Nunca confie em um app para não engravidar!

Aplicativo Natural Cycle que é usado como método contraceptivo está sendo investigado na Suécia pois parece não ser totalmente seguro
Por
16 de janeiro de 2018 às 12h47 - Atualização: 17/03/2019
natural cycles

Aplicativos para acompanhar o ciclo mestrual são comuns, mas confiar somente nele como método contraceptivo não é uma boa ideia, mas há mulheres que fazem isso. O app Natural Cycles, faz isso, mostra os dias férteis para que a mulher consiga evitar a gravidez. Mas, depois que 37 usuárias do Natural Cycles ficaram grávidas na Suécia, as autoridades locais decidiram investigar a ferramenta.

Segundo os desenvolvedores do Natural Cycles, ele funciona tão bem quanto uma pílula anticocepcional. Desde que a mulher o use de maneira correta, eles garantem 99% de eficácia. É o único app que em alguns países da Europa possui certificado como contraceptivo. O funcionamento dele é simples: ele analisa a temperatura corporal da mulher para dizer em qual altura do período fértil ela está e marca como verdes os dias em que é possível ter relações sexuais e não engravidar. Para isso, a mulher precisa fazer medições com um termômetro basal todos os dias pela manhã.

natural-cycles-verde

Mas as coisas não estão tão boas para os desenvolvedores. Um hospital em Estocolmo, na Suécia, avisou ao governo sueco que, entre setembro e dezembro de 2017, 37 de 668 mulheres que buscaram orientação médica para aborto no hospital declararam que usavam o Natural Cycles como método contraceptivo para prevenir a gravidez.

Agora o governo sueco quer descobrir se, de fato, o aplicativo pode ser considerado como um contraceptivo de verdade. Notem que são 37 casos declarados por apenas um hospital em um país. O app é usado em vários países. Agora as autoridades irão fazer uma investigação em outros hospitais atrás de mais casos.

Um representante da desenvolvedora Natural Cycles diz que nenhum método contraceptivo é 100% seguro, alegando assim que realmente pode haver casos que o app “nao funcionou” com determiadas pacientes. Além disso eles também alegam que o número de casos obviamente irá aumentar, já que será proporcional a quantidade de mulheres que usam o app. Atualmente a base de usuários passa de 600 mil. O serviço custa US$ 49,99 anuais ou US$ 6,90 mensais.

Vale notar que esse app é diferente da maioria dos outros encontrados para Android e iOS, que não passam de uma versão digital da famosa tabelinha, o Natural Cycles usa a temperatura corporal para dar resultados.

Via Engadget, com informações do Tecnoblog

Matérias relacionadas

Deixe uma resposta