Samsung lança primeira TV 8K no Brasil. Mas quem precisa?

Por
3 de abril de 2019 às 9h55 - Atualização: 03/04/2019

A Samsung atualizou ontem (2) seu portfólio de TVs QLED. A grande novidade fica por conta da introdução da resolução 8K nos modelos. Se você acha que o 4K já tinha qualidade extraordinária, as novas TV QLED 8K da Samsung oferecem resolução de 7680×4320 pixels que geram 33 milhões de pixels na sua sala.

A série chamada QLED 8K Q900R chega em 3 diferentes tamanhos: 65, 75 ou 82 polegadas. Por enquanto, somente os modelos de 65 e 75 polegadas entrarão em pré-venda no Brasil, começando em R$ 25 Mil para o modelo de 65″. Para amenizar o preço, a Samsung irá dar um Galaxy S10 de brinde para quem comprar uma delas na pré-venda.

Assim como modelos anteriores, a TV QLED 8K se agrega ao ambiente

No tamanho de 75 polegadas o preço pula para R$ 39 Mil e chega em R$ 90 Mil para o modelo de 82 polegadas. Até o fim do ano, um modelo com 92 polegadas também será lançada, mas ainda com preço indefinido.

Os aparelhos da linha chamada QLED 8K Q900 contam com quatro vezes mais pixels na tela do que os televisores 4K – que, por sua vez, já tinham quatro vezes mais resolução do que os modelos Full HD.

Samsung QLED 8K: Mas quem precisa de 8K?

Essa é a pergunta que todos fizeram durante a apresentação das novas TVs. Em tempos que o 4K ainda está longe de se popularizar, resolução 8K é algo necessário ou útil? Resposta difícil.

Ao passo que as TVs vão ficando maiores, a proporção de pixels diminui. Afinal, comparar uma tela 4K em uma TV de 65 polegadas com um celular de 6 polegadas é algo bem dificil. Quanto menor a proporção, mas os “quadradinhos” ficam visíveis em uma tela, diminuindo a percepção de definação de imagens.

Preto na TV QLED 8k vs QLED 4K de 2018

Por mais que uma TV 4K tenha uma resolução enorme, basta chegar bem perto de uma TV acima de 50 polegadas para notar os quadradinhos formando uma imagem. Com 8K são 33 milhões de pixels em uma tela. Fizemos o teste e é praticamente impossível ver os “quadradinhos” na tela. A percepção de realidade é algo extraordinário. Pare ser mais real do que o real que vemos com nossos olhos.

Existe conteúdo 8K?

Sim, existe. A Globo revelou durante o evento que desde 2018 eles já produzem conteúdo em 8K para testes e agora, finalmente, serão reproduzidos. O aplicativo Globo Play virá nativo nas TVs e já com o conteúdo em 8K, mas muito pouco por sinal. É mais para apreciar.

Conteúdo em 8K no app Globo Play

Mas ainda não há data definida para produtoras começarem a distribuir conteúdo em 8K, sendo assim, quem comprar não vai ter conteúdo nativo em 8K durante muitos anos ainda.

Para compensar, o super processador da Samsung usado nas novas TVs QLED 8K Q900R usam uma nova tecnologia baseada em IA (inteligência artificial) para fazer upscalling de conteúdos em full HD ou 4K para 8K. Segundo executivos da Samsung, fica quase um 8K real.

A tecnologia envolve mais do que apenas “esticar para caber” as imagens, como um upscaling normalmente faz. A Samsung diz utilizar um banco de dados com milhões de imagens que servem como base para o conteúdo com resolução inferior. Através de IA, ela compara com o banco de imagens e melhora a definição.

Durante a apresentação, pude olhar lado a lado as TVs 4K de geração passada com o mesmo conteúdo sendo passado para as novas 8K, e o resultado realmente surpreende. Porém, foi um ambiente preparado para isso, só testando para saber se de fato acontece com conteúdo comum, ao vivo.

Todos os modelos trazem os recursos da linha anterior de QLED, como a Única Conexão, no qual um único cabo conecta a TV ao resto dos dispositivos por meio da caixa One Connect, eliminando a bagunça dos fios; e o Controle Remoto Único, que permite controlar outros aparelhos.

Além disso, as TVs possuem HDR com picos de brilho de até 4.000 nits, controle de iluminação local de 480 zonas e dez anos de garantia contra burn-in.

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *