Início » Noticias » Samsung tem queda de receita na área de smartphones

Samsung tem queda de receita na área de smartphones

Por | 31 de outubro de 2018 às 18:00
samsung brasil

Embora a Samsung tenha batido o recorde de receita no último trimeste de 2018, US$ 57,46 bilhões, a divisão de smartphones registrou queda de vendas. As quedas ocorreram nos seguimentos de entrada e intermediários.

As áreas de semicondutores e displays alavancaram o recorde de receita da coreana, mas segundo relatório divulgado essa semana, a área de smartphones apresentou queda.

A Samsung informou nesta quarta-feira que as vendas caíram nos mercados de smartphones de entrada e intermediários, por causa dos produtos mais baratos dos concorrentes que reduziram suas margens. No Brasil, pelo menos, não acredito nisso. O que vi foi a Samsung enlouquecendo nos preços como no caso do Galaxy J8, ou no lançamento de hoje do Galaxy J4+.

Outro ponto fraco nos ganhos da Samsung veio na orientação da empresa para os próximos dois trimestres. A Samsung informou que espera que “os lucros gerais em toda a empresa caiam” no quarto trimestre, devido a uma queda esperada nas vendas de chips.

Ela também previu um primeiro trimestre difícil de 2019. “Os ganhos estão previstos para serem fracos”, disse na quarta-feira.

A empresa passou os últimos anos tentando se recuperar do recall de seu smartphone Galaxy Note 7 em 2016, depois que os clientes descobriram que alguns modelos do dispositivo fizeram com que ele incendiassem e explodissem.

É interessante esses números, principalmente se levarmos em conta os preços dos smartphones premium. Embora a linha S e Note continuem sempre aumentando de preço no mundo inteiro, eles continuam vendendo bem.

E no Brasil, smartphones premiuns estão vendendo bem?

No Brasil parece que a linha premium não anda tão bem assim. Tanto o Galaxy Note 9 como, principalmente, o Galaxy S9, tiveram quedas bruscas de preços.  Ao que tudo indica reflexo das baixas vendas. Somente depois dessas quedas as vendas melhoraram.

Segundo o site Rmax, um dos grandes varejistas do Brasil forneceu a eles uma tabela da vendas de smartphones premium da Samsung nos últimos meses. Vejam abaixo.

ModeloMêsVendas
S9 +mar/1837
S9 +abr/18341
S9 +Maio / 18495
S9 +Jun / 18190
S9 +jul / 18453
S9 +ago / 181515
S9 +set / 181100
S9 +out / 18533
ModeloMêsVendas
S9mar/1811
S9Abr/18189
S9Maio / 18192
S9Jun / 1859
S9jul / 181560
S9ago / 181630
S9set / 181090
S9out / 18390
ModeloMêsVendas
Note 9ago / 184
Note 9set / 1895
Note 9out / 1876

Notem que nos meses de Julho, Agosto e Setembro, quando o preço do Galaxy S9 e S9+ despencou, as vendas alavancaram. Mas antes, nos preços oficiais, parece que poucas pessoas se arriscaram na compra.

Apenas de exemplo, um dos editores do Tekimobile adquiriu o Galaxy S9 por R$ 2.399 em uma dessas promoções de lojas on-line, quase metade do preço sugerido pela Samsung.

Com informações do Telegraph

Mais sobre: Samsung,
ARTIGOS RELACIONADOS
LEIAM TAMBÉM
skype vs zoom destaque

Zoom vs Skype: Qual o melhor? Vejam os prós e contras

por Especial
Depois de compararmos o Zoom com o Google Hangout meet, chegou a hora de colocar ele lado a lado com ...
Leia Mais
Zoom vs Google Meet

Zoom vs Google Hangouts Meet: qual o melhor serviço de videoconferência?

por Comparativo, Especial
Com mais e mais pessoas trabalhando em casa devido à pandemia do Coronavírus, você pode estar se perguntando qual a ...
Leia Mais
iphone 9 plus design

3 smartphones poderosos que chegam em abril; vejam quais

por Especial
Mesmo em plena pandemia mundial do Coronavírus, os fabricantes lançaram vários smartphones durante o mês de março, principalmente os topos ...
Leia Mais
Huawei P40 Pro

10 melhores câmeras em smartphone de março

por Especial
A indústria de tecnologia está em constante evolução e os fabricantes de smartphones estão fazendo tudo o que podem para ...
Leia Mais
O que é o Google Classroom e para quem é destinado

O que é o Google Classroom e para quem é destinado

por Especial
Na era da sala de aula digital, é importante ter espaços virtuais para professores, alunos e pessoas que os apoiam ...
Leia Mais