Galaxy S9 e S10 agora também rodam Linux no DeX; saiba como

Para rodar o sistema é necessário ter o Android 9 Pie instalado, as 5 versões do Galaxy S10, S9 e Tab S5e são compatíveis.
Por
29 de abril de 2019 às 11h06 - Atualização: 29/04/2019
linux-on-dex

O modo DeX da Samsung ganhou uma versão interessante de software. Agora é possível rodar o sistema Linux no DeX, a versão alternativa já estava em desenvolvimento desde o ano passado. Mas a novidade é que agora o Galaxy S9, S10 e o Tab S5e suportam a versão. 

Vale lembrar que tanto o Galaxy S10 quanto o Galaxy S9 já possuem suporte ao DeX, inclusive sem precisar de um dock, bastando conectar o cabo em um monitor (somente no Android 9 Pie). Para quem ainda não conhece, essa é a experiência de ter uma área de trabalho de PC em ação quando você conecta um monitor externo. Apesar da aparência, no entanto, ainda é o Android que está rodando.

Já nessa nova versão, ao invés do Android, um sistema Linux é rodado. Assim, ele oferece uma experiência mais próxima de PC, pelo menos para aqueles que usam o Linux.

É praticamente executada uma versão completa do Ubuntu desenvolvida para a plataforma ARM. Ele é destinado principalmente aos desenvolvedores, para que eles possam criar softwares para smartphones diretamente dos seus próprios, mas até mesmo usuários avançados de Linux que não são desenvolvedores estão achando muito útil.

O Linux on DeX foi inicialmente disponibilizado apenas em dois dispositivos, o Galaxy Note 9 e o Galaxy Tab S4. Uma atualização do aplicativo Linux on DeX revela que todos os quatro modelos do Galaxy S10 e o Galaxy S9 e S9 + são agora suportados. A exigência é estar rodando o Android 9 Pie.

Um pouco mais surpreendente é que o Galaxy Tab S5e também está incluído nessa lista. A Samsung tinha requisitos muito altos para o Linux no DeX, mas parece que o processador intermediário Qualcomm Snapdragon 675 do tablet e 4GB de RAM é o suficiente para isso.

Se você tem um destes e está interessado, é só entrar neste link e seguir as instruções para instalação. Vale lembrar que alguns destes aparelhos contam com 4 GB de RAM e a quantidade não é confortável para um sistema operacional completo de computador.

Via Slashgear

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta