Review Motorola MB502 (Charm) com Android 2.1

Review MB502-17

Quando você olha pela primeira vez o Motorola MB502 a primeira palavra que vem a cabeça é: Blackberry, isso é graças ao seu teclado Qwerty completo que se parece muito com os tradicionais usados pela Rim em seus Smartphones. Para aqueles que gostam de um aparelho com aparência mais profissional para trabalho, o MB502 (Charm nos States) cai como uma luva e de quebra roda uma versão recente do Android: a 2.1, coisa que nem os Xperias da Sony Ericsson rodam, pelo menos por enquanto. Aconselho antes a leitura de outros Reviews de celulares equivalentes ao Charm para efeito de comparação:

Antes de mais nada é preciso saber que ele é um aparelho de entrada que veio para competir com o Xperia Mini e com o irmão de marca Flipout e com um pouquinho mais de dinheiro até o BackFlip entra na briga. Sendo um smartphone de entrada não espere dele nenhum super hardware e nenhuma tela surpreendente.

Visão Geral e Hardware

Ele é um aparelho relativamente pequeno, tem apenas 11,4 mm de espessura e é como se fosse um meio termo entre um Nokia e71 e um Blackberry da série Bold e pesa 110g. Graças ao tradicional acabamento emborrachado da Motorola, o MB502 tem uma ótima empunhadura e como ele é bem leve usar ele não incomoda nem um pouco, quem tem um Milestone sabe o quanto um smartphone pesa depois de 5 minutos na orelha.

Ele tem apenas 2 botões fisicos: liga/desliga no topo e o de volume na lateral, infelizmente não tem botão dedicado para a câmera, para tirar foto tem um botão lá no meio do teclado QWERTY, meio esquisito mas tem.

Ele possui um processador Omap de 600MHz, RAM de 512MB, câmera de 3,15Mpx e tela capacitiva de 2,8 polegadas com apenas 320 x 240 de resolução.Quanto a conectividade é bem completo: Wi-Fi, Bluetooth, GPS, 3G, acelerômetro e ainda conta com sensores de luminosidade  e proximidade.

Um “destaque” é que na parte traseira dele ao lado da câmera ele conta com um Backtrack igual ao do BackFlip (foto ao lado), é uma espécie de trackpad de notebook, embora ele seja um pouco mais útil nesse aparelho que no Backflip, ele continua sendo uma esquisitice sem sentido e inútil da Motorola 😀

Software e desempenho

No quesito bateria não animou e nem decepcionou, afinal ele é um Android, e Android que é Android consome muita bateria e ponto, nem adianta procurar um aparelho com desempenho de Nokia E71 que atualmente não existe nenhum Android com essa qualidade. Com uso moderado (3G poucas vezes ao dia e Wi-Fi durante a noite) ela aguentou quase 2 dias.

Como disse anteriormente ele roda o Android 2.1, embora ele não tenha um dos melhores conjunto processador-memória, durante os dias que o usei como celular principal ele teve um bom desempenho com raras travadas de sistema as vezes que travou foi ao executar alguns jogos como o Angry Birds, mas daí jogar é exigir demais dele.

A versão do Motoblur dele finalmente é usável, não diria que seja essencial, mas dá para conviver pacificamente com ela e não reclamar e até que no Android 2.1 o Motoblur tem uns Widgets úteis como o de visualização de mensagens de rede sociais e leitor de feed.

Tela

Você acha que o Motorola MB502 vem bem no Review até aqui? agora vem o banho de água fria: a tela dele é ruim, muito ruim mesmo. Não é só o fato da resolução ser baixa com apenas 320 x 240 e ter apenas 2,8 polegadas, além desses 2 fatos o contraste dela é péssimo, o Xperia X10 mini tem a mesma resolução mas como a tela é menor – 2,5 polegadas – a Sony Ericsson customizou o sistema para suprir isso, já no MB502 os pixels parecem que explodem na tela, eles querem que você o veja, navegar na internet então é uma tortura, devido a baixa resolução as páginas abrem bem grande e se você dar um zoom para diminuir fica difícil enxergar e ler devido a baixa qualidade.

Se você tem visão fraca ESQUEÇA comprar esse aparelho, só se você enxergar muito bem mesmo. Veja algumas fotos da tela comparando com o Milestone.

Teclado

Gostei bastante do teclado, bem melhor que o do Milestone e graças a suas teclas em alto relevo raramente eu errei botões na hora de digitar, a digitação ficou muito rápida e o teclado é grande e espaçoso, para quem prefere teclados fisicos, ele esta aprovado.

Câmera

E a história se repete: O Android parece que não nasceu para ter uma câmera boa e ponto, dos quase 10 Androids que testei somente o Xperia X10 tem uma câmera aceitável, digo aceitável porque embora novo ainda tem uma câmera equivalente a celulares Nokia de 3 ou 4 anos atrás. No MB502 assim como no Backflip a câmera é decepcionante: 3Mpx sem foco automático e sem Led ou flash ou algo parecido. Até para filmar é ruim: resolução de 352 x 288 pixels com 25fps.  Se você gosta de tirar fotos aceitáveis, fuja dele.

Conclusão

O Motorola MB502 é um aparelho para quem gosta de aparelhos mais sérios como Blackberries e Nokias da série E e quer uma solução para fazer tarefas cotidianas sem investir alto. Ele sai por R$899,00 desbloqueado.

Agora se você gosta muito de navegar na internet, usar bastante recursos multimidias e tirar fotos procure outro Android, esse não vai suprir suas necessidades.

Abaixo fotos do aparelho:

         

Recomendamos para você