Com a explosão do consumo de dados em redes móveis, o que vem causando um tremendo gargalo na rede 3G de todas as operadoras, a TIM busca usar tecnologia Wi-Fi para oferecer novo meio de conexão aos seus clientes e potencializar a experiência dos usuários de internet móvel. Atualmente ela já oferece o serviço Wi-Fi para clientes em vários aeroportos do país. Eu mesmo utilizo o serviço em Cumbica. Segundo a empresa, ela pretende expandir o serviço em localidades por todo o Brasil. A empresa escolhida para implementar toda a infraestrutura foi a PromonLogicalis . Abaixo o release enviado a imprensa.

 

Rio de Janeiro, 04 de junho de 2012A TIM acaba de escolher o fornecedor para a implementação de redes Wi-Fi em todo o Brasil. Em parceria com a fabricante de equipamentos Cisco, a PromonLogicalis, maior integradora independente de soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) da América Latina, será responsável por dar continuidade ao projeto TIM Wi-Fi, que prevê a instalação de 10.000 hotspots (ponto de acesso para conexão sem fio à internet) Wi-Fi em todo o Brasil até o final de 2012.

Com o crescimento do número de dispositivos conectados às redes das operadoras e o aumento do tráfego de dados, a rede Wi-Fi é uma alternativa eficiente e econômica à malha de 3G da TIM. Segundo a consultoria A.T. Kearney, o volume de dados móveis no Brasil deve crescer 53% entre 2012 e 2015. Um estudo recente da Cisco, Visual Networking Index, aponta que em 2016, mais da metade do tráfego da Internet no mundo será via Wi-Fi, e no Brasil 47% dos dados devem cruzar a rede Wi-Fi, o que exige das empresas de telefonia móvel investimentos na preparação da infraestrutura para suportar o aumento da demanda.

“A TIM vem realizando investimentos consistentes para potencializar cada vez mais a experiência do usuário com o uso de internet móvel em todo o Brasil. O objetivo do projeto é oferecer aos clientes mais um meio para conexão à web, de forma simples e em alta velocidade, explica Rafael Marquez, diretor de marketing da TIM/Intelig, ressaltando que a nova rede faz parte do plano de expansão de rede para a Copa do Mundo de 2014.

Para levar o Wi-Fi às localidades, a TIM utilizará as redes de fibra óptica da Intelig e da TIM Fiber, que possuem, respectivamente, 15 mil km (em todo o Brasil) e 5,5 mil km (São Paulo e Rio de Janeiro).

Julian Nakasone, diretor de soluções da PromonLogicalis, explica que a empresa tem apostado nessa tecnologia, investido na capacitação de pessoal e na formação de parcerias estratégicas, buscando encontrar soluções que atendam os objetivos das telcos. “O offload via Wi-Fi vem se consolidando como uma das principais formas de as operadoras oferecerem aos usuários velocidades maiores para aplicações de dados, especialmente em ambientes de alta concentração de pessoas, como aeroportos, estádios de futebol e shopping centers, sem a necessidade de altos investimentos em infraestrutura ou comprometer o desempenho do 3G ”, afirma o executivo.

No projeto para a TIM, a PromonLogicalis fornecerá os equipamentos Cisco, assim como prestará um conjunto de serviços profissionais, que envolvem consultoria técnica, implementação, suporte à operação e manutenção da infraestrutura.

A aposta da TIM em Wi-Fi começou no final do ano passado, quando foi implantada a rede de banda larga móvel em alta velocidade na Rocinha, maior favela do Brasil com mais de 150 mil habitantes. Atualmente, o serviço TIM Wi-Fi já está disponível nos principais aeroportos do País, 11 no total. A operadora planeja expandir essa iniciativa em outras áreas onde há grande concentração populacional e de tráfego 3G, como outras grandes comunidades, hotéis, universidades e estádios de futebol.

As redes Wi-Fi estarão disponíveis para clientes TIM que possuem planos de dados Infinity Web e Liberty Web. A operadora estuda abrir algumas áreas para livre acesso ao público em geral.

1 Comentário

Deixe uma resposta