A Microsoft anunciou agora pouco o Windows 10, sistema que finalmente uniu todos os devices: computadores, tablets e smartphones. Cada aparelho irá rodar uma versão adaptativa do sistema, aproveitando o melhor de cada dispositivo. Para tablets e smartphones ele funcionará somente em processadores ARM e será o sucessor natural do atual Windows RT. A esperança da empresa é que a versão mobile do Windows 10 possa combinar os melhores elementos de ambas as plataformas e corrigir todos os erros que foram cometidos ao longo do tempo em versões anteriores.

windows-10-for-smartphones menu de configucacoes

Quem apresentou o novo sistema foi Joe Belfiore. Ele disse que a versão do Windows 10 Mobile foi feita para dispositivos abaixo de 8 polegadas, sendo que na apresentação ele usou um Lumia 1520. Esteticamente as mudanças foram poucas, mas no geral de bom gosto. Tudo ficou mais organizado, principalmente nas funções de configurações, ficando com a tela mais limpa, já na tela inicial, os tiles continuam lá e pouco mudou. A principal diferença fica por conta dos aplicativos recém instalados, onde agora aparecem no topo da tela.

Tela-inicial-do-Windows-10

Outra interessante mudança é o teclado. Agora ele pode ser dimensionado na tela, com isso dá para diminuir ele a hora que os usuário quiser, facilitando a digitação com uma mão só, o que ajuda muito em telas grandes dos fablets.

Teclado-flutuante-e-respostas-na-notificação-970x646

A Central de Ações também foi integrada com o PC e ganha mais de uma lista de ícones. As notificações de mensagens também tornaram-se mais completas, e os usuários poderão respondê-las mais rapidamente direto das notificações. A Microsoft está trazendo de volta também as capacidades de comutação que costumava ter no Windows Phone. Deste modo, você poderá alternar entre mensagens de SMS, Skype e outros aplicativos para enviar mensagens.

windows-10-for-smartphones notificacos

Os aplicativos também ganharam excelentes melhorias, e agora os mesmos apps que rodam em smartphones serão os mesmos que funcionarão em tablets.

O Windows 10 para smartphones e tablets estará disponível para os desenvolvedores em sua primeira build em fevereiro. O lançamento para o público final ainda não foi divulgado.

Sem comentários

Deixe uma resposta