Você realmente precisa deles?
Você realmente precisa deles?

Há muito tempo que sempre enfatizo aqui no Tekimobile que os testes de benchmarks não devem ser levados a sério. O problema é que tem pessoas levando em consideração o resultados deles ao ponto de serem decisivos na hora da compra. Vou repetir: o melhor teste é na prática. Leiam reviews, assistam vídeos, teste eles em loja, só assim dá para saber o que está comprando. Mas, será que os números que os aparelhos tops realmente fazem tanta diferença assim?

Você realmente precisa deles?
Você realmente precisa deles?

A corrida pelo melhor hardware está cada vez maior, falando de Android, essa corrida pelo “celular mais poderoso” passou em muito a evolução do Android e seus aplicativos. Quero dizer o seguinte: O hardware atualmente estão sub-utilizados, digo isso por experiência própria. Estou com o LG Optimus G Pro em testes, já fiquei com o S4 e também com o Note II, e digo o seguinte: todos os aplicativos que rodam neles, também rodam perfeitamente em um Galaxy S2 lite que tenho em casa, que é infinitamente “inferior” se analisado o hardware. Então pergunto novamente: Para que então um Galaxy Note III ou um Xperia Z1 se smartphones de 2 anos atrás, e custam 3x menos,  cumprem bem o papel?

Leiam também | Vale a pena trocar o Galaxy S3 pelo S4?

Essa igualdade na hora de rodar aplicativos só é vista na prática, pois se formos analisar os tais números que os testes de benchmarks mostram a diferença é gritante. Vejamos o caso do Antutu. Hoje o GSMArena postou um gráfico comparando vários aparelhos novos e tops noAntutu. Estavam lá o Xperia Z1, o Note III, o S4 dentre outros. Vejam abaixo o resultado:

antutu

O Galaxy Note III é o mais matador, refletindo o seu hardware, pois faz cerca de 35 mil pontos! Já o Xperia Z1 que tem praticamente o mesmo hardware faz “apenas”  25 mil pontos, atrás do S4 que é de uma geração anterior. O problema é o seguinte, o Antutu é tão instável que se você fazer o teste 3 vezes na sequência, verá resultados sempre diferentes e algumas vezes a diferença é absurda. Como confiar nisso?

Outra coisa, o Optimus G Pro é um baita smartphone com um excelente processador e ele é muito, mas muito rápido, porém no Antutu ele faz quase a metade de pontos do Galaxy Note 3. Como disse anteriormente, praticamente tudo o que o G Pro faz o S2 lite faz, eu testei, por isso tenho certa autoridade nessa afirmação. Sabe quantos pontos o S2 lite faz no Antutu? dificilmente passa de 12 mil, ou seja, 3X menos que os mais novos. Se os quad-cores S600 como o Optimus G e Galaxy S4 já possuem, vamos dizer, hardware subutilizado, será que os usuários precisam mesmo de um Galaxy Note III ou Xperia Z1? Dai alguns vão dizer, mas compensa comprar pois ele vai durar uns 2 anos e ainda ter um hardware de ponta, mas respondo com outra pergunta? Porque não comprar daqui há 2 anos então que vai estar muito mais barato?

Resumo da ópera: Não levem em consideração testes de benchmarks, por favor. Ainda mais sabendo que empresas como a Samsung manipulam resultados. Eu já praticamente aboli eles dos meus vídeos reviews. Vai trocar de celular? Primeiro analise o que você precisa, não vai comprar um smartphone de 2 mil reais para acessar Facebook e jogar Candy Crush, não jogue dinheiro fora. Faça o seguinte: teste, teste e teste. Não tem melhor jeito de escolher um celular, não só celular, mas absolutamente tudo na vida. Vamos juntos deixar o consumismo de lado?

11 Comentários

  1. Seu post é tão inútil quanto sua "sapiência" no assunto. Um conselho : vá estudar mais que você com certeza ganha muito mais !!!

    • Parabéns por ser comentário tão "construtivo". Criticar é fácil, mas quem é você para falar? Quais são os seus testes práticos? Quantos celulares você já testou? Acompanho o tekimobile há anos e já vi reviews de cerca de ou mais aparelhos. Então ele tem muito mais experiência que vc para falar do assunto. Ignorante.

    • Poderia criticar com argumentos validos afim de acrescentar algo de util, critica vazia nao acrescenta nada a um debate.

  2. penso exatamente como voce. gosto de veer oos testes onde se comparam varios smartphones no uso do dia a dia. eh muito importante a comparacao da velocidade em abrir aplicativos, carregar jogos pesados, etc. notei q os testes de benchmarks nao funcionam desde quando usava rons modificadas q faziam os resultados triplicarem, mas na pratica o aparelho continuava com dificuldades no dia a dia.

    • Que bom que entendeu Helio, infelizmente tem pessoas, como o do comentário acima, que ainda acham que números de benchmarks diz se um celular é mais rápido, ou não, do que outro. Abs.

      • André, comecei a acompanhar voces a pouco tempo. Cara falou tudo… o pessoal ainda nao parou pra pensar assim: um octa-core no telefone pra quê? é um celular… vai fazer ligação… na hora do vamos ver, a grande maioria corre pro pc ou tablet. Eu nem entro nesses testes. Troquei meu telefone hoje, o galaxy s parou de funcionar, estava em duvida entre o razr d3 e xperia l. Fui na loja e testei os dois. Fiquei com o razr d3, pois o que nesse momento pra mim sera mais interessante o uso de dois chip, e a camera para fotos, pois li que videos nao sao tao bons. Comprei online pois nas lojas esta caro… iria pegar um nexus, mas com rumor de um novo, nao vale mais a pena. Ano que vem pego uma mais top e de boa…

  3. Benchmark, numero de nucleos e por ai vai sao apenas jogadas de marketing principalmente no mundo android , coisas mais interessantes como garantia de atualizacao do SO , boa usuabilidade, skins com funcoes desnecessarias,autonomia real da bateria sao deixados em 2o plano.

  4. André Luiz, gosto muito do jeito racional referente ao consumismo abordado por você. É bom dar umas chacoalhadas na gurizada ai que gasta dinheiro a toa.

Deixe uma resposta