598px-Apollo_program_insignia

Se engana quem pensa que a Samsung só tem olhos para a sua linha Galaxy. Tudo bem que por motivos óbvios o Android é o carro chefe da empresa, mas ela continua a comercializar a linha Wave com o sistema Bada e também diz que continuará a produzir aparelhos com o sistema Windows Phone 7, atualmente carro chefe da rival Nokia. Executivos da Samsung Taiwan, comunicou que eles irão pular os lançamentos com o Windows phone Mango (7.5) e irão direto para a nova versão Windows Phone 8 chamada “Appolo”. Eles garantiram que irão lançar smartphones com o sistema em outubro.

Eles enfatizaram que não acharam o Mango tão atraente assim e que o Windows Phone 8 será bem melhor para seus smartphones. Os aparelhos já estão prontos e só estão esperando a disponibilidade do software da Microsoft. Em fevereiro Matt Brum, diretor de gerenciamento de produtos da Samsung, disse a empresa estava ansiosa para entregar aparelhos com Windows Phone 8. “Ainda estamos focados no Windows. Estamos comprometidos em oferecer seus produtos daqui para frente”, disse ele. “O 598px-Apollo_program_insigniaWindows Phone 8 está chegando no final do ano, e aumentará a capacidade da plataforma, e Samsung está procurando otimizar seus dispositivos para isso.”

A Samsung nos últimos anos se tornou a maior fabricante de smartphones no mundo, tendo ultrapassado recentemente a Apple. Além disso ela também foi a empresa que mais vendeu telefone celular no mundo todo ultrapassando a Nokia, tendo enviado cerca de 92 milhões de celulares contra 83 milhões da finlandesa.

Pode até parecer irônico, mas ao mesmo tempo que a Nokia pode voltar a ganhar o respeito do mundo ao usar o Windows Phone , ela pode transformar a Samsung novamente em seu concorrente direto. Explicando: se a Nokia começar a fazer muito sucesso com seus Windows Phones (sucesso = vendas = $$$$) obviamente a Samsung vai começar a enxergar o sistema com uma mais uma boa oportunidade de negócio (não só ela como os outros fabricantes). E vamos ser sinceros, em uma disputa com de mercado com a Samsung a Nokia tem grandes chances de perder, afinal ela já perdeu uma vez para a coreana.

Só fico imaginando a situação: enquanto a Nokia lança 2 Lumias por semestre a Samsung lançará 2 Omnia por semana.

8 Comentários

  1. a melhor frase do ano
    "Só fico imaginando a situação: enquanto a Nokia
    lança 2 Lumias por semestre a Samsung lançará
    2 Omnia por semana."

  2. Mas a Nokia tá vendendo muito bem seus lumias na Europa, e já é a líder de vendas do Windows Phone.

    Ela fez a escolha certa indo para Windows Phone.

  3. É lógico que ela é líder de vendas do WP!! O carro chefe da Samsung é o Android (Ainda bem) e pra ela o WP é só um complemento que se der certo passará a dividir espaço com o Android. Já pra Nokia, ela aposta todas as suas fichas nesse sistema. Essa é uma maneira da Samsung "comer" uma boa fatia do "bolo comercial" que era pra ser da Nokia, ou seja, ela está ganhando dos dois lados. E ainda tem mais…se a Apple abrisse seu sistema pra outras fabricantes (coisa que não vai acontecer) a Samsung seria a primeira a lançar um Smart com esse sistema. Já imaginou um GSIV com iOS…seria até engraçado!!! rsrs

  4. Que venham os devices com OS WP a um preço justo….espero que a coreana o consiga…..o WP é uma boa opçao ao mais do mesmo android.

  5. Justamente por apostar tudo no windows phone os aparelhos com windows da Nokia serão os melhores rodando o sistema, ela demora mais pra lançar seus aparelhos pois são muito mais caprichosos, basta olhar para o nokia lumia 800, e se alguém tem reclamações sobre o tamanho da tela, vem aí o Lumia 900 com tela de 4.3" tenho um samsung focus com windows phone e sei q nao é necessário para o sistema um processadores multicore superpotentes para ser muito mais rápido que o android, o focus tem 1ghz de processador e 512 de ram e roda lisinho, mesmo se as outras fabricantes utilizarem o windows phone os aparelhos da nokia sempre terão algo a mais pois são os maiores parceiros da microsoft além de serem super caprichosos com suas criações.

Deixe uma resposta