Ford apresenta o utilitário KA+ Active no mercado europeu seguindo linhas do Freestyle nacional

Ford Ka+ Active

A Ford Europa apresentou o novo modelo utilitário compacto, o Ka+ Active, que será lançado no final do ano naquele continente. O futuro hatch compacto aventureiro segue o mesmo conceito do Ka FreeStyle, revelado na semana passada no Brasil e na Índia, com estilo esportivo e proposta de uso diferenciada.

Fiel ao conceito do Freestyle, o Ka+ Active também oferece maior altura de vão livre do solo e suspensão especialmente calibrada às características do produto – adaptações feitas para melhor atender às condições das estradas e preferências dos consumidores europeus.

Ford Ka+ Active motor

A oferta de motores da linha europeia também é única. Pela primeira vez, além do novo motor 1.2 Ti-VCT a gasolina de três cilindros, com 70 cv ou 85 cv, a linha terá uma versão a diesel, o 1.5 TDCi de 95 cv, com tecnologia Auto Start-Stop e adaptado aos novos padrões de emissões.

A lista de equipamentos do novo carro inclui central multimídia SYNC 3, sensor de chuva, faróis com acendimento automático, para-brisa aquecido, controle eletrônico de estabilidade, assistente de partida em rampa, botão de partida e monitoramento de pressão dos pneus.

Ford Ka+ Active sync

O Ka+ Active é o segundo modelo de uma nova linha de crossovers da Ford, ao lado do Fiesta Active que também chega ao mercado europeu no final do ano, com estilo inspirado em SUVs. O novo Ka foi lançado na Europa no final de 2016, como Ka+, e já vendeu mais de 61 mil unidades.

“No ano passado, pela primeira vez a Ford vendeu mais de 200 mil SUVs na Europa e a demanda por SUVs e crossovers nunca foi tão alta. Este ano, o novo Ka+ Active tornará mais acessível para os consumidores ter um crossover, com design atraente e tecnologias sofisticadas só vistas em carros muito mais caros”, diz Roelant de Waard, vice-presidente de Marketing, Vendas e Serviço da Ford Europa.

Mais informações sobre os equipamentos e configuração do Ka Freestyle que chega ao mercado sul-americano no começo do segundo semestre serão divulgadas pela Ford nos próximos meses.