Real Time Analytics
Noticias, TIM

Pegando o limão para tentar fazer uma limonada.

Como já diz o ditado popular “faça do limão uma limonada“. Sem dúvida nenhuma a proibição de venda de novos chips pelas operadoras TIM, Oi e Claro foi um baita de um limão azedo para elas. Após um período de terra de ninguém creio que jamais esperariam uma atitude dessas.

A TIM foi à justiça para voltar a vender chips nos 18 Estados e no DF onde ela esta proibida de vender. Mas um Magistrado disse não. Escreveu ele em sua sentença que “A Anatel detectou que o repentino crescimento da telefonia celular não foi acompanhado de um aumento da capacidade de rede para atender à nova demanda. Não foram construídas novas antenas na mesma proporção do aumento de tráfego. Houve um descasamento e um descolamento entre a demanda e a infraestrutura. Em linguagem popular, o que se conclui é que foi dado um passo maior que a perna”.

E olha que para a TIM em junho os 18 Estados e o DF representaram 63,73% das vendas da operadora. Nos três Estados em que foi proibida de vender novos contratos as vendas de junho representaram 28,85% da Claro (só São Paulo representou 25,54%) e a Oi vendeu 5,75% nos 5 Estados em que ela está impedida.

Mas eis então que a sentença do magistrado abre uma oportunidade das operadoras virar o jogo. Prestaram atenção? Vou repetir: “Não foram construídas novas antenas na mesma proporção do aumento de tráfego.” E adivinha do que elas estão reclamando agora? Sim da falta de uma legislação nacional regulando a instalação de antenas!

O presidente do Sindicato de operadoras de celular – Sinditelebrasil, Eduardo Levy, diz que é necessário uma lei federal que estipule quais são as competências dos municípios dentro das normas de instalação das antenas e o que cabe à Anatel. Na opinião de Levy, é responsabilidade do município normatizar o uso do solo, mas a potência das antenas e posição de transmissores “é assunto federal”, ressalta o presidente ao lembrar que o serviço de telefonia celular é uma concessão federal.

Leiam também:  O que as empresas podem aprender com Pokémon GO?

Levy relembra que o Brasil é “muito burocrático” e que todas as decisões de infraestrutura levam muito tempo para serem tomadas por aqui. E citou a necessidade de dar um UP pois a Copa de 2014 é “logo ali”.

Segundo o Sinditelebrasil a entrada do 4G irá pressionar ainda mais a demanda por novas estações rádio base. Segundo ele existem vários projetos para acertar esta situação. Um deles é Projeto de Lei nº 117, de autoria do senador Vital do Rego (PMDB-PB), que prevê o licenciamento de obras de infraestrutura de telecomunicações como competência exclusiva da Anatel. Eduardo Levy assinala, no entanto, que a proposta não resolve as dificuldades das operadoras para expandir serviços.

Longe de dizer que as empresas estão gostando de não poder vender novos chips mas que elas podem aproveitar a situação para forçar uma nova lei sem a devida discussão podendo vir a ter alguma vantagem no futuro também pode, certo? Qual a sua opinião? Comente ai.

Fonte: UOL fonte 1 e fonte 2

Comentários
  • Com a chegada da copa de 2014 e a aparente inércia das operadoras em atualizar seu parque tecnológico, acho que o governo tentou dar uma "forcada de barra" e tentar obrigar elas a se mexer, mas o que não esperavam era que o feitiço vira-se contra o feiticeiro, agora todas as operadoras, até mesmo a vivo que está ganhando uma propaganda indireta enorme por não ter sido colocada no rolo, vai alegar justamente que vontade de atualizar existe, a burocracia é que não deixa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Planos, TIM

TIM dá descontos em smartphones e planos em aniversário de SP

Em comemoração ao aniversário da cidade de São Paulo pelos seus 464 anos, no dia 25 de Janeiro, a TIM…

Em comemoração ao aniversário da cidade de São Paulo pelos seus 464 anos, no dia 25 de Janeiro, a TIM irá oferecer aos moradores da cidade descontos em vários smartphones. Confiram abaixo as promoções.

Para começar temos promoções de dois tops de linha: o iPhone 7 e o Galaxy S8. Enquanto o smartphone da Apple irá custar R$ 2.799, o Samsung Galaxy S8 fica por R$1.899. Já a versão maior, Galaxy S8 Plus, sai por R$ 2.299. Se você tá na procura de um bom intermediário, o LG Q6 Plus custará R$549. As ofertas são válidas para novos, atuais clientes e portabilidade. São várias ofertas em aparelhos, “para que o cliente tenha a melhor experiência ao navegar na rede de quarta geração da operadora”.

Para o aniversário da cidade deste ano, trouxemos ofertas imbatíveis nos preços dos aparelhos mais demandados no mercado, oferecendo uma oportunidade única de compra. Os smartphones em promoção possibilitam a melhor experiência na nossa rede de quarta geração, tanto no uso de dados como nas ligações via 4G (vOLTE)

Clientes de São Paulo terão descontos nos aparelhos vinculados aos Planos TIM Black, a partir do plano C, que oferece 10GB + 10GB para vídeos e ligações ilimitadas para qualquer operadora. Será possível parcelar a compra dos dispositivos em até 12 vezes sem juros.

Além dos descontos nos smartphones, a TIM também oferece ofertas exclusivas nos planos TIM Black, com fidelização de 12 meses. Se você escolher o TIM Pós C 10GB, pagará 139,99 mensais por um ano. O TIM Pós D 15GB custa R$179,99 mensais, já o TIM Pós E 50GB sai por R$249,99.
Leiam também:  Samsung Galaxy S5, Gear 2 e Gear Fit vídeo oficial

Melhor ainda, em qualquer um desses planos, você ganha o dobro da franquia de dados para assistir a vídeos no smartphone em plataformas como Netflix, Looke, Cartoon Network Já! e Esporte Interativo Plus. E, claro, poderá aproveitar os serviços padrão desses planos, como chamadas ilimitadas para qualquer operadora e lugar do Brasil, WhatsApp à vontade, TIMmusic by Deezer, TIM Banca Virtual e TIM Protect Backup.

Resumindo, os valores do TIM Black com fidelização de 12 meses ficam assim:

  • TIM Pós C 10GB: R$ 139,99 mensais;
  • TIM Pós D 15GB: R$ 179,99 mensais;
  • TIM Pós E 50GB: R$ 249,99 mensais.

As ofertas vão até sábado (27) e são válidas para todas as lojas e revendas do DDD 11.

materia completa
Planos, TIM

TIM lança pré-pago com ligações ilimitadas para todo o Brasil

No encalço da Claro, a TIM anunciou hoje que também está oferecendo um plano com ligações ilimitadas para todo o…

No encalço da Claro, a TIM anunciou hoje que também está oferecendo um plano com ligações ilimitadas para todo o Brasil no Pré-pago. A operadora lança três novas ofertas com esse perfil para precisa falar muito. Outra novidade é a possibilidade de pagamento mensal ao invés de semanal.

As novas ofertas estão atreladas à família TIM Pré, em três opções para os clientes. As duas primeiras contemplam ligações ilimitadas de TIM para TIM. Sendo a mais barata por R$ 9,99 por 30 dias. A segunda opção também oferece ligações intrarrede ilimitadas e inclui uso à vontade do WhatsApp – com exceção de chamadas de voz e vídeo pelo aplicativo – por R$ 19,99 por 30 dias.

A terceira e mais completa opção inclui chamadas ilimitadas para números de qualquer operadora e WhatsApp à vontade por R$ 29,99 por 30 dias. O benefício de ligações ilimitadas em todos os planos inclui chamadas locais e DDD (usando o código 41), para números fixo e móveis. As ofertas se renovam automaticamente a cada 30 dias, desde que o usuário tenha saldo suficiente.

Quem aderir aos pacotes e quiser navegar na internet pode contratar um dos pacotes avulsos de dados. A TIM oferece, por exemplo, 100MB diários por R$ 1,49 e o cliente paga somente o dia que usar. Há ainda opções de pacotes diários de 250MB, 500MB e 1GB, ideais para clientes que usam a internet eventualmente e não querem se comprometer com um plano mensal de dados.

Leiam também:  Samsung Galaxy S5, Gear 2 e Gear Fit vídeo oficial

A oferta é válida em todo o país. Novos clientes podem adquirir um chip ou solicitar a portabilidade em qualquer ponto de venda e ativar o plano pelo app MEU TIM, pelo site www.tim.com.br, enviando SMS com a palavra TIMPRE para 4140 ou ligando para *222.

materia completa
Apple, Noticias

Há 40% de chances da Apple comprar o Netflix e 30% a Disney

Existe uma probabilidade de 40% de que a Apple adquira a Netflix graças a reforma fiscal promovida pelo presidente Donald…

Existe uma probabilidade de 40% de que a Apple adquira a Netflix graças a reforma fiscal promovida pelo presidente Donald Trump foi aprovada. Quem afirmar são os analistas do Citi Jim Suva e Asiya Merchant.

O corte nos impostos, juntamente com o novo subsídio oferecido para que as empresas repatriem seu dinheiro aplicado fora dos EUA sem ter que pagar tributos altissímos, dará à Apple um montante de dinheiro nunca visto antes dentro dos EUA. Segundo a Bloomberg, a companhia tem cerca de 252 bilhões de dólares aplicados, mas boa parte dessa quantia está em territórios fora dos EUA e, até o momento, era impossível trazer esse dinheiro de volta para o país devido aos impostos aplicados. O montante, segundo os analistas, cresce 50 bilhões de dólares ao ano.

Para entender essa quantidade de dinheiro, basta saber que a Apple precisaria apenas de um terço desse dinheiro para comprar o Netflix.

“Historicamente, a Apple evitou repatriar dinheiro para os EUA para evitar a elevada tributação desses valores. Por isso, a reforma tributária pode permitir que a empresa coloque o dinheiro em uso”, dizem os analistas, no relatório.

Segundo Citi, a Apple mantém mais de 90% de seu dinheiro fora dos EUA, então a empresa poderia se beneficiar se fizesse uma repatriação única. “Com uma taxa de 10% sobre o dinheiro, a empresa teria 220 mil milhões de dólares para aplicar em aquisições”. Ai que entra o Netflix ou mesmo a Disney.

A Apple tinha de 20 à 30% de chance de adquirir a Disney, porém isso foi antes da aquisição pela Disney dos ativos de estúdio e TV da Fox. Ou seja, isso provavelmente não ocorrerá.

A Apple tem lutado há anos para oferecer uma oferta atraente para a TV. O iTunes tem sido um grande sucesso para a empresa, mas os telespectadores migraram cada vez mais para serviços como Netflix, Amazon ou Hulu para assistir seus programas e filmes favoritos. Comprar o Netflix seria algo importante para consolidar a empresa nesse ramo.

Leiam também:  Mario Bros Está Ganhando Vida!!!

Via Business Insider

materia completa
Noticias

Chinesa VIVO irá lançar primeiro leitor de digitais na tela amanhã

Vários documentos já apontavam que a chinesa Vivo iria lançar o primeiro smartphone com leitor de digitais na tela. Ao…

Vários documentos já apontavam que a chinesa Vivo iria lançar o primeiro smartphone com leitor de digitais na tela. Ao que parece, isso vai acontecer amanhã na CES 2018. A empresa enviou um convite para a imprenssa mostrando claramente do que se trata.

A Vivo publicou uma imagem teaser com o slogan “Desbloquear o futuro” e prometeu desvendar o primeiro smartphone com um leitor de impressão digital na tela em 10 de janeiro. Interessante é que será mostrado, provavelmente, um smartphone pronto e não um protótipo.

Embora possa ser o primeiro, ele talvez não seja o único a ser lançado na CES. A empresa Synaptics também prometeu um telefone com leitor de impressões digitais na tela durante o evento. Só não se sabe se trata de um aparelho comercial, ou apenas um conceito.

Leiam também:  Mario Bros Está Ganhando Vida!!!
materia completa