Microsoft Edge para Android já está na Play Store

Faça agora o download do navegador Edge da Microsoft para o sistema Android. O aplicativo já está disponível na loja Google Play.
Por
13 de outubro de 2017 às 12h40 - Atualização: 13/10/2017
microsoft edge andorid ios

Semana passada postamos aqui que a Microsoft tinha liberado uma versão do navegador Edge para Android. Porém a forma de instalar era bem complicada. Agora a empresa, finalmente, colocou o Edge para Android na Google Play. Ainda está em fase beta, mas pelo menos dá para instalar com um clique.

O aplicativo é bem grande com 170 MB. Além disso, não é possível achar o mesmo nas buscas da loja, somente com o link direto por estar em fase beta. Após iniciar, você pode opcionalmente, entrar com sua conta da Microsoft. O app está totalmente em inglês nessa fase.

Visualmente falando ele é bem parecido com o que vemos no Chrome. A barra de endereços fica na parte de cima da tela, embora no Windows 10 Mobile ela esteja abaixo, o que faz mais sentido em telas grandes. Uma função diferente é como ver as abas bastando “arrastar” para baixo a barra de endereços e será mostrado os “thumbnails” das abas. Mas se não quise, há um botãozinho de abas na parte inferior.

Aliás, essa parte inferior não me agradou. Ter duas barras tomando espaço da tela não é legal. Além da barra de endereços, na parte inferior há uma barra de atalhos com os botões avançar e voltar, o de abas e um de sincronização.

Esse último botãozino é interessante, porém complicado de usar por enquanto. Com ele você consegue enviar a página que você está acessando para um computador logado na mesma conta da Microsoft. Mas para ativar, é necessário estar com a atualização Windows 10 Fall Creators Update, ir em Configurações > Telefone e vincular seu smartphone. Mas só funciona se você fazer parte do programa Windows Insider (Google it). Legal, mas não seria muito mais fácil sincronizar o histórico na conta da Microsoft, como o Google faz? Pelo menos, no futuro, os favoritos irão sincronizar.

No geral o tempo de carregamento de páginas ficou a mesma coisa que no Chrome.

Via Tecnoblog

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *