Xiaomi-Redmi-Note-4G-1

O incansável Pinguins Móveis descobriu em uma de suas rondas no site de homologação da ANATEL que finalmente o primeiro Xiamomu está chegando ao Brasil. O modelo em questão é o Redmi Note, o fablet da gigante chinesa que há tempos vem incomodando as gigantes e já ocupa o terceiro lugar no mundo. O modelo em questão é o Remi Note, o fablet da Xiaomi que vem vendendo muito bem na China. Ele possui uma tela de 5.5 polegadas, processador quad-core e, segundo a homologação, terá suporte ao 4G brasileiro.

Xiaomi-Redmi-Note-4G-1

O Redmi Note se trata de um aparelho com hardware intermediário. Abaixo um resumo de suas especificações:

  • Tela de 5.5 polegadas com resolução de 720 x 1280 pixels (267 ppi)
  • Processador Snapdragon 400 quad-core de 1.6 GHz
  • GPU Adreno 305
  • 2GB de RAM
  • 8GB de armazenamento interno
  • Slot para cartão de memória de até 32GB
  • Conectividade LTE
  • Câmera traseira de 13 megapixels com estabilização digital e flash LED
  • Câmera frontal de 5 megapixels
  • Bateria de 3200 mAh
  • 154 x 78.7 x 9.5 mm
  • 189 gramas

Apesar do processador intermediário, usados em modelos como o Moto G, ele tem alguns destaques como a tela de IPS e sua câmera que tem abertura f/2.2. A câmera frontal também não decepciona e tem 5 Megapixels de resolução. Abaixo algumas fotos reais do aparelho que constam na documentação.

Anatel-homologa-Redmi-Note-4G1

Na parte de sistema, ele roda a famosa ROM MIUI 5, muito usada por quem gosta de modificar o Android. A versão usada como base é o Android 4.4 Kitkat. Vale lembrar que a Xiaomi tem licença para usar os serviços do Google, ou seja, ele vem com o Play Services instalado e você terá acesso a todos os apps nativos do Google sem problema algum. Vale lembrar que a MIUI desde os primordios, quando o Android era muito feio, se baseia no iOS. Ela nem tem um menu de aplicativos, é tudo na tela como no iOS. Quanto a atualizações, o brasileiro Hugo Barra que é vice-presidente global da empresa e ex-funcionário do Google, disse que ele será atualizado só não há uma data especifica.

Hugo já tinha adiantado que a Xiaomi chegaria ao Brasil em meados de 2015, isso significa que embora o aparelho já tenha sido homologado ainda teremos alguns meses até o Redmi Note chegar nas prateleiras. Um detalhe é que a Xiaomi é famosa e cresceu muito justamente pelo seu preço abaixo dos grandes fabricantes e esperá-se que isso se repita no Brasil. O preço do Redmi Note na loja da empresa está custando algo em torno de R$ 480, obviamente sem contas os impostos que ele terá quando ser vendido aqui. Provavelmente ele deve ficar na faixa dos 1000 Reais, que não é um preço ruim para o que ele oferece e ainda com suporte a 4G, mas não é exatamente algum diferente do mercado como é o Asus Zenfone 5.

Via Gizmodo

Sem comentários

Deixe uma resposta