iPhone XR tem previsão de 35% de queda nas vendas

Segundo relatório, o novo iPhone XR poderá vender 35% menos que a previsão da Apple para o começo do ano que vem, impactando no lucro da empresa.
Por
12 de novembro de 2018 às 12h18 - Atualização: 12/11/2018
iphone XR

Embora, tecnicamente, o novo iPhone XR seja a melhor opção dentro os recém lançados, a previsão para 2019 de vendas não está boa. Segundo um relatório, as vendas irão diminuir 35%.

Hoje pela manhã (12/11), o analista da Tianfeng International, Guo Minghao anunciou a previsão de vendas do iPhone XR. Segundo ele, entre o quarto trimestre de 2018 e o terceiro trimestre de 2019, as previsões do iPhone XR haviam sido estimadas em 100 milhões de unidades.

Porém, agora os precisões de vendas foram diminuidas para 70 milhões de unidades. Segundo ele, o alto valor do aparelho somado a concorrentes como o Huawei Mate 20, são as principais razões.

Leiam mais | iPhones XS Max chega a custa R$ 10.000 no Brasil

Dividindo em trimestres, como Guo Minghao mencionou, a previsão de vendas no quarto trimestre de 2018 caiu cerca de 35%, indo para 30 a 35 milhões de unidades. Mas no primeiro trimestre de 2019, a queda será menor: 25%.

Mas comparando com as previções de vendas totais de todos os modelos iPhones, dá par notar o quão expressível é esse número. A previsão aponta para vendas em torno de 52 milhões de iPhones no primeiro trimestre de 2018.

Já em 2019, a previsão aponta que as vendas irão cair entre 15% a 20%,  algo entre 5,5 para 6 milhões. Ou seja, as vendas do iPhone XR irão cair mais que dos irmãos.

Embora o aumento nas remessas da série iPhone XS (que são mais caros) e o preço mais baixo dos modelos antigos, possam compensar algumas a queda de vendas iPhone XR, mesmo assim não esconde o impacto final das vendas que ele causará.

Via GizChina

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta