Xperia X

Já não é segredo para ninguém que a crise econômica no Brasil afeta as empresas, principalmente as pequenas. Mas grandes empresas internacionais começam a rever seus negócios por aqui. Ontem, uma delas, foi a Sony. A empresa afirmou que está oficialmente deixando de produzir smartphones no Brasil, a mesma decisão que a gigante Xiaomi teve alguns meses atrás.

A explicação faz sentido e é fácil de entender. Em entrevista para o G1, Ana Pereci, diretora de marketing da empresa, disse que é mais fácil gerenciar a produção para o Brasil lá fora. O principal motivo seria a revogação da isenção de impostos para smartphones de até R$ 1,5 mi: “A lei do bem foi suspensa e só temos produtos acima de R$ 1,8 mil, então decidimos importar esses modelos”.

A Sony sempre praticou preços astronômicos, sempre acima da concorrência, agora sendo importados a tendência é aumentar ainda mais. Semana passada a empresa lançou no Brasil o Xperia XA e Xperia X, custando R$ 1,8 e R$ 3,8 respectivamente. Está na média de muitos smartphones por ai, porém o hardware deles não condiz com a realidade. O Xperia XA, por exemplo, tem hardware para competir com o Moto G4 mas custa R$ 500 a mais. Já o Xperia X, tem hardware de intermediário, mas custa mais que o Galaxy S7 por exemplo, que é muito mais smartphone.

Segundo Peretti, uma produção nacional faz com que a empresa reaja mais rapidamente às demandas do mercado local, podendo produzir mais ou menos smartphones de acordo com o volume de compras. Ao fabricar os produtos do outro lado do mundo, é mais difícil aumentar a oferta quando precisar. Ou seja, a situação tende a piorar. Uma pena.

Sem comentários

Deixe uma resposta