Início » Dicas de tecnologia » 8 passos para deixar o WhatsApp a prova de curiosos (e criminosos)

8 passos para deixar o WhatsApp a prova de curiosos (e criminosos)

O WhatsApp oferece algumas ferramentas para garantir sua privacidade. Saiba como ativá-las para deixar suas conversas mais seguras.
bloqueio do Whatsapp, aplicativos mais usados

O WhatsApp é usado diariamente por milhões de pessoas. Por esse motivo, o mensageiro entrega alguns recursos de segurança para garantir sua privacidade, indo muito além da criptografia ponta-a-ponta, que não pode ser desativada. Saiba como evitar que seu WhatsApp seja invadido, hackeado ou algo parecido.

Para quem não conhece, essa tecnologia garante que suas mensagens só possam ser lidas no celular do destinatário, evitando qualquer tipo de interceptação. O mesmo acontece em chamadas de voz e vídeo. Então, para deixar seu WhatsApp mais seguro, confira todas as dicas abaixo.

1 – Verifique a criptografia

Como foi dito anteriormente, a criptografia ponta-a-ponta é ativada por padrão em todas as conversas, mas se você deseja verificar novamente antes de enviar informações sigilosas, como números de um cartão de crédito, por exemplo, saiba como.

Código de segurança do WhatsApp.

Para verificar a criptografia, entre na conversa desejada, toque no nome do contato e depois vá em “Criptografia”. O WhatsApp vai mostrar o seu código de segurança (imagem acima), que contém 40 dígitos. É possível verificá-lo manualmente comparando todos os dígitos ou escaneando o QR Code da outra pessoa tocando no botão “Escanear código”.

2 – Ative as notificações de segurança

Sempre que um novo celular ou computador acessa uma conversa existente do WhatsApp, o mensageiro cria um novo código de segurança para os dois smartphones, e você pode pedir que uma notificação seja enviada toda vez que ele for alterado.

As notificações de segurança do WhatsApp são muito importantes. Ative-as.

Dessa forma, você poderá verificar a criptografia em um aplicativo diferente, garantindo uma segurança ainda maior. Para ativar as notificações de segurança, entre no WhatsApp > Configurações > Conta > Segurança > Mostrar notificações de segurança.

3 – Ative a verificação em duas etapas

É essencial deixar esse recurso do WhatsApp ativado. A verificação em duas etapas implementa uma senha que vai ser pedida periodicamente, além de garantir que o seus dados não sejam acessados por outra pessoa, pois sempre que um novo celular tentar cadastrar seu número, a senha será solicitada.

Verificação em duas etapas, um dos métodos para deixar seu WhatsApp mais seguro.

Para ativar a verificação em duas etapas, acesse o WhatsApp > Configurações > Conta > Verificação em duas etapas > Ativar. Siga as instruções do aplicativo criando um código de seis dígitos e adicionando um e-mail válido caso esqueça a senha.

4 – Proteja o WhatsApp com senha

Existem muitos aplicativos que permitem criar uma senha para impedir que outras pessoas entrem nas suas redes sociais ou acesse documentos em seu celular. Por muito tempo, o WhatsApp não ofereceu esse recurso, felizmente isso mudou.

O WhatsApp agora permite desbloquear com a impressão digital, garantindo mais segurança.

Na versão beta do mensageiro, já é possível bloquear o aplicativo através da impressão digital. Então, se você faz parte do programa de testes, acesse WhatsApp > Conta > Privacidade > Bloqueio por impressão digital. O bloqueio pode ser acionado após 1 ou 30 minutos, mas se você preferir, selecione a opção “Imediatamente”.

5 – Desative os backups do WhatsApp

A criptografia de ponta-a-ponta é muito importante para a sua segurança, mas ela deixa de funcionar em backups. Então, qualquer mensagem enviada para os servidores do Google Drive ou iCloud, perdem esse recurso, deixando de serem criptografadas.

A criptografia de ponta-a-ponta não se aplica aos backups, então desative-os.

Portanto, se você leva sua privacidade a sério, desative os backups. No iPhone vá em WhatsApp > Configurações > Conversas > Backup > Cópia de Segurança Automática > Off. No Android acesse WhatsApp > Configurações > Conversas > Backup de conversas > Fazer backup no Google Drive > Nunca.

6 – Cuidado com golpes

Diariamente, milhões de pessoas caem em golpes no WhatsApp. Os mais famosos prometem versões premium do mensageiro ou insistem que a sua conta vai expirar se não realizar algum tipo de pagamento.

Para não fazer parte dessa lista, tome muito cuidado e tenha em mente que o WhatsApp não é pago e nunca vai ser, algo que a própria rede social deixou bem claro. Além disso, existem aqueles golpes que usam nomes de empresas famosas para dizer que você ganhou algum produto, pedindo para se cadastrar no site. Jamais faça isso, pois suas informações podem ser roubadas.

7 – Use o aplicativo oficial do WhatsApp Web

O WhatsApp Web é muito útil para quem passa horas na frente do computador e não quer (ou não pode) ficar olhando para o celular. No entanto, pesquisas apontam que ele pode ser facilmente manipulado, sendo essa uma das maiores ameaças.

Então, a melhor solução é usar o aplicativo oficial do WhatsApp Web, que pode ser baixado no Windows ou no macOS.

8 – Proteja sua privacidade

Embora o WhatsApp não seja o aplicativo mais privado, ele entrega alguns recursos de segurança. Acessando Configurações > Conta > Privacidade, todas as opções serão mostradas.

Sua privacidade pode ser controlando desativando essas funções.

Por lá, você poderá controlar quem pode ver seu Visto por último, Foto do perfil, Recado, Status ou Localização em tempo real. Também é possível desativar a Confirmação de leitura. Sendo assim, escolha o que for melhor para você.

Mais sobre: whatsapp,
Matérias relacionadas

Deixe uma resposta