Início » Noticias » Netflix terá plano baratinho apenas para celulares

Netflix terá plano baratinho apenas para celulares

Netflix planeja lançar plano que será acessível somente em celulares e custará metade do valor do plano atual mais barato.
Por
18 de julho de 2019 às 7h59 - Atualização: 18/07/2019
netflix somente para celulares

A Netflix confirmou ontem (17) que está para lançar um plano mais barato que limitaria o conteúdo para apenas serem exibidos em celulares. Esse plano, inclusive, já está sendo testado desde 2018.

Desde o ano passado a Netflix disponibiliza um plano só para dispositivos móveis na Malásia. Ao que parece o plano, que tem preço reduzido, deu bons resultados e será lançado no mundo inteiro.

Inicialmente, o plano da Netflix será lançado na Índia ainda nesse trimestre. De acordo com a empresa, a escolha da Índia tem a ver com  fato do país ter um mercado de TV por assinatura barato, cerca de US$ 5 por usuário, é nesse público que a Netflix vê novos consumidores que serão atraídos em um plano mais em conta.

Segundo o site The Verge, essa nova assinatura irá limitar a resolução a apenas 480p, já que atualmente o plano que dá direito a apenas uma tela, também tem essa imposição.

Plano da Netflix para celulares, quanto custará?

Como o foco aqui é  preço, na Malásia o plano é oferecido por 17 ringgits (aproximadamente R$ 15,56) e não dava acesso a vídeos em HD, conforme o The Verge dissse. A assinatura básica com reprodução em TVs era vendida por 33 riinggits (R$ 30,20), enquanto a versão com HD chegava a 42 ringgits (R$ 38,44). Ou seja, o plano custa a metade do preço do plano comum mais barato.

Se fosse no Brasil, o plano mais barato custa atualmente R$ 21,90, ou seja, nesses moldes esse plano custaria cerca de R$ 11. Claro, estamos apenas fazendo estimativas baseadas na Malásia.

Pode parecer pouco, mas na Malásia, a Netflix briga com uma concorrente de peso chamada iFlix, que possui preços mais em conta que a gigante do streaming.

Mais sobre: netflix,
Matérias relacionadas

Deixe uma resposta