Review Redmi Note 5: melhor custo x benefício da atualidade

A linha Redmi Note é há anos é sucesso de vendas no mundo inteiro, sempre conhecidos pelo excelente custo x benefício. Com o Redmi Note 5 não seria diferente. Saiba porque no review abaixo.

Redmi Note 5 – Review em vídeo

Design e construção

Com um design bem moderno, que não tem como negar que é imitação do iPhone X, ele tem acabamento inteiro de metal, tela grande e bem fino, apenas 8.1 mm mesmo tendo uma bateia grande de  4.000 mAh. A pegada é boa, já que possui a traseira levemente arredonada. Além disso as bordas são finas nas laterais.

Redmi Note 5 possui acabamento de metal

Tela

A tela possui 5,99 polegadas e resolução full HD+ com 1080 x 2160 pixels e o legal é que possui a proporção 18:9, tornando assim um aparelho bem compacto, apesar do tamanho da tela.

Ele possui uma excelente tela de IPS

A tecnologia utilizada é o IPS e a qualidade é muito boa. A visualização é excelente em todos os ângulos. O brilho é razoável para o seu preço. Durante o dia, sobre o sol, dá para enxergar as informações da tela, mas dependendo exige um pouco de esforço, mas nada além do normal de smartphones intermediários.

Câmeras

As câmeras são razoalvemente boas. A traseira possui dois sensores, um de 12 MP com abertura de f1.9 e outro de 5 MP com abertura de f2.0. A linha Redmi sempre teve câmeras medianas, afinal não dá para exigir muito de um smarphone com o preço dele.

Leiam tambémReview do Xiaomi Redmi Note 4X

iPhone Z é você?

Mas o Redmi Note 5 consegue bom resultados. Ele traz também recursos de inteligência artificial que ajudam a decidir a configurção da câmera quando no modo automático. Na prática, percebi que a escolha da câmera no modo automático é quase sempre certeira.

Durante o dia os resultados se mostraram bem satisfatórios. Ela sempre mantém um bom equilibrio entre áreas escuras (sombras) e a claridade, ou seja, um bom alcance dinâmico. Ela vem com um modo HDR que precisa ser ativado, mesmo no automático. Porém percebi que em situações que o alcance dinâmico não é problema, se o HDR ficar ativado ele estraga a foto. Mas no geral, ele ajuda quando precisa.

Ela possui um modo retratao que utliza as duas câmeras, mas sinceramente não gostei do resultado, pois erra bastante o reconhecimento do fundo.

Durante a noite ele tira fotos razoáveis, a abertura de f1.9 ajuda bastante. Além disso, diferente do passado, dá para perceber que o pós processamento da Xiaomi melhorou bastante, as fotos em ambientes escuros ficam boas sem estar exageradamente modificada via software.

Um problema que percebi é que o foco fica muito lento em baixa luminosidade, atrapalhando um pouco e exigindo paciência.

A câmera frontal é de 13 MP e possui abertura de f2.0. Gostei bastante dela. Ela é bem rápida e possui nativamente um modo retrato, via software pois só possui uma lente. Mas, felizmente, se mostrou mais eficaz que o modo retrato das câmeras traseiras.

Câmera frontal é acima da média nessa faixa de preço

O único problema é que algumas vezes, estranhamento, o software buga no reconhecimento da luz da cena e faz umas fotos totalmente estouradas no branco. Mas aconteceu pouquissimas vezes.

Modo retrato da câmera frontal redmi note 5
Modo retrato da câmera frontal

Hardware e desempenho

Na parte de Hardware ele é bem potente. Possui um processador Snapdragon 636, o mesmo do Moto Z3 Play. Se trata de um Octa Core que utililza núcleos Kyro, os mesmos utilizados em processadores topos de linha.

Ele vem ainda com 3, 4 ou 6 GB de RAM e 32 ou 64 GB de armazenamento. Testamos as duas versões: de 3 e 4 GB de RAM com 32 GB de armazenamento e o desempenho foi tecnicamente o mesmo.

Com esse bom hardware, de intermediário premium, ele consegue rodar qualquer jogo da Google Play sem nenhuma dificuldade. E se dá bem com a multitarefa. Quem gosta de números, ele fez 115 mil pontos do Antutu.

A bateria dele é de 4,000 mAh e tem bom desempenho. Na prática dura muito bem um dia todo. No nossos testes ele durou uma hora a mais que o Moto Z3 Play que tem bateria de 3.000 mAh.

Ele faz, na média, 8 horas de tela. A parte de carregamento é um ponto negativo. Primeiro que, embora o processador suporte até o Quick Charge 4 da Qualcomm, ele só suporta o Quick Charge 2. Porém, por questões de patentes, ele não vem com carregador rápido e levou cerca de 2:20 para uma carga completa, ou e 55% em uma hora. Mesmo usando um carregador quick charge de 15 W a diferença foi pouca, cerca de 10 minutos mais rápido apenas.

Conector Micro USB já está ultrapassado

Vale lembrar ainda que ele vem com um conector micro USB. Um smartphone desse porte merecia um conector Tipo C.

Prós e contras

Prós

  • Preço excelente
  • Acabamento premium
  • Câmeras boa para o preço

Contras

  • Conector é micro USB ao invés de Tipo C

Vale a pena?

Sem dúvidas que se trata de um dos melhores custos x benefícios atualmente. Além disso, muitas lojas brasileiras estão vendendo o Redmi Note 5 oferecendo garantia de loja, isso por si é muito bom pois não há necessidade de ficar esperando o produto chegar. Mas importar continua sendo o melhor custo x benefício atualmente.

Onde comprar

Loja Gearbest

Loja Banggood

Agora se você prefere comprar o produto no Brasil, segue dicas de lojas:

 

Xiaomi Redmi Note 5

R$ 730
8.7

Preço

10.0/10

Hardware e desempenho

9.0/10

Tela

8.0/10

Funcionalidades

9.0/10

Bateria

8.0/10

Câmeras

8.0/10

Pros

  • Acabamento premium
  • Excelente preço
  • Desempenho e câmeras condizentes

Cons

  • Ausência de porta USB Tipo C