Depois de vários rumores, como esperado a Sony mostrou hoje ao mundo na CES seu mais novo smartphone: o Xperia Z1 Compact, é o tal de Xperia Z1 mini que todos esperavam. Ele pode ser sinônimo de sucesso já que a Sony manteve praticamente o mesmo hardware do seu top de linha Xperia Z1, porém com uma tela menor – e resolução também. O foco sem dúvidas é o iPhone. A Sony entrega um produto top de linha mas com uma tela menor, já que muita gente não se adapta as telas enormes de hoje, principalmente os amantes do iPhone.

Xperia Z1 compact

Como comentado anteriormente, ele é basicamente o Z1 menor. Ele possui uma tela de 4,3 polegadas com resolução HD de 720p, mais que suficiente para o tamanho da tela. O processador Snapdragon 800 quad-core de 2.2 GHz continua nele, além dos 2 GB de memória RAM, 16 GB de espaço interno e um slot para cartões microSD de até 64 GB. A bateria é de 2.300 mAh. Segundo a Sony, a bateria dele aguenta até 12 horas de reprodução de vídeo, acho que ela forçou um pouco. A câmera de 20.7 MP também está presente e esperá-se a mesma qualidade do Z1.

Além disso o Xperia Z1 Compact também é a prova d’água aguentando os mesmos 30 minutos de imersão em até um metro de água assim como o irmão mais velho, desde que não seja no mar, pois ele não é a prova de água salgada. Ele será vendido nas cores preta, branca, amarelo e rosa.

Eu sinceramente achei excelente a iniciativa da Sony. Por mais que gostemos de smartphones de 5 ou mais polegadas, que virou padrão hoje em dia, muita gente ainda prefere telas pequenas, principalmente mulheres. Além do mais, quem usa intensamente o celular reclama que as vezes é meio cansativo usar telas enormes com apenas uma mão – essa sempre foi a prioridade do falecido Jobs. Mas tudo vai depender do preço, sabemos que a Sony gosta de cobrar caro por seus produtos. O Xperia Z1 embora seja excelente, tem um preço bem salgado se comparado com a concorrência, mas justifica seu excelente acabamento.

Não foi revelado se ele chegará ao Brasil, mas eu aposto que sim.

3 Comentários

Deixe uma resposta