Notícias Dicas Marcas Reviews Contato
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
dicas
videos
tecnologias
noticia
servicos
empresa
analises

Início » Google Meet será gratuito para todos para brigar com Zoom

Google Meet será gratuito para todos para brigar com Zoom

Para brigar com o Zoom, o Google disponibilizou sua ferramenta de videoconferência gratuitamente para todos, com reuniões de até 100 pessoas.
Por | 29 de abril de 2020 às 11:30
Google Meet logo

A assessoria do Google anunciou hoje (29) que a partir do dia primeiro de maio a ferramenta avançada de videoconferência Google Meet, antes restrito a assinantes do G Suite, será disponibilizada gratuitamente para todos, com suporte para reuniões com até 100 pessoas e sem limite de tempo.

A ação do Google vem para ajudar na atual pandemia do Coronavírus que assola o mundo. Segundo o comunicado, “a partir do começo de maio, famílias, amigos, médicos, terapeutas e educadores poderão se manter conectados gratuitamente por meio do aplicativo, durante esse período de distanciamento social, causado pela COVID-19″.

Leiam também:

Além dos mais de 2 bilhões de usuários do Gmail em todo o mundo, qualquer pessoa que tiver uma conta de e-mail, de diferentes provedores, poderá aproveitar as funcionalidades avançadas que a solução oferece, de forma fácil, segura e confiável, tanto em desktops, quanto em dispositivos Android e iOS.

google meet gratuito

Nos primeiros meses, as reuniões on-line não terão limite de tempo e poderão ter até 100 pessoas. Para efeito de comparação, a ferramenta Zoom que atualmente domina o mercado, a assinatura para reuniões com até 100 pessoas e sem limite de tempo custa cerca de R$ 75. Após 30 de setembro, a duração será ajustada para um máximo de 60 minutos. Para isso, basta ter uma conta do Google (se a pessoa não possui, basta criar uma – mas não é necessário usar ou ter um Gmail para usar o Google Meet). As videoconferências contam com as ferramentas do Meet, como modo de exibição dos participantes em blocos expandidos, legendas automáticas ao vivo – por enquanto, disponíveis em inglês, entre outras.

Empresas de todos os setores, como saúde, varejo e finanças, além de áreas como a educação e o setor público, estão recorrendo à tecnologia neste momento de isolamento. Agora, qualquer usuário poderá ter as facilidades e proteções que o Meet oferece. “Estamos no meio de uma mudança mundial muito significativa, que afeta a comunicação nos locais de trabalho e nas escolas, entre outros momentos e situações. As pessoas querem ferramentas fáceis de usar, e seguras, para que possam utilizar em diversas situações do dia a dia”, explica Javier Soltero, VP de G Suite.

Recentemente, foram anunciadas melhorias como a detecção e diminuição de ruídos externos nas chamadas por vídeo, o ajuste automático de iluminação, entre outras novidades que poderão ser usufruídas por todos. “Estamos sempre ouvindo as principais necessidades de nossos usuários. O uso diário do Meet é hoje 30 vezes maior do que era em janeiro deste ano, o que demonstra a importância em se investir para melhor atender essa demanda”, complementa o executivo.

“Nossa abordagem de segurança é simples: torne os produtos seguros por padrão”, afirma Javier. O Meet foi criado para operar em uma base segura, fornecendo as proteções necessárias para manter os usuários e seus dados seguros e suas informações privadas. Dentre as medidas padrões tomadas pelo G Suite para o Meet, e seus outros aplicativos, estão:

  • Controle do moderador durante as videoconferências, contendo os logins nas ligações;

  • Proibição de acessos anônimos nas reuniões;

  • Complexos códigos de proteção das reuniões, evitando que sejam invadidas;

  • Não exigência de plugins e programas de extensão para o funcionamento do aplicativo;

  • Os usuários podem registrar suas contas no Programa de Proteção Avançada, eficiente contra phishings e perdas de contas;

  • Certificações de conformidade globais;

  • Data centers espalhados pelo mundo todo, para dar suporte à toda a operação da empresa. Confira a lista aqui;

Agora, com a novidade, o Google Meet chega para todos, como forma de ajudar as pessoas a se manterem conectadas durante o combate ao novo coronavírus. É possível acessar o Meet diretamente pelo link meet.google.com, fazer o download do aplicativo via iOS ou Android, ou até agendando uma reunião pelo Google Calendar, e entrar na ligação diretamente pelo Gmail. Para mais dicas de uso, visite a Central de Ajuda.

ARTIGOS RELACIONADOS
LEIAM TAMBÉM
10 filmes novos para assistir agora no Amazon Prime Video

10 filmes novos para assistir agora no Amazon Prime Video

por Especial, Listas
Principal concorrente do Netflix, o Amazon Prime Video vem ganhando espaço no Brasil, principalmente pelo preço abaixo do concorrente. O ...
Leia Mais
WhatsApp: como fazer chamada de vídeo com 50 pessoas! (qualquer um)

WhatsApp: como fazer chamada de vídeo com 50 pessoas! (qualquer um)

por Dicas de tecnologia
Ontem o Facebook anunciou o Messenger Room, que é capaz de fazer uma chamada de vídeo com até 50 pessoas ...
Leia Mais
Messenger Room com 50 pessoas

Facebook Messenger Rooms: 10 recursos que você deve conhecer do rival do Zoom

por Especial, Listas
Embora o Zoom tenha tomado medidas eficazes  para resolver problemas de segurança e privacidade, muitos usuários estão procurando alternativas para ...
Leia Mais
melhores editores de video 2020

24 melhores aplicativos de edição de vídeos em 2020 (Computador e celular)

por Especial, Listas
Encontrar o melhor software gratuito de edição de vídeo deve ser uma parte central do sucesso de qualquer empreendedor de ...
Leia Mais
O Wi-Fi 6 é realmente muito mais rápido? Há muito mais envolvido

O Wi-Fi 6 é realmente muito mais rápido? Há muito mais envolvido

por Especial
O Wi-Fi está prestes a ficar mais rápido. Essa é uma ótima notícia: uma internet mais rápida está se tornando ...
Leia Mais