Novo Redmi X terá biometria na tela e talvez Snapdragon 855. Ele chega15 de Fevereiro

Por
28 de janeiro de 2019 às 11h56 - Atualização: 29/01/2019
redmi note 7 destaque

O Redmi Note 7 é o primeiro smartphone a ser oficializado depois que a marca Redmi foi estabelecida como uma marca separada da Xiaomi. Mas agora, um novo smartphone chamado Redmi X apareceu no Weibo. O cartaz da empresa revela duas coisas sobre ele: ele virá equipado com um scanner de impressão digital na tela e será lançado dia 15 de fevereiro.

O texto em chinês abaixo do Redmi X se traduz em “scanner de impressão digital de tela”. Não há informações disponíveis sobre as especificações do smartphone.

Sabemos que a Redmi está trabalhando em um smartphone topo de linha com o novo processador Snapdragon 855. A empresa irá se estabelecer abaixo da linha premium da Xiaomi.

Leiam também | Saibam tudo sobre o Snapdragon 855

Como será o Redmi X

Ainda é cedo para saber, tirando a informação do leitor digital na tela, não há mais nada sobre ele.

Pela foto não tem muito o que saber. Talvez ele seja um intermediário premium acima do Redmi Note 7. Para isso, visto que o Note 7 possui processador Snapdragon 660, ele poderia usar o Snapdragon 710 tendo um hardware parecido com o Mi 8 Lite.

Mas muitos apostam em um topo de linha mesmo, afinal o CEO da Xiaomi, na ocasião de anúncio da nova empresa, avisou que iriam também partir para esse lado.

A Redmi ainda está para confirmar a existência do telefone Redmi X. Portanto, é recomendável aguardar por relatórios mais recentes para confirmar se tal realmente existe. Além disso, a Redmi ainda está para confirmar uma data de lançamento para o Redmi Note 7 Pro. O smartphone virá equipado com sensor Sony IMX586 de 48 megapixels, em vez do sensor Samsung ISOCELL GM1 de 48 megapixels encontrado no Note 7.

O Redmi Note 7 terá uma tela 6,3 polegadas com notch. O Snapdragon 660 alimenta o telefone com até 6 GB de RAM. Ele vem com um armazenamento interno de até 64 GB. O Android 9 Pie com a MIUI 10 está disponível pré-instalada no dispositivo.

Via Gizmochina

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *