Notícias Dicas Marcas Reviews Contato
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
dicas
videos
tecnologias
noticia
servicos
empresa
analises

Início » Noticias » Apple autoriza aplicativos contendo pornografia em sua loja

Apple autoriza aplicativos contendo pornografia em sua loja

Apple está autorizando, sem saber, aplicativos com pornografia e jogos de azar dentro da loja App Store, aberto para todos.
Por | 13 de fevereiro de 2019 às 12:11

O TechCrunch fez uma investigação e descobriu que a Apple autorizou dezenas de aplicativos que exibiam pornografia pesada e aplicativos de aposta com dinheiro real. Embora não proposital, mostrou incopetência na empresa na fiscalização da loja.

Os desenvolvedores usam algum tipo de aprovação legítima, camuflando o real objetivo dos aplicativos. Com isso evitam as proteções tradicionais da App Store, criadas para manter o iOS adequado para toda a família. Sem a supervisão adequada, eles conseguem operar esses aplicativos viciosos que são abertamente contra as políticas de conteúdo da Apple.

A falha consiste em utilizar o Developer Enterprise Program de forma fraudulenta. Nesse programa, desenvolvedores pedem certificados de acesso ao programa de desenvolvimento, com objetivo de criar aplicativos para empresas e de uso interno, não disponibilizados ao público.

Após receber o “Enterprise Certificate”, os desenvolvedores são autorizados a desenvolver um aplicativo legitimo para ser instalado em um dispositivo iOS. O problema é que desenvolvecores facilmente conseguem isso através de informações de empresas apenas fazendo buscas no Google, sem consentimento e ligação com elas.

Vários aplicativos com pornografia estão na App Store
Vários aplicativos com pornografia estão na App Store

Após usar essas informações em um formulário e o pagamento de uma taxa de US $ 299 à Apple, logo eles recebem uma ligação da Apple perguntando se eles tem autoridade legal para registrar a empresa, fornecer um número de ID comercial e se possuem um Mac atualizado. Isso mesmo: só perguntam e pronto, não investigam a veracidade das informações. Depois do óbvio sim, eles recebem um certificado.

Após desenvolver o programa, eles passam a divulgar os links dos aplicativos em sites de pornografia e jogos, apontando para dentro da loja, algo proibido no programa.

A situação mostra mais evidências de que a Apple tem negligenciado sua responsabilidade de policiar o programa Enterprise Certificate, levando a sua exploração para burlar as regras da App Store e as categorias proibidas. Para uma empresa cujo CEO, Tim Cook, frequentemente critica seus concorrentes pelo uso indevido de dados e enfatiza casos como o Cambridge Analytica do Facebook, a falha da Apple em bloquear esse tipo de pornografia e jogos de azar demonstra que ele primeiro, precisa fazer o seu dever de casa.

A Apple recentemente divulgou uma afirmação inflamada de que “o Facebook tem usado seus membros para distribuir um aplicativo de coleta de dados para os consumidores, o que é uma clara violação de seu acordo com a Apple.” Mas, enquanto isso, dezenas de aplicativos proibidos estavam disponíveis para download em sites obscuros de desenvolvedores.

Jogos de azar com dinheiro real, também estão presentes na loja
Jogos de azar com dinheiro real, também estão presentes na loja

Dado o número de aplicativos violadores de políticas que estão sendo distribuídos a não-funcionários usando registros para empresas não relacionadas a seus aplicativos, fica claro que a Apple precisa reforçar a supervisão do programa de certificação corporativa.

O TechCrunch encontrou milhares de sites que oferecem downloads de aplicativos corporativos, e investiganado apenas uma amostra, já foram achadas várias violações.

Listas de aplicativos com pornografia e jogos de azar na Apple Store

Usando um iPhone padrão, sem jailbreak, eles conseguiram fazer o download e verificar 12 aplicativos de pornografia e 12 jogos de azar com dinheiro real na última semana que abusavam do sistema de certificado empresarial da Apple para oferecer aplicativos proibidos na App Store. Esses aplicativos ofereciam pornografia pesada por streaming ou pay-per-view, ou permitiam que os usuários depositassem, ganhassem e retirassem dinheiro real – tudo isso seria proibido se os aplicativos fossem distribuídos pela App Store.

Via techcrunch

Mais sobre: Apple,
ARTIGOS RELACIONADOS
LEIAM TAMBÉM
O que é o Dia da toalha e do orgulho Nerd comemorado hoje?

O que é o Dia da toalha e do orgulho Nerd comemorado hoje?

por Especial
O Dia do orgulho Nerd, ou Dia do orgulho Geek, é um dia comemorado todo dia 25 de maio no mundo ...
Leia Mais
Quem é Marvin, o Androide Paranóide?

Quem é Marvin, o Androide Paranóide?

por Especial
Hoje, dia 25 de maio, é comemorado o dia do orgulho Nerd, e uma das maiores referências para a data, ...
Leia Mais
10 filmes novos para assistir agora no Amazon Prime Video

10 filmes novos para assistir agora no Amazon Prime Video

por Especial, Listas
Principal concorrente do Netflix, o Amazon Prime Video vem ganhando espaço no Brasil, principalmente pelo preço abaixo do concorrente. O ...
Leia Mais
WhatsApp: como fazer chamada de vídeo com 50 pessoas! (qualquer um)

WhatsApp: como fazer chamada de vídeo com 50 pessoas! (qualquer um)

por Dicas de tecnologia
Ontem o Facebook anunciou o Messenger Room, que é capaz de fazer uma chamada de vídeo com até 50 pessoas ...
Leia Mais
Messenger Room com 50 pessoas

Facebook Messenger Rooms: 10 recursos que você deve conhecer do rival do Zoom

por Especial, Listas
Embora o Zoom tenha tomado medidas eficazes  para resolver problemas de segurança e privacidade, muitos usuários estão procurando alternativas para ...
Leia Mais