5 coisas sobre o Moto G7 Plus que você pode não saber

Confiram 5 coisas que o Moto G7 Plus trouxe que pode mudar sua opinião na hora de comprar, ou não, o novo smartphone.
Por
9 de fevereiro de 2019 às 11h29 - Atualização: 15/02/2019
moto g7 plus destaque

Sem entrar no mérito da questão de valer ou não o preço do lançamento, o Moto G7 Plus chegou custando R$ 1.899 e, teoricamente, pouca mudança em relação ao antecessor. Mas iremos destacar algumas coisas que realmente melhoraram nele que, talvez, possa induzir usuários a compra.

Com o lançamento da nova linha Moto G7 da Motorola, a empresa acabou aumentando o preço de seus smartphones e ainda introduzindo o Moto G7 Power, ficando agora 4 modelos.

Iremos falar do Moto G7 Plus, o mais premium da linha. Ele substitui o Moto G6 Plus, que fez muito sucesso.

1 – Estabilizador ótico na câmera

A Motorola resolveu mudar o sensor da Sony utilizado no Moto G7 Plus. Ele usa o IMX519. No G5 Plus, G5S Plus e G6 Plus foi utilizado o IMX386.

O motivo não entendi, pois no papel embora antigo, o o IMX386 é melhor. Possui um tamanho maior, 8 mm contra 6.8mm e trabalha com pixel maior de 1.4um contra 1.22 do novo.

Camera do Moto G7 Plus

Mas a novidade é que ele ganhou um estabilizador ótico, algo inédito até então na linha. Com isso o usuário consegue fotos menos tremidas e vídeos mais fluidos.

2 – Alto falante estéreos

Quando lançado em 2013, o Moto G tinha alto falantes estéreos e continuou assim até 2014 com o Moto G2. Porém, a partir da terceira geração, a Motorola resolveu tirar. Mas agora está de volta no Moto G7 Plus, somente nessa versão há.

Alto falante do Moto G7 Plus

Mas agora eles ficaram mais potentes e discretos. O da parte de baixo é normal, em uma grade no aro do aparelho. Já o da parte de cima, fica em uma pequena e discreta ranhura acima da tela

3 – Android 9 Pie + software Motorola

Pode parecer óbvio um smartphone vir com a útlima atulização do Android, mas nem sempre é assim. Na verdade na maioria das vezes isso não acontece. O Moto G7 Plus vem rodando o Android 9 Pie e te garantia de atualização para o Android Q, que será lançado em breve.

Android do Moto G7 Plus

Para completar a experiência, vale lembrar que a Motorola usa uma interface com Android bem próximo do utilizado na linha Pixel do Google. A experiência é boa e fluida.

Além disso, ele conta com a navegação com gestos. Apenas uma barrinha na parte inferior do aparelho ao invés dos 3 botões do Android. Apenas com gestos é possível manusear o aparelho.

4 – Processador melhor

Muitas pessoas estão falando que o processador não evolui muito. O Moto G6 Plus usava o Snapdragon 630 enquanto o Moto G7 Plus usa o Snapdragon 636.

Mas aqui um atento: Os outros modelos usam o Snapdragon 632, esse sim é uma atualização do 630 e não tem grande melhora. Porém, o Snapdragon 636 é uma nova geração de processador.

A Qualcomm garante ganho de 40% de perfomance frente a versão anterior. Em desempenho, ele está muito mais próximo do Snapdragon 660 do que do 630. Isso se deve ao fato dele ter os novos núcleos Kyro, enquanto a versão anterior ainda usa os antigos Cortex-A53.

5 – Carregamento ultra rápido

A Motorola pela primeira vez introduz a nova geração de seus carregadores Turbo Charger. Eles possui incríveis 27 W! Até no tamanho eles são maiores que a versão original de 15 W.

Carregador do Moto G7 Plus

Segundo a Motorola, é preciso menos de uma hora na tomada para carregar a bateria em 100%. Além disso, a fabricante promete que o G7 Plus com somente 15% de carga aguenta até 11 horas ligado. Nos nossos testes iniciais, isso realmente aconteceu.

Carregador do Moto G7 Plus

Outro fato interessante, que ainda estamos tentando entender o porque, é que o carregador da Motorola tem saída Tipo C e não USB. Ou seja, o cabo tem nos dois lados um conector Tipo C.

Matérias relacionadas

2 respostas para “5 coisas sobre o Moto G7 Plus que você pode não saber”

  1. Estou altamente decepcionado com moto G7 plus pois não tenho duas semanas de uso e o alto-falante dele já pifou, que bela porcaria nunca mais eu compro moto g

Deixe uma resposta