Não é segredo que a Nokia domina o campo de qualidade fotográfica em smartphones há tempos. Porém a Sony – antes Sony Ericsson – esteve sempre na cola e as vezes conseguiu fazer aparelhos até melhores como o antigo Satio que rodava Symbian. Atualmente a Nokia possui os dois melhores câmera phones do mercado: o Lumia 920 e o descontinuado 808 Pureview. Mas a Sony novamente está preste a mostrar algo que possa ameaçar a Nokia. Surgiu o rumor de um novos smartphone da japonesa que teria uma câmera com sensor de 20 Megapixels e recheada de tecnologia fotográfica chamado Xperia i1.

sony-xperia-i1

A Sony já utiliza atualmente exclusividades como o sensor Exmor R que equipa os tops de linha do mercado, além disso o Xperia Z e Xperia ZQ possuem uma boa abertura de lente que faz muita diferença em fotos em ambientes com pouca iluminação.

O Xperia i1 também terá um hardware de respeito:

  • Tela de 5 polegadas full HD com Triluminos Display e X-Reality
  • Processador quad core de 2.3GHz Qualcomm S800 + Adreno 330 GPU
  • 2 Gb RAM
  • 32 Gb de armazenamento interno + SD Card
  • Câmera de 16.2 ou 20 Megapixel camera, com BIONZ chip for mobile. Sensor CMOS Exmor RS com abertura de 1/1.5”. Novo algoritmo de processamento de imagens, G Lens, flash de Xenon/Dual Led flash
  • S Master Walkman Mobile sound chip
  • Single or Double Twin Stereo Liquid Magnetic Speakers
  • 3000+ mAh battery
  • Glass + Metal body with Carbon Fibre
  • Android 4.2.2
  • IP57 certification

Esse sim seria um smartphone que valeria o “investimento”. Atualmente estou testando o Sony Xperia ZQ – vídeo review abaixo – e o aparelho é muito bom. O único problema, se é que pode ser chamado assim, é a câmera que embora boa não corresponde ao grande destaque que a Sony deu a ela.

2 Comentários

  1. Eu respeito a Sony como empresa de tecnologia, mas até agora ela não conseguiu me convencer nem com qualidade fotográfica dos smarts, nem com os smarts em si. Tá faltando alguma coisa pra esse sensor exmor ficar bom de verdade. Eles ainda não acertaram a mão no conjunto eu acho. Não é só um bom sensor, uma abertura grande, etc. Cada uma dessas partes tem que interagir hamonicamente também. É a harmonia das partes que faz o resultado final da foto ser bom.

    O Nokia N8 era um celular simples na época, quando comparado aos concorrentes, exceto pela variedade de recursos multimídia dentro do mesmo aparelho, mas o que fez a câmera dele fazer tanto sucesso foi mais do que um sensor de 12 megapixels. Foi o conjunto bem composto entre sensor e lente zeiss somados ao bom algorítmo de interpretação do hardware, produzindo fotos com bom balanço de brancos, nítidas etc. As lentes Zeiss nas câmeras da sony já não produzem um resultado tão satisfatório. Então o que eu percebo é que não são só valores. É a boa interação entre cada etapa que irá gerar a foto.

    Essa é minha visão, pelo menos.

    Abs.

Deixe uma resposta