Início » Noticias » EUA avisa Brasil sobre Huawei e 5G em visita de Bolsonaro

EUA avisa Brasil sobre Huawei e 5G em visita de Bolsonaro

Por
19 de março de 2019 às 11h43 - Atualização: 19/03/2019
huawei-destaque

Que a Huawei está voltando a vender smartphones do Brasil já sabemos, mas o que preocupa os EUA são os equipamentos de telecomunicações fabricados por ela. Os EUA acusam a Huawei de espionar o país, e agora, “advertiram” o Brasil sobre a Huawei em conversa com a cometiva de Bolsanora que está visitando o país.

Segundo a Reuters, autoridades norte-americanas mostraram preocupação com os acordos comerciais do Brasil com a Huawei, já que há 20 anos que a empresa é uma das maiores parceiras e fornecedoras das operadoras brasileiras.

Uso do 5G para espionagem

Eles advertiram sobre suas preocupações com a suposta espionagem que a Huawei Technologies faz para seu país China, através de seus equipamentos de telecom. Uma graduada autoridade disse que a conversa foi em Washington, onde o presidente Jair Bolsonaro e sua comitiva estão durante essa semana.

Huawei espionagem brasil eua

EUA teme implantação do 5G usando equipamentos da empresa chinesa. Eles tem dito constantemente que todo o aparato tecnológico desenvolvido pela Huawei para implantação do 5G pode ser utlizado para espionar o Ocidente. A China tem negado as acusações.

A questão das redes 5G é um dos diversos temas de segurança, defesa e comércio na agenda do primeiro encontro do presidente Jair Bolsonaro com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, marcado para hoje (19).

“Eles tiveram toda uma série de diferentes reuniões aqui onde ouviram de nossos especialistas em segurança, questões de inteligência e outras áreas para entender as consequências dessas redes e o quão francamente perigosas, e como elas podem minar sua segurança internamente”, disse a autoridade sob condição de anonimato.

Brasil não vai se meter na briga de EUA e China

Segundo uma autoridade brasileira, embora os EUA esteja pressionando o Brasil, o governo não irá comprar a briga das duas potências. Não está prevista nenhum atitude para impedir a Huawei de operar plenamente no Brasil.

Fonte: Terra

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta