Real Time Analytics
Android, LG, Reviews

Review LG G2, super hardware com um bom preço

Hoje você encontra no Brasil praticamente todos os smartphones high-ends do mundo: Xperia Z1, Xperia Z Ultra, Galaxy Note 3, iPhone 5S ,Galaxy S4 e por fim: o LG G2. Um detalhe interessante nessa lista é o preço deles, a grande maioria está com o preço acima dos 2 mil Reais. Mas é ai que o LG G2 se destaca. Facilmente é encontrado na faixa dos 1600 Reais, ou até menos. E o mais importante é que ele não fica devendo praticamente em nada para os concorrentes, no geral. Vamos descobrir então do que ele é capaz nesse review LG G2, sucessor do sucesso de vendas Optimus G.

Review LG G2 –  Hardware

O LG G2 trás tudo o que há de melhor hoje no mundo dos smartphones. Vamos à uma lista resumida de seu hardware. Essas são só as características de hardware, há ainda várias outras de software que o LG G2 trás nas mangas que iremos falar mais a frente.

  • Chipset Snapdragon 800 Quad-core de 2.26 GHz com processador Krait 400
  • 2GB de memória RAM
  • GPU Adreno 330
  • Tela de 5,2″ de True HD-IPS+ com resolução full HD
  • Câmera de 13MPx com teconologia IOS
  • Gravação de vídeo em full HD há 60fps
  • 4G brasileiro
  • 16GB de armazenamento
  • Som estéreo Dolby Mobile

Dá para notar o quanto ele é um monstro se tratando de hardware. Seu processador é o mais avançado que existe da Qualcomm, na prática significa que ele é capaz de fazer tudo o que se possa imaginar no mundo mobile.

Review LG G2 – Design e construção

Review LG G2 - Smart Buttons

Sobre o slogan “Aprendendo com você” a LG inovou no design do LG G2 tirando todos os botões tradicionais que existem nas laterais dos celulares e concentrando tudo atrás dele. Abaixo da câmera há 3 botões: ligar e os dois de volume, juntos formam o conceito “smart buttons”. Porém os botões assumem diferentes funções de acordo com as funcionalidades.

review lg g2 - bordas
Bordas de apenas 2,65 mm

Ele também é um smartphone com dimensões bem reduzidas. A frente praticamente é toda tomada pela tela de 5,2 polegadas. O destaque vai para as bordas finas de apenas 2,65 mm, reduzindo em muito o tamanho do celular. Para efeito de comparação, ele tem tela maior que o Xperia Z1 (5,2 vs 5 polegadas) mas consegue ter um corpo bem menor que o concorrente.

Suas dimensões são: 138.5 de altura, 70.9 de largura e 8.9 mm de espessura. Embora existam outros mais finos, como ele tem o formato curvado nas laterais, ele passa a sensação de ser mais fino do que parece. Ele também é bem leve, tem apenas 143 gramas.

Review LG G2 - espessura

A LG mudou drasticamente o material usado no Optimus G. Enquanto o primeiro modelo era de vidro com Gorilla Glass tanto na frente como na parte de trás, dando um visual mais quadradão a ele, o G2 é feito todo de plástico lembrando um pouco os celulares da rival Samsung. Mas o plástico utilizado é de excelente qualidade e não dá aparência de smartphone fotbarato. Normalmente os aparelhos de plástico possuem a traseira removível, no caso do G2 não. Ele é um aparelho lacrado, isso passa ainda mais sensação de solidez ao aparelho. Para dar uma aparência um pouco mais premium a LG colocou umas bonitas bordas cromadas em volta do aparelho. Porém ressalto que mesmo assim, ele não parece tão “premium” como o Xperia Z1 ou HTC One.

Review lg g2 - frente e traseira

Uma escolha infeliz no design foi colocar os alto falantes na parte de baixo do celular. Embora sejam excelentes, é praticamente impossível assistir um vídeo com o G2e na mão, sem abafá-los completamente. Eles ficam bem no lugar que normalmente colocamos a mão para segurá-lo. Sinceramente, não consigo entender com engenheiros fizeram uma escolha tão ruim.

Leiam também:  Samsung mostra Galaxy Beam, Galaxy Note 10.1 e Galaxy Tab 2 para América Latina

Outro ponto fraco é ter apenas 16GB de armazenamento, sendo que apenas 11GB ficam disponíveis para o usuário, e como ele não tem entrada para microSD, os mais exigentes que instalam dezenas de jogos com certeza não vão gostar.

Review LG G2 - Alto falante

Review LG G2 – Software

A LG peca em muito quando o quesito é atualização do Android. O Optimus G, por exemplo, ainda amarga o Android 4.1.2 e o G Pro o 4.2. O G2 sofre do mesmo mal: Ele está rodando o Android 4.2.2, isso mesmo: um smartphone top de linha no mundo todo com um Android de mais de um ano atrás. Embora a LG promete atualizar ele até Janeiro, não é fácil acreditar, graças aos exemplos anteriores.

A LG trouxe várias funções interessantes.

Modo convidado

É possível você criar um segundo usuário para o celular. Nesse usuário você escolhe quais aplicativos terá acesso além das configurações permitidas. É ótimo para mostrar o celular para os outros, criar um usuário para os filhos ou mesmo esconder o usuário normal do namorado (a) :D. O acesso é feito através do código de bloqueio do celular.

review lg g2 - modo-convidado

KnockON

A função que mais gostei. Basta dar dois toques na tela quando estiver em stand-by que o celular irá acordar. É bem mais prático que apertar um botão, afinal ele não tem botão mesmo.

Mais captura

O navegador de internet padrão possui um opção de tirar captura da página inteira, e não só do que está visível na tela.

review lg g2 - funcao captura

Deslizar de lado

Seria o “Alt+tab” do Windows para smartphones. Você salva um aplicativo como favorito, deslizando a tela com 3 dedos juntos, para a direita. Você pode fazer isso com vários apps. Depois, com qualquer app na tela, você desliza os 3 dedos do lado esquerdo para o direito e irá aparece os apps salvos na lateral da tela.

review lg g2 - captura plus

Zoom de áudio

Interessante essa função, mas não é tão potente assim. Durante uma gravação de vídeo, irá aparecer um ícone “zoom de áudio” na tela, ao clicar nele, você irá focar em qual lugar do vídeo você quer amplificar o som do vídeo.

A interface da LG, particularmente dizendo, acho que seja a melhor de todas as marcas. Eu sei que tem gente que acha ela horrível e etc. Mas quem diz isso é porque nunca usou o TouchWiz da Samsung: feio, inútil, bugado e deixa o celular lento. O que gosto no software da LG é que ele tem opções úteis. Porém confesso que gostava da versão anterior usada no Optimus G e G Pro. A versão do G2 se tornou mais intrusiva, descaracterizando bastante o Android, assim como faz a Samsung.

review lg g2 - menu

Mas mesmo assim ainda gosto dela. Uma coisa legal foi que a LG tornou a barra de notificações totalmente transparente, assim como no Android 4.4 kitkat. Ainda falando da barra de notificações, ele ficou ainda mais funcional, embora também mais poluída.

Você tem os atalhos para várias configurações, depois os apps Qslide – ou mini apps caso prefira -, a barra de iluminação da tela e por último a barra de controle de volume. Essa também traz um recurso do kitkat: um pequeno ícone de configurações que ao clicar neles abre outra tela pop-up com mais configurações de som independentes: chamadas, notificações, toque de resposta do telefone e a de multimidia (música, vídeos e jogos). Detalhe que lembra bastante as configurações do iOS 7.

Leiam também:  É oficial: Galaxy Nexus virá para o Brasil

review lg g2 - status bar

Dentro do menu de aplicativos também há um ícone de configuração (engrenagem). Achei bastante útil pois ele mostra todos os apps com um pequeno “x”. Clicando nele você desinstala o app. Também lembra o iOS.

No geral, por isso gosto dele, o software de LG é bem rápido, tão rápido como o Android puro. Mas embora muito funcional, acabou ficando poluído demais. Não é nada que atrapalhe o uso, mas prefiro algo mais clean.

O app de galeria de fotos é muito simples. As fotos não possuem nenhum efeito de transição e muito menos há um editor de fotos, bem básico mesmo.

review lg g2 - galeria

O app de vídeo também é bem simples e compatível com vários codecs, mas nem tantos assim. Possivelmente você vai precisar de um app de vídeo de terceiros. Ele é compatível com o QSlide, ou seja, dá para você minimizar ele em formato de pop-up e continuar a fazer outras tarefas.

O app de música também é simples, mas é bem bonito. Ele fica com o álbum do disco bem grande na tela e há botões de favoritos, aleatório e de compartilhar. O que gostei nele foi que ele tem um equalizador manual bem eficaz, juntando isso com a tecnologia Dolby Mobile, o som é excelente.

review lg g2 - musica

Assim como o G Pro, ele vem com um app de controle remoto muito completo. A novidade em relação a versão anterior é que tem como fazer seu próprio controle universal. Nele você pode colocar todos os seus equipamentos em uma única interface com os botões de sua escolha. Além disso, ele aprende o código de qualquer controle, basta apontar para o celular.

review lg g2 - controle remoto

Para completar a lista de apps úteis, ele tem um bonito aplicativo de rádio FM. Fato que estranhamente o Optimus G nem possui suporte, embora tenha hardware para isso.

Review LG G2 – Desempenho

Como dito no começo, estamos diante de um monstro em especificações. Seu processador Snapdragon 800 é muito potente. Nos testes de benchmarks, o LG G2 está sempre entre os 3 primeiros, juntamente com o Xperia Z1 e Note 3. Abaixo sua pontuação no Antutu.

review lg g2 - antutu

Eu gosto de desempenho na prática. Nessa hora não tem muito o que falar do G2, ele simplesmente consegue rodar qualquer coisa, sem engasgo algum. Qualquer jogo pesado inicia rapidamente e roda sem engasgos, mesmo quando configurados no máximo de desempenho. Sua GPU Adreno 330 dá conta do recado, com sobra.

Ele roda vídeos em full HD sem problemas, com o plus de rodar vídeos, além de fazer, em 60 frames por segundo. Mas videos em 60fps em MKV, infelizmente ele não conseguiu rodar. Mas dai também é querer demais. Se bem que deve ter algum app que consiga, eu não achei.

Se tratando de bateria, ele está na média da maioria dos smartphones tops atuais. Não vai aguentar mais de um dia, pelo menos com um uso moderado. Quando digo moderado, significa WiFi e 4G ligados diretos, no máximo 1 hora jogando, algumas fotos e alguns vídeos além de usar o GPS por mais ou menos 1 horas. Se você é um hard-user daqueles que joga pelo menos umas 2 horas por dia de jogos pesados, não espere carga no fim do dia.

Review LG G2 – Câmera

O Optimus G teve uma das mais decepcionantes câmeras o ano passado, sendo ele na época o topo de linha, sem dúvidas que merecia uma câmera melhor. A reclamação foi tanta por parte dos usuários, que parece que a LG ouviu e colocou uma câmera decente no G2, até a classificaria com ótima.

Leiam também:  LG tira sarro do Galaxy Note 8 em comercial do V30

Ela conta com a tecnologia de estabilização de imagem óptica avançada (OIS). Na prática, isso significa que a câmera se move dentro do seu próprio módulo: isso minimiza as vibrações das suas mãos e proporciona fotos muito mais nítidas e vídeos mais estáveis – mesmo à noite. E acredite, funciona. A câmera é extremamente rápida, mais que a do Xperia Z1. Ela foca quase que instantaneamente e o sistema de estabilização de imagem se mostra bem efetivo com pouca iluminação, já que normalmente nesse momento celulares tendem a gerar imagens tremidas, pois o obturador funciona mais lento para absorver mais luz. No G2 você não precisa se preocupar com isso.

Fotos com iluminação boa ficaram muito boas no G2, bem melhor que a geração anterior de smartphones (Optimus G e G Pro). A interface da câmera é mais simplistas que os concorrentes, ou seja, é mais objetiva para usuários novatos. Mas na hora de funções mais avançadas, ou modos mais avançados, ela não decepciona. Basta pressionar “modo” que aparece várias opções através de um menu bem ilustrado.

Há diversos modos bem interessante como o Tom dinâmico (HDR) que produz boas fotos e não aparenta tão artificial. Outro modo é o “filtro de imperfeição”. Ele reconhece um rosto na foto e depois dá uma suavizada no tom da pele. Achei muito artificial, já que não há controle, é tudo automático. Abaixo você pode notar como fiquei “com pele de bebê”.

review lg g2 - filtro de imperfeicao

Tem também o modo “Disparo e reparação” onde você tira uma foto de um paisagem, por exemplo, e ele identifica automaticamente pessoas que estão passando e depois retira da imagem mostrando uma imagem já montada sem as pessoas.

Há ainda o tradicional modo noturno, que funciona muito bem por sinal. Esportes para imagens em movimento, “imagem prévia” onde você tira uma sequencia de até 20 imagens e depois escolhe a melhor e o modo câmera dupla onde ele consegue tirar foto simultaneamente da câmera frontal e traseira. Abaixo alguns exemplos de fotos.

review lg g2 - fotos tiradas review lg g2 - fotos tiradas review lg g2 - fotos tiradas

Comparando com outros modelos, veja abaixo uma foto tirada com ele, como o Moto X e como o Galaxy S4. Em breve estaremos fazendo um comparativo com o Xperia Z1.

review lg g2 - fotos g2-vs-motox-s4

Na hora de filmar ele também mostra um alto desempenho, principalmente em vídeos em full HD há 60 frames por segundo. O estabilizador de imagem funciona bem aqui também, não igual há um Lumia top de linha, mas melhor que a maioria dos Androids do mercado. O fato de filmar em 60 fps é muito bom, embora os arquivos ficam enormes, e como espaço de armazenamento não é o forte dele, não é de muito uso.

Review LG G2 -Vídeo Review

Abaixo um vídeo detalhado onde mostro o que foi dito acima.

Review LG G2 – Conclusão

O LG G2 ficou acima de minhas expectativas. Não que ele seja muito superior ao concorrente Xperia Z1, embora seja em alguns aspectos, mas ele superou as expectativas no quesito preço, pois oferece tudo o que os outros oferecem mas com um preço inferior. Ele tem sim uma câmera inferior ao Z1, mas nada de outro mundo de diferença, o acabamento é inferior porém mais moderno. Já comparando com o S4, eu simplesmente achei ele superior em todos os aspectos.

Você acha ele facilmente na faixa dos 1600 Reais, abaixo algumas sugestões de lojas para vocês o comprarem:

R$ 1583 – Girafa – http://oferta.vc/x3M
R$ 1619 – Americanas – http://oferta.vc/x3G
R$ 1759 – Submarino – http://oferta.vc/x3K
R$ 1759 – Ponto Frio – http://oferta.vc/x3J

Comentários
  • Até ontem eu tinha um LG G, desempenho bom, gostei da câmera e não tinha do que reclamar. Troquei por um S4 devido ao problema das atualizações que a LG insiste em não lançar. O que adianta vc ter um smart top com um OS ultrapassado. E quanto a preço comprei meu S4 na caixa lacrado a vista aqui em salvador por acreditem 1600,00 com nota fiscal. Ótimo review, parabéns. Talvez o único problema seja as atualizações.

    • Sem dúvidas Lisandro é um belo aparelho. Eu mesmo tenho um Optimus G, mas só utilizo ROMs alternativas, atualmente com o 4.4 Kitkat.

      Mas gosto bastante das funcionalidades da ROM da LG, uma pena ela ter uma politica de atualizações tão ruim atualmente.

      Abs

      • Concordo com tudo o que foi colocado aqui, mais não podemos esquecer também que o S4 é um puta celular, infelizmente o preço ainda é absurdo no meu caso penei aqui para conseguir por preço digamos acessível para alguns pois apesar de ter comprado ainda acho caro. Talvez de tivesse visto esse review e alguns teste tivesse escolhido o G2 pela hardware dele. Vamos esperar que a LG mude essa politica e lance as atualizações necessárias.

  • Belo review , caso a LG mude a sua politica de atualizações (falta de atualização) de OS talvez passe a ser interessante comprar algum device deles, mas…..pelo review é um belo device.

  • Eae André, tava só esperando o seu review pra me decidir e depois de de tudo o que você comentou acima vou de LG G2! Z1 é muito bom, em termos de design e construção (G2 tbm), porém está caro demais. G2 é simplesmente perfeito e com preço ótimo! Moto X é ótimo também mas tenho receio de o hardware defasar (Coisa q não vai acontecer com o g2 tão cedo), e pensando bem percebi q eu não usaria o touchless control no meu dia-a-dia! E vc? Vai trocar seu G pelo G2?

    Vlw pelo ótimo review! Abraços.

  • Ótima escolha Diggory, o G2 realmente está matador por um preço pra lá de justo, até hoje só usei dois Smartphones para arrancar elogios: Iphone e G2, o Galaxy S4 é muito popular e muita gente tem e francamente passa batido.

  • muito bom, otimo custo x beneficio, mas a diferença de preço(à vista) pro g2, compensa mais o segundo, usei-o por 1 mês, e não percebi nada que desabone a sua compra. é claro que existe um certo preciosismo em cima do moto x, tem nego dizendo que é até mesmo melhor que s4, g2 etc, pura especulação. não tem como ele se igualar a um hi end, mas é de longe o melhor mid end.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Android, Xiaomi

5 motivos para comprar o Xiaomi Mi A1

O Xiaomi Mi A1 sem dúvidas que foi uma das maiores surpresas apresentadas no ano passado pelo mercado Chinês. Não…

O Xiaomi Mi A1 sem dúvidas que foi uma das maiores surpresas apresentadas no ano passado pelo mercado Chinês. Não é atoa que ocupa o primeiro lugar na nossa lista de melhores chineses. Mas porque ele é tão bom assim, porque tanta gente está falando dele? Confiram 5 motivos que separamos para vocês.

1 – Xiaomi Mi A1 roda Android One, praticamente um Google Pixel baratinho

O sonho de muita gente é ter um smartphone da linha Pixel do Google. Assim irá receber atualizações primeiro que todo mundo do Android, sem aplicativos duvidosos ou modificações sem sentido por parte dos fabricantes. Porém, além de não vender no Brasil, os aparelhos do Google são muito caros. É ai que entra o Android One.

xiaomi mi a1 android one

Android One é um projeto do Google em parceria com fabricantes que leva o Android Puro, direto do Google, para aparelhos mais baratos. A Xiaomi entrou na parceria e lançou o Xiaomi Mi A1. Essa é a grande diferença.

Temos um aparelho com hardwar mediano, de 2016, mas com desempenho surpreendente. Afinal, custa apenas 700 Reais. Ele já está rodando o Android 8.0 Oreo, e receberá muitas atualizações pelo menos por uns 2 anos.

2 – Câmera acima da média da categoria

O Xiaomi Mi A1 tem uma câmera acima da média. Obviamente que não estou falando que concorre com algum topo de linha, mas certeza que é melhor que a maioria dos intermediários do mercado, nacional ou importado. A câmera principal dupla tem dois sensores de, sendo um de 26 mm com abertura f/2.2 e outro com lente teleobjetiva de 500 mm e abertura f/2.6.

Leiam também:  Galaxy S7 vs Xperia XZ, teste de velocidade

Xiaomi Mi A1 dual cameras

As aberturas não são tão boas, porém o trabalho de software é excelente. Ele trás um modo retrato nativo que consegue desfocar o fundo como poucos topos de linha conseguem. Fotos durante o dia são de excelente qualidade com um belo contraste e alcance dinâmico. Achou pouco?

Então escuta essa: após instalar a câmera do Google com HDR+, os resultados melhoram muito, ficando muito, mas muito acima da média. Inclusive o modo retrato, tão eloagiado do Google Pixel, consegue no Mi A1 praticamente o mesmo resultado. Veja como instalar aqui.

3 – Acabamento e construção

Ele possui uma construção de topo de linha. Lembra inclusive aparelhos mais caros com o OnePlus 5. Tem um corpo inteiro de metal escovado super resistente. A tela possui ainda cantos 2,5D que melhora a resistência.

5 – Preço

O principal é o preço. Custando atualmente cerca de R$ 700 (somente usando o nosso link e cupom) ele é uma excelente opção de compra. Ao comprar o Xiaomi Mi A1 você terá um aparelho com bom hardware e desempenho. Confiram os links abaixo:

Comprar o Xiaomi Mi A1

Xiaomi Mi A1 Vermelho por R$ 719 (CUPOM: hsa1gb )

Xiaomi Mi A1 Preto por R$ 739

Xiaomi Mi A1 Dourado por R$ 739 

 

materia completa
Android, Samsung

Galaxy A8 deve custar R$ 2.400, o modelo mais barato

A Samsung enviou um convite a imprensa – embora tenha deixado o tekimobile de fora – essa semana sobre o…

A Samsung enviou um convite a imprensa – embora tenha deixado o tekimobile de fora – essa semana sobre o lançamento de um novo modelo da linha Galaxy, possivelmente será a chegada do Galaxy A8, novo intermediário premium da empresa. Mas o preço poderá assustar.

O evento acontecerá dia 6 de Fevereiro, mas ainda não se sabe exatamente quando ele começará a ser vendido, mas já podemos falar em preços. No Brasil, o Galaxy A8 vai custar R$ 2.399, enquanto sua versão maior, a A8+, sairá por R$ 2.699. Ambos aparecem em versões com 4 GB de memória RAM e 64 GB para armazenamento, além de suporte a dois chips ou uso do slot adicional para a instalação de cartões SD. São três opções de cores: preta, dourada e ametista.

Isso mesmo, ele vai chegar custando quase o preço do Galaxy S8, claramente a melhor opção. Quanto as diferenças do modelo comum do Plus está em dois aspectos. Enquanto o A8 chega ao Brasil com tela de 5,6 polegadas e bateria de 3.000 mAh, o A8+, como o nome já indica, é um pouco mais robusto, trazendo um display de 6 polegadas e célula de 3.500 mAh, garantindo um pouco mais de autonomia aos usuários.

Samsung Galaxy A8 e A8+ chegam ao Brasil em três opções de cores

No restante, a parte visual permanece com as mesmas características dos lançamentos internacionais. Apesar de serem classificados pela Samsung como parte de seu segmento intermediário, as configurações do A8 e A8+ herdam características de seus companheiros do topo de linha, como a tela com proporção 18,5:9 e resolução de 2960 x 1440 pixels. Ficou de fora, entretanto, a curvatura, que faz com que as imagens apareçam até as laterais do dispositivo.

Na parte de dentro está um processador Exynos octacore, com dois núcleos rodando a 2,2 GHz e os outros seis a 1,6 GHz. Outros recursos de celulares mais potentes também aparecem aqui, como a dupla de câmeras na parte da frente, com 16 MP e 8 MP, respectivamente, além de um sensor traseiro de 16 megapixels. Todas as câmeras contam com sistema de otimização para imagens noturnas, além de tecnologia de correção automática de pixels, que garante a melhor qualidade possível para as fotos e vídeos produzidos com o aparelho.

Leiam também:  Unboxing LG G Pad 7.0, um tablet BBB

Além disso, como não poderia deixar de ser, teremos o suporte aos óculos de realidade virtual GearVR e também a possibilidade de recarga rápida da bateria, com o carregador apropriado. As vendas, como sempre, devem começar por meio da loja oficial da Samsung e varejistas parceiros.

A fabricante, entretanto, ainda não confirmou a chegada oficial dos modelos por aqui. Mas se você se interessou pelos Galaxy A8 e A8+, já pode ir separando suas economias, pois o lançamento está mais próximo do que nunca.

Via Canaltech

materia completa
Android, Motorola

Moto G6, X5 e Z3 Play: Confiram as fotos dos supostos aparelhos

Ontem vazaram vários renders da nova geração de smartphones da Motorola apareceram. São fotos do Moto G6, X5 e Z3 Play. Todos…

Ontem vazaram vários renders da nova geração de smartphones da Motorola apareceram. São fotos do Moto G6, X5 e Z3 Play. Todos com grandes e importantes mudanças. Também foram mostrados alguns novos Moto Mods. Vejam abaixo os detalhes.

Moto G6, Moto G6 e Mot G6 Play

Seguindo a tradição, será dois Moto G6 já conhecidos; Moto G6 e Moto G6 Plus. Porém a diferença é que nos renders aparecem um novo modelo chamado Moto G6 Play.

As diferenças entre o Moto G6 e o Moto G6 Plus se destacam pelo processador. Mas há mais mudanças entre eles. Seguindo o novo padrão de design trazido pelo Moto X4, os novos Moto G6 terão traseiras de vidro com o mesmo efeito 3D. Além da câmera salda com duas lentes.

O Moo G6 deve contar com um display de 5.7″ Full HD (com aspecto 18:9 e bordas reduzidas), sensor dual-cam na parte traseira (12 + 5MP), módulo de 16MP na frontal, e leitor de impressões digitais na parte frontal.

O processador provavelmente será um Snapdragon 430, e terá 3 ou 4GB de RAM com 32 ou 64GB de armazenamento interno. A bateria seria de 300 mAh segundo os rumores.

Já o Moto G6 Plus teríamos como principal diferença o processador. Nesse caso seria um Snapdragon 630. Além disso a tela seria maior com 5,93″, bem como a bateria, que seria de 3200 mAh.

Por último teríamos o novo Moto G6 Play. Esse teria as mudanças mais interessantes. Primeiro seria a mudança do leitor de impressões digitais, que ao invés de ser na frente como acontece tradicionalmente com a linha G, ele seria movido para a traseira. O que parece bem legal é que um pedido que os fãs da Motorola fazem há anos e usar um leitor de impressões digitais embutido no famoso circulo com o logo da empresa.

Leiam também:  É oficial: Galaxy Nexus virá para o Brasil

A bateria também seria maior com 4000 mAh.

Moto X5

O mais aguardado seria mesmo o Moto X5, sucessor do não tão aclamado Moto X4. Por mais que o Moto X4 não tenha feito tanto sucesso, pelo menos no Brasil, ele trouxe vida nova a linha Motorola com diferenciais como corpo em vidro e proteção contra água e poeira.

O Moto X5 manteria o design de vidro curvo e também a proteção contra água. Mas o mais interessante seria mesmo o seu formato sem bordas. Seguindo a moda de outras marcas. Notem que ele praticamente não possui bordas laterais e na parte de cima e de baixo são menores, lembra bastante o design do Galaxy S8.

Mas o mais “interessante” seria que na parte de cima o Moto X5 tem o famigerado entalhe, ou dente, que o iPhone X trouxe. Nele estaria acomodando a câmera frontal e possível sensores faciais para desbloqueio da tela. Pelo menos a solução da Motorola é colocar uma faixa preta por trás das notificações, disfarçando a existência do dente.

Conforme o banner, há um tal de “Moto Smar Ai”. Esse novo sistema de inteligência artificial deve ser o responsável por administrar o reconhecimento facial. Notem que não um leitor de impressões digitais no aparelho, mostrando que a Motorola deve estar apostando suas fichas no reconhecimento facial.

 

Há ainda uma espécie de barra de rolagem ou botão virtual abaixo do doc de aplicativos. Ele também pode estar ligado a inteligência artificial presente no aparelho.

Moto Z3 Play

Por último temos o Moto Z3 Play, que chegaria como o intermediário premium da Motorola e compatível com os Moto Snaps. Assim como o Moto X5, ele adota o padrão sem bordas, e parece que também usará reconhecimento facial como modo de desbloqueio, afinal não sinais de um leitor de impressões digitais. Uma segunda opção seria um leitor por debaixo da tela, já que a Vivo já apresentou a tecnologia na CES.

O Z3 Pay provavelmente teria um processador Snapdragon 660. Sua tela seria de 6 polegadas com aspecto 18:9 e resolução full HD+. Vale notar que mesmo aumentando a tela, o fato de reduzir as bordas laterais e superiores, além do novo aspecto 18:9, daria perfeitamente para manter o tamanho do Z2 Play e, consequentemente, a compatibilidade com os Moto Snaps atuais.

Leiam também:  Galaxy S7 vs Xperia XZ, teste de velocidade

Como de praxe, deve ter também uma versão mais potente do Moto Z3 play, talvez um Moto Z3 Force. Esse teria a mesma tela, porém com maior resolução e processador Snapdragon 845.

Moto Mod 5G

O Moto Z3 chegaria ao mercado trazendo consigo outro importante lançamento para a linha de Moto Mods; trata-se de um módulo capaz de conectar-se à redes 5g.

Levando em consideração a quantidade de vazamentos, é quase certo afirmar que conheceremos esses dispositivos (e talvez muito mais) durante a MWC 2018.

Fonte: Slashleaks, com informações do Tudocelular

materia completa
Android, Samsung

Galaxy S9 e S9+ chegam dia 26 de Fevereiro. Fonte é segura.

A Samsung ja havia confirmado que provavelment o Galaxy S9 e S9+ seriam lançados na MWC 2018 que acontece em Barcelona em…

A Samsung ja havia confirmado que provavelment o Galaxy S9 e S9+ seriam lançados na MWC 2018 que acontece em Barcelona em Fevereiro. De acordo com Evan Blass, famoso por vazar informações no Twitter, de fato os novos tops de linha da Samsung chegam mês que vem.

Leiam também: Review do Galaxy S8

De acordo com o Twitter de Evan Blass, o Galaxy S9 e Galaxy S9+ serão apresentados dia 26 de Fevereiro. Depois, a partir do dia 16 de Março, começará a distribuição global dos aparelhos. As pré-orders começarão antes, no dia primeiro de Março. Vale lembrar que no ano passado, em 2017, o Galaxy S8 atrasou um mês em relação aos anos anteriores.

A Samsung irá usar seu recém lançado chipset Exynos 9810 no Galaxy S9. Além disso, a versão americana, como sempre acontece, deverá vir com o Snapdragon 845. Não haverá alteração na relação de aspecto 18.5:9 do Infinity Display. Outra coisa que, para a felicidade de muitos, é que o conector P2 para fones de ouvido 3,5 mm continua firme e forte. Além disso é certeza que a Samsung finalmente vai abrir mão de colocar o sensor ao lado da câmera, será abaixo como em outros fabricantes. Abaixo uma foto com a suposta caixa do aparelho que vazou.

galaxy s9 caixa

A respeito das câmeras, o Galaxy S9 terá apenas um sensor. Já o Galaxy S9 Plus virá com um sensor duplo. O sensor principal será um de 12 MP como os anteriores. A novidade fica por conta da abertura que será variável entre f/1.5 e f/2.4.

Leiam também:  É oficial: Galaxy Nexus virá para o Brasil

galaxy s9 galaxy s9 plus

Isso é uma novidade já apresentada pela Samsung, assim diz o Ars Technica. A Samsung já fez um sensor semelhante em um aparelho chamado W2018. No que isso ajuda? Em condições de pouca iluminação, ele usa a abertura f/1,5 para capturar o máximo possível de luz; em cenas mais brilhantes, ele usa a abertura f/2,4 para uma profundidade de campo maior. Atualmente, com a abertura f/1,6 fixa, o Galaxy S8 costuma estourar na luz em ambientes muito iluminados, já que entra muita luz no sensor pois é bem aberto.

Como você pode ver no GIF abaixo, um conjunto de lâminas de abertura abre e fecha à medida que os níveis de luz mudam, semelhante a uma câmera DSLR:

Ao que parece, o Galaxy S9 Plus terá uma qualidade ainda melhor que o Galaxy Note 8, um dos melhores no mundo atualmente.

Com informações: Tecnoblog, Twitter

materia completa