Apple Arcade é o serviço de assinatura de games da empresa

Por
25 de março de 2019 às 4h45 - Atualização: 25/03/2019
apple arcade

A Apple hoje mostrou que quer compensar as quedas nas vendas dos iPhones de diversas formas. Além do cartão de crédito Apple Card, ela apresentou hoje o Apple Arcade, um serviço de assinatura de games.

Um dos diferenciais do serviço, segundo a marca, são os mais de 100 jogos exclusivos — alguns deles de criadores como Hironobu Sakaguchi, Ken Wong, Will Wright e outros. Segundo a companhia, os usuários vão poder experimentar todos os títulos disponíveis na plataforma e não haverá limite de uso, anúncios, compras adicionais ou rastreamento.

Apple sonha alto com o Apple Arcade

A expectativa é que o Apple Arcade chegue a mais de 1 bilhão de gamers de todas as idades. A companhia informa que não está apenas escolhendo quais jogos vão participar do serviço, mas de fato tem contribuído nos custos com desenvolvimento e trabalhado em parceria com os criadores.

Apple ArcadeImagem/reprodução: Apple

Phil Schiller, vice-president global de marketing sênior, informa que o serviço é multiplataforma: serve para dispositivos móveis (iPhones e iPads), desktops (Macs) e até para a TV da sala (Apple TV). “A App Store é a maior e mais bem-sucedida plataforma de games e vamos levá-la ainda mais longe.”

A companhia promete um portfólio exclusivo, que não vai estar disponível em nenhum outro lugar. Os títulos poderão ser jogados offline e muitos vão permitir o uso de controles. O lançamento deve acontecer no último trimestre do ano em mais de 150 países (a marca não divulgou quais). Não foi anunciada uma previsão de preço da assinatura.

Via Apple

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta