os problemas da Huawei com o governo dos EUA vêm surgindo há algum tempo, e ouvimos em março que a empresa estava trabalhando em uma alternativa ao Microsoft Windows e ao Android. Mas, devido a urgência, parece que a empresa chinesa irá correr contra o tempo para lançar o mesmo esse ano.

O executivo da Huawei, Richard Yu, disse: “Nós preparamos nosso próprio sistema operacional. Caso aconteça que não podemos mais usar esses sistemas, estaremos preparados ”. No caso ele se refere ao Android e o Windows, já que ambas as empresas americanas já anunciaram corte de relações com a chinesa, forçadas pelo governo americano.

Hoje, Yu disse à CNBC que eles poderiam estar prontos para começar a lançar essas alternativas assim que o 4º trimestre de 2019 na China.

“Hoje ainda estamos comprometidos com o Microsoft Windows e o Google Android. Mas se não pudermos usa eles mais, a Huawei preparará o plano B para usar nosso próprio sistema operacional ”, disse Richard Yu, CEO do negócio de consumo da Huawei, à CNBC na quinta-feira.

huawei hongmeng os

Uma versão internacional poderia seguir no primeiro ou segundo trimestre de 2020. A Huawei pretende resolver o problema do aplicativo usando seu App Gallery, que já vem em seus aparelhos ao lado da Google Play Store. O nome do sistema seria HongMeng OS e já foi testado na China.

Yu, no entanto, salienta que esta não é a solução preferida da empresa. “Não queremos fazer isso, mas seremos forçados a fazer isso por causa do governo dos EUA. Eu acho que os EUA, esse tipo de coisa, também não serão apenas más notícias para nós, mas também más notícias para as empresas americanas porque apoiamos os negócios dos EUA, então seremos forçados a fazer isso sozinhos ”, disse Yu . “Não queremos fazer isso, mas não temos outra solução, nenhuma outra escolha”.

Ele já disse na semana passada que os EUA também irão sofrer muito devido a essas proibições e que eles estão subestimando a importância da Huawei.

Dada a crescente dinâmica em torno de empresas em todo o mundo que se distanciam dos produtos da Huawei, é difícil ver como a empresa poderia lançar futuros produtos viáveis, mesmo na China, já que empresas como Intel e ARM também se afastam das relações comerciais.

Via MSPoweruser

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta