Quem achava que a Nvidia iria abandonar a briga na área de chips mobiles, se enganou. A empresa anunciou seu novo chip Tegra X1 juntamente com os computadores automotivos NVIDIA DRIVE. Se tratam de superchips, como ela enfatiza, que trazem qualidade para jogos em smartphones e tablets equivalentes a consoles de última geração.

O Tegra X1 é baseado na mesma arquitetura de GPU NVIDIA Maxwell™, lançada há apenas alguns meses para a placa de vídeo voltada para jogos de melhor desempenho do mundo, a GeForce® GTX 980. O Tegra X1 de 256 núcleos apresenta duas vezes o desempenho do seu antecessor, o Tegra K1, baseado na geração anterior da arquitetura Kepler™ e lançado na Consumer Electronics Show do ano passado.

tegra x1 2

Os processadores Tegra são desenvolvidos para produtos integrados, dispositivos móveis, computadores independentes e aplicativos automotivos. O Tegra X1 começará a aparecer nesses dispositivos no primeiro semestre do ano.

Ele também estará presente nos computadores automotivos NVIDIA DRIVE™ anunciados recentemente. DRIVE™ PX é uma plataforma computadorizada de piloto automático capaz de processar até 12 câmeras a bordo, proporcionando visão 360 graus dos arredores do veículo sem distorções, e recurso de estacionamento automático. DRIVE CX é uma completa plataforma de cockpit projetada para potencializar os gráficos avançados necessários no crescente número de telas de computador em carros, informação/entretenimento, displays de teto, espelhos digitais e entretenimento no banco traseiro.

tegra x1 3

“Vemos um futuro de carros, robôs e drones independentes que enxergam e aprendem, com uma inteligência além da imaginação”, disse Jen-Hsun Huang, cofundador e CEO da NVIDIA. “Eles possibilitarão maior segurança ao dirigir e nas cidades, veículos altamente eficazes e comodidades para todos nós”.

“Para alcançar esse sonho são necessários grandes avanços na computação visual e paralela. O superchip móvel Tegra X1, com sua capacidade de processamento de 1 teraflop, é um passo gigante para essa revolução.”

tegra x1 carro

Movido pela potência de computação gráfica excepcional da Maxwell, a 10a geração de arquitetura de GPU da NVIDIA, o Tegra X1 é o primeiro processador móvel com recursos que competem com supercomputadores e consoles de jogos.

Mais rápido do que o melhor supercomputador anterior

Na realidade, o Tegra X1 possui mais potência do que o supercomputador mais rápido de 15 anos atrás, o ASCI Red, que foi o primeiro sistema com capacidade teraflop do mundo. Operado durante uma década pelo Laboratório Nacional de Sandia (Sandia National Laboratory) do Departamento de Energia dos Estados Unidos, o ASCI Red ocupava 150 metros quadrados e consumia 500.000 watts de energia, com outros 500.000 watts necessários para resfriar o ambiente que ocupava. Em comparação, o Tegra X1 é do tamanho da unha do polegar e gasta cerca de 10 watts de energia.

Como os grandes gamers sabem, com o uso da GPU NVIDIA GeForce® GTX 980 a arquitetura Maxwell soluciona alguns dos desafios gráficos e de iluminação mais complexos da computação visual. Suas inovações incluem a iluminação global de voxel ou VXGI (Voxel Global Illumination) para luminosidade dinâmica em tempo real, e o antisserrilhamento de amostragem multiquadros ou MFAA (Multi-Frame Anti-Aliasing), para gráficos incrivelmente realistas nos jogos e nos aplicativos mais exigentes.

“O Tegra K1 restabeleceu as expectativas para o desempenho da computação GPU, depois de apenas um ano, o Tegra X1 disponibiliza duas vezes esse desempenho”, disse Linley Gwennap, fundador e principal analista do Grupo Linley. “Esse avanço técnico impressionante traz benefícios tanto para os gráficos 3D, especialmente nos dispositivos com telas de alta resolução, quanto para software GPGPU, que estão se tornando cada vez mais predominantes, especialmente nas aplicações automotivas.”

Especificações técnicas

O Tegra X1 suporta todos os principais padrões gráficos, incluindo Unreal Engine 4, DirectX 12, OpenGL 4.5, CUDA®, OpenGL ES 3.1 e o pacote de extensão Android, facilitando  aos desenvolvedores levarem os jogos de PC para os dispositivos móveis.

As especificações técnicas do Tegra X1 incluem:

  • GPU Maxwell com 256 núcleos
  • 8 núcleos de CPU (4x ARM Cortex A57 + 4x ARM Cortex A53)
  • Vídeo em 4K a 60 fps (H.265, H.264, VP9)
  • 1.3 gigapixel de processamento de câmera
  • Processo de 20nm

Sem comentários

Deixe uma resposta