Notícias Dicas Marcas Reviews Contato
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
dicas
videos
tecnologias
noticia
servicos
empresa
analises

Início » Como converter uma TV em Smart TV gastando pouco

Como converter uma TV em Smart TV gastando pouco

Se você não tem e não quer gastar em uma Smart TV, vejam algumas opções de como você pode transformar sua TV comum em uma Smart TV.
Por | 22 de janeiro de 2020 às 11:03

Não tem como negar, estamos na era da internet e faz anos que a TV como conhecemos mudou. Atualmente, as Smart TVs dominam o mercado, restando poucas opções de TVs comuns nas lojas. Mas se você tem um TV comum, será que fica obrigado a não ter o benefícios que as Smarts TVs possuem? Não, não precisa. Nesse artigo, iremos ensinar como converter uma TV comum em uma Smart TV de diversos modos, com diferentes equipamentos. E o melhor: sem gastar muito.

Leiam também:

Se você já tem uma Smart TV e procura modos de espelhar a tela do seu celular ou computador nela. Temos um artigo que ensina 6 modos de fazer isso.

O que é uma Smart TV?

Uma Smart TV é uma TV com recursos online. Isso significa que o usuário pode, principalmente, contar com recursos de streaming para assistir vídeos no Youtube, Netflix, Globoplay; ou recursos de áudio como o Spotify, Deezer e outros.

Além disso, as Smart TVs possibilitam o usuário acessar sites da internet, baixar aplicativos e outras coisas que a internet possibilita.

Como transformar sua TV em uma Smart TV

Set-top-box ou TV Box

Os Set-top-box ou também chamadas de TV Box, são pequenos aparelhos que você conecta a entrada HDMI de sua TV e as transformam em um Smart TV. Eles possuem conexão com a internet e, geralmente, um sistema compatíveis com aplicativos, streaming e etc. Ou seja, faz tudo o que uma Smart TV faz, e até mais um pouco.

Nota: Nesse artigo, iremos nos concentrar nas opções para fazer a transformação e não nas funções de cada equipamento.

Abaixo segue a lista de equipamentos que sugerimos.

Chromecast – a partir de R$ 248

Ele talvez seja o mais “complicado” de se usar pois não possui um controle remoto. Ele é totalmente controlado pelo celular, graças a isso, ele pode dar um pouco de trabalho para pessoas que são mais aversas a tecnologia. Além disso, o fato de não ter um controle remoto, tira um pouco a cara dele de Smart TV.

Por outro lado, ele tem a vantagem de ser feito pelo Google e, graças a isso, possui uma compatibilidade perfeita com smartphones Android.

Existem 3 versões do Chromecast. A mais antiga e já obsoleta, parecia um Pendrive, o que dificultava a instalação em TV que ficam instaladas na parede. O segundo, ganhou um cabo flexível resolvendo o problema da parede, além disso possui uma conexão Wi-Fi melhor e um sistema mais rápido. Já a terceira versão, tem processamento melhor e suporte a vídeos em 4K, o que não havia na primeira e segunda geração.

Amazon Firestick – a partir de R$ 289

O Firestick da Amazon é bem semelhante ao Chromecast. A diferença é basicamente no sistema, onde a Amazon usa um Android modificado. Porém, além de fazer praticamente tudo o que o Chromecast faz, ele possui um controle remoto, o que deixa sua TV mais fácil e intuitiva de usar, como se fosse uma Smart TV de verdade.

O ponto negativo fica por conta do seu design de Pendrive que, se você tiver uma TV instalada na parede, irá precisar de um cabo extensor HDMI para fazer a instalação.

O Firestick tem suporte a praticamente todos os serviços de streaming atuais, como Netflix; Amazon Prime Video, Spotify, Youtube e outros.

Xiaomi Mi Box e outros com Android TV – a partir de R$ 400

A Android TV é um sistema que equipa boa parte das Smart TVs vendidas no Brasil, sendo assim, um set-top-box com esse sistema torna sua TV comum idêntica a uma Smart TV. É a melhor opção em nossa opinião.

Existem diversas marcas que fabricam set-top-box com o sistema Android TV. Talvez, a mais famosa, seja a Xiaomi Mi Box. Se trata de uma caixinha com um design bem sóbrio que conta com funções como entrada para Pendrive/HD, saída 4K (modelo MI Box S), memória RAM generosa e muito mais. Ela conta com um controle remoto bem completo que, inclusive, tem suporte a comandos de voz e “conversa” com o Google Assistente.

A Xiaomi Mi TV ainda conta com um Chromecast embutido, ou seja, tudo o que você leu acima sobre o Chromecast, vale para ela. O Android TV conta com a loja Play Store com uma vasta opção de aplicativos, ou seja, todos os serviços de streaming atuais são compatíveis com ela.

Existem diversos outros modelos mais baratos, inclusive por empresas brasileiras. Temos, por exemplo, um modelo da brasileira Elsys aqui na redação do Tekimobile. Funciona perfeitamente e sem travamentos.

Apple TV

A Apple TV é a TV Box oficial da Apple. Para quem está no ecossistema da Apple, ela é perfeita. Com compatibilidade total com outros equipamentos da maça, ela ainda conta com um design diferenciado, padrão Apple, e com um controle remoto bem completo.

Além disso, conta com todos os serviços de streaming atuais e ainda com o Apple TV+, novo serviço de streaming da Apple para competir com o Netflix.

Opções mais barata? Use seu notebook

Caso você não queira gastar dinheiro em mais um equipamento, há opções que você provavelmente tem em casa: seu notebook e smartphone.

Se você quer ter serviços de streaming na sua TV, basta conectar seu notebook pelo cabo HDMI. Claro, não é a melhor das experiências, mas se você tem um cabo longo, dá certo.

Agora, se você quer conectar seu smartphone, até dá, mas atualmente somente poucos smartphone conseguem isso. Abaixo uma lista dos modelos que são vendidos oficialmente no Brasil:

  • LG G7 (USB-C)
  • LG G8s ThinQ (USB-C)
  • Samsung Galaxy S8, S9 e S10 (USB-C)
  • Samsung Galaxy Note 8,
  • Note 9 e Note 10 (USB-C)
  • Huawei P30 Pro (USB-C)

Porque somente eles? Isso acontece porque somente o padrão USB-C tem compatibilidade com um cabo HDMI. Mesmo assim, você terá que comprar um adaptador de cabo USB-C para HDMI. Custa R$ 48 um modelo simples.

Antigamente, até que tinha alguns smartphones que usavam o padrão MHL na conexão USB normal, porém, essa tecnologia é obsoleta e não é mais usada.

Conclusão

Então é relativamente fácil conseguir converter uma TV convencional em uma Smart TV. Claro, existem outras opções além das citadas acima, mas nos focamos nas mais confiáveis e que as pessoas possuem fácil acesso. E você, tem alguma sugestão que você já usou?

ARTIGOS RELACIONADOS
LEIAM TAMBÉM
O que é Bluetooth e como funciona

O que é Bluetooth e como funciona

por Especial
Claro, você está familiarizado com a tecnologia Bluetooth. Você o usa para transferências de arquivos entre seu smartphone e seu ...
Leia Mais
O que é Wi-Fi e como ele funciona

O que é Wi-Fi e como ele funciona

por Especial
Onde quer que você vá, é provável que ouça o termo "Wi-Fi". Talvez seja o restaurante que afirma ter Wi-Fi ...
Leia Mais
O que é o Dia da toalha e do orgulho Nerd comemorado hoje?

O que é o Dia da toalha e do orgulho Nerd comemorado hoje?

por Especial
O Dia do orgulho Nerd, ou Dia do orgulho Geek, é um dia comemorado todo dia 25 de maio no mundo ...
Leia Mais
Quem é Marvin, o Androide Paranóide?

Quem é Marvin, o Androide Paranóide?

por Especial
Hoje, dia 25 de maio, é comemorado o dia do orgulho Nerd, e uma das maiores referências para a data, ...
Leia Mais
10 filmes novos para assistir agora no Amazon Prime Video

10 filmes novos para assistir agora no Amazon Prime Video

por Especial, Listas
Principal concorrente do Netflix, o Amazon Prime Video vem ganhando espaço no Brasil, principalmente pelo preço abaixo do concorrente. O ...
Leia Mais