Web Analytics

Zenfone 4 chega ao Brasil não tão barato como no passado

Zenfone 4 chega ao Brasil não tão barato como no passado

A quarta geração de smartphones da ASUS, a Zenfone, chegou oficialmente hoje ao mercado brasileiro. O anúncio oficial aconteceu aqui em São Paulo em um evento pomposo oferecido pela empresa. O Zenfone 4, carro chefe da linha, evolui bastante, mas há um custo. Diferente dos modelos anteriores, o Zenfone 4 chega com preços partindo de R$ 1.899 até R$ 2.499. Entenda o porque abaixo.

Zenfone 4 – Câmera marcante

O Zenfone 4 trás uma câmera de responsabilidade. Não é atoa que o slogan da campanha foi “We Love Photo”. Assim como grandes smartphones tops de linha, ele trás um sensor da Sony de última geração com abertura f/1.8. Além de uma outra lente, dessa vez uma grande angular, não de zoom. A câmera dupla é auxiliada pelo processador de imagem Qualcomm Spectra 160, que garante fazer registros de forma mais rápida, além de entregar um foco e zoom mais suave. Este processador de imagens também garante melhor equilíbrio de cores e ajuda a reduzir a quantidade de ruídos em ambientes com pouca luz.

zenfone 4 camera

O Zenfone 4 oferece uma unidade de câmera de pixel duplo com 24 milhões de sensores de detecção de foco – dois para cada um de seus pixels – fornece detecção de fase ultra-rápida de 0,03 segundos e foco automático de rastreamento de assunto para garantir fotos nítidas e claras. Juntamente com a estabilização de imagem óptica e eletrônica para fotos e vídeos sem borrão, um sensor de correção de cores para cores verdadeiras e uma verdadeira gravação de vídeo UHD de 4K.

A câmera do Zenfone 4 possui uma estabilização de imagem de quatro eixos que permite que a lente se mova em oito direções para compensar o movimento da mão e do movimento, mantendo a lente constante para garantir fotos nítidas e sem borrão.

Para gravação de vídeo, o Zenfone 4 emprega estabilização eletrônica de imagem (EIS) que usa algoritmos de software inteligentes para detectar batidas e movimentos bruscos ao longo de três eixos e automaticamente aplicar compensações para garantir vídeos suaves e estáveis.

Tudo isso descrito acima é o que tá no papel, sabemos que impressiona, mas daremos muito detalhes dele no nosso review que está no forno.

Zenfone 4 – Boa construção

zenfone 4 - 2

O Zenfone 4 trás basicamente o mesmo estilo de construção do Zenfone 3, composto de metal e vidro. Fabricado com uma única peça de alumínio sólido usando tecnologia avançada de moldagem nanométrica (NMT), O Zenfone 4 é um smartphone bem fino e leve. A ASUS diz que ele é “incrivelmente forte”. Tomara, já que o Zenfone 3 é conhecido por sua fragilidade.

Zenfone 4 – Tela

Ele traz uma tela de 5,5 polegadas cercada por uma moldura não muito estreira, mas também nada exagerado. Podemos dizer que ficou mais estreito que o Zenfone 3. A diferença é que diferente do Zenfone 3, o sensor de impressões digitais agora é na frente, atendendo uma pesquisa de mercado realizada pela ASUS.

Um ponto interessante na sua traseira de vidro é o modoque as câmeras são integradas ao chassi e fica abaixo do vidro. Isso significa que não há nenhum calombo na parte traseira. Tanto a frente quanto a traseira do Zenfone 4 são revestidas em vidro Corning Gorilla curvo 2.5D.

Zenfone 4 – Hardware

Quando lançado mundialmente, ele foi lançado em 4 versões. Infelizmente, a versão mais parruda do mercado equipado com processador Snapdragon 835 não veio ao Brasil. A ASUS disse que ficaria muito caro. Concordo em partes. Obviamente ele ficaria caro, o problema seria competir com concorrentes de marcas mais tradicionais no Brasil que possuem aparelhos com hardware equivalente e o mesmo preço.

zenfone 4 snapdragon 660

No Brasil desembarcaram 3 versões. Sendo a mais básica com Snapdragon 630 e 4 GB de RAM e a mais completa com Snapdragon 660 e 6 GB de memória. Ambas oferecem 64 GB de espaço interno com armazenamento expansível via microSD. A intermediário vem com Snapdragon 630 e 6 GB de RAM. Mas dai vem a questão do preço.

O Zenfone 4 chega ao mercado ainda hoje (3) nas opções preta, branca e verde por R$ 1.899 para o modelo com Snapdragon 630 e 4 GB de RAM, R$ 2.299 para a versão com 6 GB e R$ 2.499 para a versão com Snapdragon 660 e 6 GB de memória.

Esse último, o mais interessante achei bem caro. O Snapdragon 660 é equivalente em grande parte ao Snapdragon 820, top do ano passado. Porém mais economico. Por outro lado a GPU é inferior. A questão é que com esse preço dá para comprar aparelhos do ano passado mais potentes, com câmeras ligeiramente melhores e mais bonitos. Um exemplo? O Galaxy S7 Edge já é encontrado na faixa dos R$ 2 Mil. Para falar a verdade, já se acha até o S8 na faixa de preço do Zenfone 4. Há também o LG G6, que tem um hardware e design mais interessante nessa faixa. Emfim, vai valer a pena quando baixar de preço.

Comentários

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0