Google Pixel 3 XL e Pixel 3 não tem nada do que já não sabíamos

O Google anunciou hoje os novos Pixel 3 e Pixel 3 Xl, que são exatamente tudo o que já havia vazado antes. Basicamente cresceram a tela e manteram o tamanho.

Ambos compartilham o mesmo hardware praticamente. Possuem um processador Snapdragon 845, 4GB de RAM e opções com 64 e 128 GB de armazenamento.

No quesito câmeras também são idênticos. Possuem na traseira um sensor de 12 MP c abertura de f/1.8 e flash dual. A novidade, seguindo a tendência, são os recursos de inteligência artificial. Aqui chamado de Top Shot.

O recurso mais comentado, que não é tão novo, é que a camera salva alguns frames antes e depois do usuário tirar a foto, gerando assim mais opções de escolhas de ângulos para o usuário.

Já na frente, ambos possuem sensores duplo. Um deles tem ângulo de visão padrão, de 75º. O outro é voltado para incluir mais pessoas em uma selfie e tem ângulo de 120º.

Pixel 3 XL e seu enorme notch

OPixel 3 XL, infelizmente, veio com o enorme notch na tela, assim com todos temiam. A tela agora é de 6,3 polegadas contra 6 da versão anterior. A resolução é 2K.

A bateria é de 3.430 mAh. Ambos possuem suporte a carragamento sem fio. Inclusive, o Google lançou sua própria base de carregamento sem fio chamada Pixel Stand. Porém ela carrada apenas com 10W, bem menos que os 18W fornecido via cabo.

Pixel 3, o mais bonito

Já no Pixel 3 a tela aumentou de 5 para 5,5 polegadas. Mas sem notch. Graças às bordas finas ele manteve o mesmo tamanho da versão anterior.

A bateria é pequena com apenas 2.915 mAh e também é compatível com a base de carregamento.

Ambos rodam de fábrica o Android 9 Pi e possuem certificação IP68.

Como não possuem entrada P2, o Google fornece um fone de ouvido USB-C com botões dedicados ao Google Assistente.

Preço e disponibilidade

Disponíveis em branco, preto e rosa, os celulares já estão em pré-venda nos Estados Unidos. A versão de 64 GB do Pixel 3 sai por US$ 799 e a do Pixel 3 XL, US$ 899. Para ambos, a versão de 128 GB de armazenamento custa US$ 100 a mais.

André Luiz

Depois de mais de uma década trabalhando com eletrônica e telecom, resolveu escrever sobre tudo o que já havia aprendido. Assim nasceu o Tekimobile.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *