Início » Noticias » iPhone 11 Pro e Pro Max possuem câmera tripla e novo processador Apple A13 Bionic

iPhone 11 Pro e Pro Max possuem câmera tripla e novo processador Apple A13 Bionic

Novo iPhone 11 Pro mantém praticamente o mesmo hardwares, com a adição de uma terceira câmera e o novo chip Bionic A13.
Por
10 de setembro de 2019 às 4h05 - Atualização: 10/09/2019

A Apple anunciou a próxima geração de iPhones: o iPhone 11 Pro e o iPhone 11 Pro Max, que virá nos tamanhos de 5,8 e 6,5 polegadas, respectivamente. Apesar da mudança de número, os dois telefones parecem muito semelhantes aos do iPhone XS e iPhone XS Max do ano passado, mas com uma grande mudança: uma terceira câmera traseira.

Junto com os dois carros-chefe, há também um terceiro novo iPhone, o iPhone 11, o sucessor do iPhone XR, sobre o qual você pode ler aqui.

Segundo o CEO da Apple, Tim Cook, o iPhone 11 Pro foi projetado para clientes que desejam a “tecnologia mais sofisticada”. Há um novo acabamento fosco na traseira e novas cores: verde, cinza espacial, prata e ouro. A Apple também atualizou a tela para um novo painel OLED, que chega a 1.200 nits. A Apple o chama de tela Super Retina XDR.

iphone 11 pro frente

Assim como o iPhone 11 padrão, os novos modelos do iPhone 11 Pro terão o chip A13 Bionic da Apple, que segundo a Apple possui a CPU e a GPU mais rápidas de todos os tempos em um smartphone, superando o Snapdragon 855 da Qualcomm. A Apple também elogiou o desempenho aprimorado do aprendizado de máquina (“a melhor plataforma de aprendizado de máquina em um smartphone”, diz ele).

A Apple diz que, com todas as melhorias em eficiência, o iPhone 11 Pro de 5,8 polegadas deve ter uma autonomia de bateria de até 4 horas melhor e o iPhone 11 Pro Max maior terá uma bateria de até 5 horas melhor.

iPhone 11 Pro agora tem 3 câmeras, a nova é ultrawide de 120 graus

O novo sistema de câmeras é uma das atualizações de destaque (literalmente, pois domina a parte traseira do telefone em um gigantesco módulo de câmera quadrada, feio que dói).

A nova lente é essa lente ultrawide de 12 megapixels com um campo de visão de 120 graus, juntando-se às câmeras grande angular e telefoto que a Apple ofereceu no ano passado.

Ambos modelos, iPhone 11 Pro quanto o iPhone 11 Pro Max possuem sensores triplos de 12 megapixels, sendo uma principal com estabilização óptica de imagem e lente de abertura f/1,8, uma ultrawide com campo de visão de 120 graus (f/2,4) e uma telefoto com lente de abertura f/2,0, maior que a f/2,4 do iPhone XS.

A Apple também está atualizando seu software de câmera e parece finalmente estar alcançando os mais poderosos com Android, como a linha Pixel, adicionando um modo noturno dedicado para melhorar o desempenho em pouca iluminação. O recurso é ativado automaticamente quando você está gravando no escuro, e a breve demonstração exibida no palco parecia bastante impressionante.

A Apple também mostrou um novo recurso de fotografia computacional chamado “Deep Fusion”, que captura nove imagens: quatro curtas, quatro secundárias e uma longa exposição. Em seguida, ele usa o aprendizado de máquina para combinar essas imagens em uma única imagem final que promete mais detalhes e menos ruído, por meio do que o vice-presidente da Apple, Phil Schiller, chama de “ciência da loucura da fotografia computacional”. No entanto, não estará presente nos novos telefones no lançamento. ; A Apple diz que virá em uma atualização de software futura.

Apple, novamente, promete super melhora no desempenho da bateria

Também no novos iPhone 11 Pro há um carregador de 18 W mais rápido que (finalmente) será incluído na caixa dos celulares.

O iPhone 11 Pro começará em US $ 999, e o iPhone 11 Pro Max começará em US $ 1199. A pré-venda começará na sexta-feira, 13 de setembro e serão entregues uma semana depois no dia 20 de setembro.

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta