Real Time Analytics
Xiaomi

Xiaomi Mi A1 – Unboxing e primeiras impressões

Confiram o unboxing e nossas primeiras impressões do Xiaomi Mi A1 que vem rodando o sistema Android One, o Android puro igual do Google Pixel

O Xiaomi Mi A1 é um smartphone intermediário da Xiaomi que vem com uma grata surpresa: ele faz parte do programa Android One, ou seja, ele roda o Android puro assim como o Google Pixel. Como foi feito em parceria com o Google, ele receberá  atualizações rápidos diretamente da empresa. Acompanhem acima nosso unboxing e primeiras impressões.

Embora rode o sistema para smartphones de entrada, pela primeira vez temos um aparelho com especificações razoáveis para esse propósito, mas continuando a proposta de ser barato. Na realidade, se trata do Xiaomi Mi 5X rodando uma versão do Android One, que é um Android Stock, ao invés da famosa MIUI que normalmente equipa os aparelhos da marca.

xiaomi mi a1

Sendo assim, sua lista de especificações técnicas e visual externo permanecem os mesmos, o Snapdragon 625 em um corpo feito inteiramente em metal. Sua parte de trás talvez seja a mais animadora, contando com duas câmeras principais e, mais abaixo, um leitor de impressões digitais.

 Relembre as especificações técnicas do Xiaomi Mi 5X, que são as mesmas especificações técnicas do Xiaomi Mi A1.
  • Tela de 5,5 polegadas, ocupando 70.1% da parte frontal
  • Resolução Full HD (1920 x 1080 pixels), 403 pixels por polegada
  • 4 GB de RAM
  • 64 GB de memória para o armazenamento interno
  • Entrada para cartão microSD de até 128 GB
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 625 (MSM8953)
  • Processador de oito núcleos ARM Cortex-A53 rodando em até 2,0 GHz
  • Qualcomm Adreno 506 como placa gráfica
  • Câmera principal dupla de 12 MP (26 mm, f/2.2) + 12 MP (50mm, f/2.6)
  • Câmera frontal de 5 MP
  • Leitor de impressões digitais na parte traseira
  • Dimensões de 155.4 x 75.8 x 7.3 mm e peso de 165 gramas
  • Disponíveis nas cores: preta, dourada e ouro rosé
  • Bateria de 3.080 mAh
  • Android 7.1.2 Nougat (sem modificações) como sistema operacional
Leiam também:  Redmi 4, lançamento da Xiaomi traz 3 versões para todos os gostos

Android, Xiaomi

Xiaomi lança Redmi 5 e 5 Plus com tela sem bordas e baratinho

A Xiaomi anunciou a atualização de sua linha de smartphones de entrada Redmi. O Redmi 5 e Redmi 5 Plus…

A Xiaomi anunciou a atualização de sua linha de smartphones de entrada Redmi. O Redmi 5 e Redmi 5 Plus trazem como principal característica suas telas com padrão 18:9 e com pouquissimas bordas. Vejam abaixo detalhes sobre ambos.

Ambos aparelhos chegam equipados com o processador Snapadragon 450. A maior diferença entre ambos fica por conta do tamanho de suas telas, sendo o Redmi 5 com tela de 5,7 polegadas e o Redmi 5 Plus com 5,99 polegadas.

Xiaomi Redmi 5 – Especificações técnicas

redmi 5 2

  • Tela de 5,7 polegadas
  • Resolução HD+ (1440 x 720 pixels) com proporção 18:9
  • 2 GB ou 3 GB de RAM
  • 16 GB ou 32 GB de memória para o armazenamento interno
  • Entrada para cartão microSD
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 450
  • Processador de oito núcleos ARM Cortex-A53 rodando em até 1,8 GHz
  • Qualcomm Adreno 506 como placa gráfica
  • Câmera principal de 12 MP (abertura de f/2.2 e pixels de 1.25 µm)
  • Câmera frontal de 5 MP (Smart Beauty 5.0 e gravação Full HD a 30 fps)
  • Leitor de impressões digitais na parte de trás
  • Dimensões de 151,8 x 72,8 x 7,7 milímetros e peso de 157 gramas
  • Dual SIM híbrido, porta microUSB e entrada padrão de fones de ouvido (P2)
  • Conectividade 4G LTE, Wi-Fi 802.11 b/g/n, GPS e Bluetooth 4.2
  • Bateria de 3.300 mAh
  • Android 7.1 Nougat sob a interface Xiaomi MIUI 9 como sistema operacional

Xiaomi Redmi 5 Plus – Especificações técnicas

redmi 5 plus

  • Tela de 5,99 polegadas
  • Resolução Full HD+ (2160 x 1080ram pixels) com proporção 18:9
  • 3 GB ou 4 GB de RAM
  • 32 GB ou 64 GB de memória para o armazenamento interno
  • Entrada para cartão microSD
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 625
  • Processador de oito núcleos Kryo 280 rodando em até 2,0 GHz
  • Qualcomm Adreno 506 como placa gráfica
  • Câmera principal de 12 MP (abertura de f/2.2 e pixels de 1.25 µm)
  • Câmera frontal de 5 MP (Smart Beauty 5.0 e gravação Full HD a 30 fps)
  • Leitor de impressões digitais na parte de trás
  • Dimensões de 158,8 x 75,45 x 8,05 milímetros e peso de 179,5 gramas
  • Dual SIM híbrido, porta microUSB e entrada padrão de fones de ouvido (P2)
  • Conectividade 4G LTE, Wi-Fi 802.11 b/g/n, GPS e Bluetooth 4.2
  • Bateria de 4.000 mAh
  • Android 7.1 Nougat sob a interface Xiaomi MIUI 9 como sistema operacional
Leiam também:  Xiaomi lança Redmi 5 e 5 Plus com tela sem bordas e baratinho

Como de costume, a maior característica desses aparelhos são seus preços, como podem ver logo abaixo. Obviamente são preços convertidos sem levar em conta os impostos que teriam se vendidos no Brasil, coisa que nunca acotencerá. Tanto o Redmi 5 quanto o Redmi 5 Plus estarão disponíveis para a compra a partir do dia 12 de dezembro. Inicialmente, ambos os modelos estão limitados ao solo chinês, mas devem chegar à Índia conforme o tempo.

Redmi 5 e Redmi 5 Plus, preços

  • Xiaomi Redmi 5 | 2 GB de RAM | 16 GB de memória — 799 Yuan, cerca de R$ 390*
  • Xiaomi Redmi 5 | 3 GB de RAM | 32 GB de memória — 899 Yuan, cerca de R$ 439*
  • Xiaomi Redmi 5 Plus | 3 GB de RAM | 32 GB de memória — 999 Yuan, cerca de R$ 490*
  • Xiaomi Redmi 5 Plus | 4 GB de RAM | 64 GB de memória — 1.299 Yuan, cerca de R$ 635*

materia completa
Comparativos, OnePlus, Xiaomi

OnePlus 5 vs Xiaomi Mi6 – Quem será o melhor chinês?

Quem será que leva a melhor? OnePlus 5 ou Xiaomi Mi6. Confiram nesse segundo comparativo qual o melhor smartphone chinês…

Quem será que leva a melhor? OnePlus 5 ou Xiaomi Mi6. Confiram nesse segundo comparativo qual o melhor smartphone chinês para se comprar atualmente. O primeiro já fizemos, foi comparando a câmera de ambos. Abaixo um resumo de suas especificações

OnePlus 5 – Especificações técnicas

  • Tela AMOLED óptica de 5,5 polegadas (73% da parte frontal), protegida pelo Corning Gorilla Glass 5
  • Resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) , 401 pixels por polegada
  • 6 GB | 8 GB de RAM (LPDDR4X)
  • 64 GB ou 128 GB de memória para o armazenamento interno
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 835
  • Processador de oito núcleos Kryo 280 rodando em até 2,45 GHz
  • Qualcomm Adreno 540 como placa gráfica
  • Câmera principal dupla de 20 MP, f/2.6 + 16 MP, f/1.7
  • Câmera frontal de 16 MP
  • Leitor de impressões digitais no botão home
  • Dual-SIM
  • LED RGB para notificações
  • Dimensões de 152.7 x 74.7 x 7.25 mm e peso de 153 gramas
  • Bateria de 3.300 mAh com carregamento ultrarrápido
  • Android 7.1.1 Nougat sob a interface Oxygen como sistema operacional

Xiaomi Mi6 – Especificações técnicas

  • Display Full HD de 5,1 polegadas (1920 x 1080)
  • Processador Snapdragon 835 2,4GHz
  • Memória RAM de 6 GB
  • Armazenamento interno de 64/128 GB
  • Câmera principal de 12 MP (4000 x 3000p), com vídeo em 4K (3840 x 2160p) + 12 MP (4032 x 3016p), com autofoco, detecção de face, flash e OIS
  • Câmera frontal de 8MP (3840 x 2160p) com vídeo em 4K (3840 x 2160p)
  • Acelerômetro
  • Barômetro
  • Bluetooth
  • GPS
  • Giroscópio
  • Sistema NFC
  • Pedômetro
  • Wi-Fi
  • Android 7.1.1, modificado com MIUI
  • Cores: branco, preto, prata, azul
  • Tamanho: 145.17 x 70.49 x 7.45mm

Leiam também:  Xiaomi lança Redmi Pro por menos de R$ 1 Mil
materia completa
Android, Xiaomi

Xiaomi Mi Mix 2 se esgota em 58 segundos, sucesso absoluto

Enquanto toda a midia especializada está voltada para o iPhone 8, a Xiaomi está feliz da vida pois o Xiaomi…

Enquanto toda a midia especializada está voltada para o iPhone 8, a Xiaomi está feliz da vida pois o Xiaomi Mi Mix 2 tá fazendo um sucesso absurdo em vendas. Após abrir inscrição para vendas, mais de 1 milhão de pessoas se inscreveram, e as primeiras unidades se esgotaram em 58 segundos. Ententa abaixo.

A Xiaomi faz sempre o mesmo esquema em seus grandes lançamentos. Após encerrar os registros (1 milhão no caso), a empresa deu início a um flash Sale lá na China. Nesse momento é onde ela disponibiliza uma quantidade limitada de unidas para venda. Feito isso, todo o estoque disponibilizado do Mi Mix 2 esgotou-se em 58 segundos.

Mas vale ressaltar que a Xiaomi não divulgou a quantidade de Mi Mix2 disponibilizados. Além disso, normalmente nessa pré-venda oficial, a maioria é vendida para grandes lojistas, que rapidamente começam a comercializar em seus sites. Isso explica, por exemplo, porque normalmente as primeiras unidades vendidas em lojas como Gearbest ou BangGood, são todos com ROMs chinesas. De qualquer modo, são números impressionantes.

Leiam também:  Xiaomi Mi6 - Unboxing e primeiras impressões do monstrinho
materia completa
Android, Xiaomi

Xiaomi Mi Note 3, é lançado e sofre rebaixamento

Além de ter lançado seu flagship Xiaomi MI Mix 2, a empresa chinesa também anunciou o Xiaomi Mi Note 3. A…

Além de ter lançado seu flagship Xiaomi MI Mix 2, a empresa chinesa também anunciou o Xiaomi Mi Note 3. A atualização do aclamado Xiaomi Mi Note 2 sofreu uma série de downgrades, rebaixando a categoria. Estamos falando de um Mi 6 grande e capado. Saibam mais abaixo.

Xiaomi Mi Note 3 – Design e construção

O Mi Note 3 é apenas um bom intermediário, mais um no vasto catálogo da Xiaomi. A parte frontal não tem nada de novo, na realidade se trata de um Xiaomi Mi6 com tela maior nesse aspecto: bordas laterais reduzidas, área superior recheada de sensores (câmera de selfies, alto-falante de chamadas, e sensores de proximidade e luminosidade) e botão físico abaixo da tela, também servindo como um leitor biométrico. Que se for igual ao do Xiaomi Mi6, é muito rápido.

xiaomi mi note 3 mi 6

Na traseira temos um sistema de duas câmeras principais, algo que nem mesmo o Xiaomi Mi Mix 2 utiliza. Há um zoom óptico e outras funções capazes de melhorar a experiência geral ao capturar uma foto ou vídeo. Aparentemente são os mesmos sensores utilizados no Xiaomi Mi6.

mi note 3 camera

Xiaomi Mi Note 3 – Tela

A grande perda fica por conta da tela. Em relação ao Mi Note 2, ela perde identidade. A versão anterior possuia tela curva com laterais “edge” ao estilo Samsung. Mesmo claramente imitando a Coreana, era um diferencial frente a concorrência. Além disso era uma tela de AMOLED de excelente qualidade, agora uma comum de IPS. O tamanho era de 5,7 polegadas, agora de 5,5.

Xiaomi Mi Note 3  – Hardware

Aqui a mudança mais significativa, o que antes se tratava de um smartphone com especificações de top de linha, agora é de apenas um intermediário. A versão anterior trazia o Snapdragon 821, o mais potente da época, já o Xiaomi Mi Note 3 trás o Snapdragon 660; um excelente processador, mas um intermediário. Abaixo as especificações completas:

  • Tela IPS LCD de 5,5 polegadas, ocupando 73,8% da parte frontal
  • Resolução Full HD (1920 x 1080 pixels), 401 pixels por polegada
  • 6 GB de RAM
  • 64 GB ou 128 GB de memória para o armazenamento interno
  • Sem entrada para cartão microSD
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 660 (MSM8956 Plus)
  • Processador de núcleos Kryo 260 rodando em até 2,2 GHz
  • Qualcomm Adreno 512 como placa gráfica
  • Câmera principal dupla de 12 MP (27mm, f/1.8, OIS 4-axis) + 12 MP (52mm, f/2.6) zoom óptico de 2 vezes e LED duplo
  • Câmera frontal de 16 MP
  • Leitor de impressões digitais embutido no botão home (parte frontal)
  • Resistência a respingos d’água
  • Porta USB Tipo-C
  • Dimensões de 152.6 x 74 x 7.6 mm e peso de 163 gramas
  • Bateria de 3.500 mAh, suporte ao Qualcomm Quick Charge 3.0
  • Android 7.1 Nougat sob a interface MIUI 9 como sistema operacional
Leiam também:  Xiaomi lança Redmi 5 e 5 Plus com tela sem bordas e baratinho

Xiaomi Mi Note 3 – Preço e disponibilidade

Claro que com essa descida de categoria, o Mi Note 3 ficou mais barato comparando com a versão anterior, ficando bem mais acessível. Ele vira com várias versões e preços. Abaixo uma tabela feita pelo pessoal do Tudo Celular.

Xiaomi Mi Note 3 Yuan Real*
6 GB de RAM + 64 GB de memória interna (preto) RMB 2.499 R$ 1.185
6 GB de RAM + 128 GB de memória interna (preto) RMB 2.899 R$ 1.375
6 GB de RAM + 128 GB de memória interna (azul) RMB 2.999 R$ 1.425

Inicialmente, Xiaomi Mi Note 3 será vendido na China e na Índia, podendo ser expandido para mais países, conforme o investimento da empresa. Quem mora no Brasil, por outro lado, terá a única opção de importar uma unidade da Ásia, pagando o frete e os tributos nacionais.

materia completa