Real Time Analytics
Samsung

Tudo que sobe desce: Lucros da Samsung caem 74%, culpa dos chineses!

A lei da gravitação universal de Newton é explicitamente clara: Tudo que desce, tem que cair. A Samsung vem crescendo constantemente nos últimos anos, depois que deixou a falida Nokia para trás, como a empresa que mais vende celulares no mundo. Ela chegou a vender quase metade dos celulares do universo. Mas o ciclo caminha ao fim. Os acionistas já esperavam uma queda de lucros, porém a decepção foi maior do que pensavam. Os lucros da empresa caíram 74% em comparação

com o mesmo período de 2013. Desde 2011, quando ainda a Nokia era forte, o Índice não foi tão baixo.

galaxy-alpha-smartphones-01

Embora a Samsung ainda seja líder absoluta em todos os segmentos de smartphones, a queda livre que vem ocorrendo se dá justamente pelo mesmo motivo que a Nokia fechou as portas: falta inovação. Não é que as outras empresas estão reinventando a roda e mostrando coisas extraordinárias, o fato é que a Samsung caiu na mesmice. Por outro lado, LG e Motorola fazem pequenas mudanças que a Samsung não faz. A Motorola vende o Moto G, um smartphone com hardware bom e que roda qualquer coisa, a preço de banana – se comparado com a concorrência – sem contar o novo Moto X que tem um hardware quão bom que a concorrência e custa metade. A LG sempre traz pequenas coisas como o simples Knock Code, tela 4K, smarbutton, laser para focalização de imagens e por ai vai. O que a Samsung faz? modifica seu péssimo TouchWiz e o deixa cada vez mais feio e lento. E os smartphones da linha S e Note há tempo que não mostram novidades. Só o último Note Edge traz algo novo, mas ainda é uma cobaia e não será comercializado universalmente.

Outro problema são os preços, principalmente em mercados emergentes, aka Brasil. Mas alguns podem falar: a Apple tá igual a Samsung: Não mostra nada de novo e cobra o olho da cara nos seus smartphones, mas mesmo assim não registra quedas de lucros desse porte. A resposta é simples, uma maça. Por um momento a Samsung até conseguiu um parcela de status de grife com a linha Galaxy, mas nunca irá se comparar ao iPhone. Esse já se consolidou como item de luxo e status. A Samsung tentou seguir esse caminho, mas não chegou lá pelo simples fato de não ter uma maça em sua carcaça.

Leiam também:  Foto mostra como Galaxy S6 é cópia do iPhone 6, novamente Samsung?

Vamos exemplificar a situação com o Galaxy S5. Os preços praticados pela Samsung no Brasil, só como exemplo, são absurdos e quase chegam ao preço de um iPhone. Logicamente aqueles usuário que normalmente procuram status irão de iPhone. Já aqueles mais conscientes, irão comparar o S5 com modelos equivalentes: Dai temos um o S5 por 2200 Reais, LG G3 por 1500 e Moto X por 1300, quem conhece vai comprar qual? Nem preciso responder. Mas mesmo assim o S5 vende mais, porém bem menos do que antes, pois nessa situação as vendas serão divididas em 3 modelos, dai a queda de lucros. Tendo a Samsung a confiabilidade que possui, bastava baixar o preço, mas não, eles estão infectados pela Apple e acham que podem ser iguais a ela. Mas definitivamente Galaxy S não é mais sinônimo de status.

Outro exemplo é a venda de smartphones de entrada, maior parcela de lucro da empresa. Depois da chegada do Moto G, que tornou simplesmente um vicio no mundo inteiro, abocanhou um mercado que antes era dominado pela Samsung, imagine o prejuízo que ela teve nesse segmento.

A queda na venda de smartphones foi de 22%, gerando uma situação inédita onde o lucro de vendas de semicondutores superou o lucro de venda de celulares.

351a026nhewhsb3s6jqtn2ud6

Obviamente, a culpa não é só da Samsung, a maior culpada é a concorrência. Nos últimos meses a Samsung pela primeira vez teve concorrentes com o sistema Android, principalmente Motorola e LG. Há também o crescimento absurdo de companhias chinesas como Xiaomi e Huawei entre outras, que dominam o mercado asiático. A Xiaomi é atualmente a terceira maior fabricantes do mundo, passando a LG e estando atrás somente da Samsung e da Apple.

Mas nem tudo tá perdido, e a Samsung ainda tem tempo e condições de voltar a crescer e continuar com seu domínio. A difrença dela em relação aos concorrentes ainda é enorme: ela tem 23,8% do mercado mundial, seguida pela Apple com 12%, Xiaomi com 5,3% , Lenovo com 5,2% e LG com 5,1%.  Alguns analistas dizem que falar em crise na Samsung é algo prematuro, devido aos números acima, por outro lado eles alertam que a Samsung tem que esboçar uma reação. Ainda concluem que a empresa está no meio de um “sanduiche”, entre a Apple e os chineses.

Leiam também:  Samsung Galaxy S7 e S7 Edge chega ao Brasil a partir de R$3.799,00

Vale ressaltar que a Samsung, diferente de Blackberry e Nokia, tem lucro de diversas fontes como semicondutores, TVs,computadores e outros, onde é líder na maioria. Analistas também dizem que seria uma boa hora dele começar a focar mais em modelos de entrada e intermediários, como faz a Motorola e LG.

Porém não será agora que a empresa irá mudar. Ao comentar os números, a empresa disse que acredita que as vendas irão melhorar, principalmente no Natal, onde ela acredita que o Note 4 vai estourar em vendas. Eu discordo, não acho que os usuários ao redor do mundo irão ser “apaixonar” por um aparelho que custa absurdos 699 Obamas, que além de não oferece nada de realmente novo, continua com uma interface feia e que acaba com o desempenho do aparelho.

Com informações de: 9to5, iG e Tech2

Android, Samsung

Galaxy A8 deve custar R$ 2.400, o modelo mais barato

A Samsung enviou um convite a imprensa – embora tenha deixado o tekimobile de fora – essa semana sobre o…

A Samsung enviou um convite a imprensa – embora tenha deixado o tekimobile de fora – essa semana sobre o lançamento de um novo modelo da linha Galaxy, possivelmente será a chegada do Galaxy A8, novo intermediário premium da empresa. Mas o preço poderá assustar.

O evento acontecerá dia 6 de Fevereiro, mas ainda não se sabe exatamente quando ele começará a ser vendido, mas já podemos falar em preços. No Brasil, o Galaxy A8 vai custar R$ 2.399, enquanto sua versão maior, a A8+, sairá por R$ 2.699. Ambos aparecem em versões com 4 GB de memória RAM e 64 GB para armazenamento, além de suporte a dois chips ou uso do slot adicional para a instalação de cartões SD. São três opções de cores: preta, dourada e ametista.

Isso mesmo, ele vai chegar custando quase o preço do Galaxy S8, claramente a melhor opção. Quanto as diferenças do modelo comum do Plus está em dois aspectos. Enquanto o A8 chega ao Brasil com tela de 5,6 polegadas e bateria de 3.000 mAh, o A8+, como o nome já indica, é um pouco mais robusto, trazendo um display de 6 polegadas e célula de 3.500 mAh, garantindo um pouco mais de autonomia aos usuários.

Samsung Galaxy A8 e A8+ chegam ao Brasil em três opções de cores

No restante, a parte visual permanece com as mesmas características dos lançamentos internacionais. Apesar de serem classificados pela Samsung como parte de seu segmento intermediário, as configurações do A8 e A8+ herdam características de seus companheiros do topo de linha, como a tela com proporção 18,5:9 e resolução de 2960 x 1440 pixels. Ficou de fora, entretanto, a curvatura, que faz com que as imagens apareçam até as laterais do dispositivo.

Na parte de dentro está um processador Exynos octacore, com dois núcleos rodando a 2,2 GHz e os outros seis a 1,6 GHz. Outros recursos de celulares mais potentes também aparecem aqui, como a dupla de câmeras na parte da frente, com 16 MP e 8 MP, respectivamente, além de um sensor traseiro de 16 megapixels. Todas as câmeras contam com sistema de otimização para imagens noturnas, além de tecnologia de correção automática de pixels, que garante a melhor qualidade possível para as fotos e vídeos produzidos com o aparelho.

Leiam também:  Samsung Galaxy S7 e S7 Edge chega ao Brasil a partir de R$3.799,00

Além disso, como não poderia deixar de ser, teremos o suporte aos óculos de realidade virtual GearVR e também a possibilidade de recarga rápida da bateria, com o carregador apropriado. As vendas, como sempre, devem começar por meio da loja oficial da Samsung e varejistas parceiros.

A fabricante, entretanto, ainda não confirmou a chegada oficial dos modelos por aqui. Mas se você se interessou pelos Galaxy A8 e A8+, já pode ir separando suas economias, pois o lançamento está mais próximo do que nunca.

Via Canaltech

materia completa
Android, Samsung

Galaxy S9 e S9+ chegam dia 26 de Fevereiro. Fonte é segura.

A Samsung ja havia confirmado que provavelment o Galaxy S9 e S9+ seriam lançados na MWC 2018 que acontece em Barcelona em…

A Samsung ja havia confirmado que provavelment o Galaxy S9 e S9+ seriam lançados na MWC 2018 que acontece em Barcelona em Fevereiro. De acordo com Evan Blass, famoso por vazar informações no Twitter, de fato os novos tops de linha da Samsung chegam mês que vem.

Leiam também: Review do Galaxy S8

De acordo com o Twitter de Evan Blass, o Galaxy S9 e Galaxy S9+ serão apresentados dia 26 de Fevereiro. Depois, a partir do dia 16 de Março, começará a distribuição global dos aparelhos. As pré-orders começarão antes, no dia primeiro de Março. Vale lembrar que no ano passado, em 2017, o Galaxy S8 atrasou um mês em relação aos anos anteriores.

A Samsung irá usar seu recém lançado chipset Exynos 9810 no Galaxy S9. Além disso, a versão americana, como sempre acontece, deverá vir com o Snapdragon 845. Não haverá alteração na relação de aspecto 18.5:9 do Infinity Display. Outra coisa que, para a felicidade de muitos, é que o conector P2 para fones de ouvido 3,5 mm continua firme e forte. Além disso é certeza que a Samsung finalmente vai abrir mão de colocar o sensor ao lado da câmera, será abaixo como em outros fabricantes. Abaixo uma foto com a suposta caixa do aparelho que vazou.

galaxy s9 caixa

A respeito das câmeras, o Galaxy S9 terá apenas um sensor. Já o Galaxy S9 Plus virá com um sensor duplo. O sensor principal será um de 12 MP como os anteriores. A novidade fica por conta da abertura que será variável entre f/1.5 e f/2.4.

Leiam também:  Galaxy S8 e LG G6 já possuem data para chegada no Brasil

galaxy s9 galaxy s9 plus

Isso é uma novidade já apresentada pela Samsung, assim diz o Ars Technica. A Samsung já fez um sensor semelhante em um aparelho chamado W2018. No que isso ajuda? Em condições de pouca iluminação, ele usa a abertura f/1,5 para capturar o máximo possível de luz; em cenas mais brilhantes, ele usa a abertura f/2,4 para uma profundidade de campo maior. Atualmente, com a abertura f/1,6 fixa, o Galaxy S8 costuma estourar na luz em ambientes muito iluminados, já que entra muita luz no sensor pois é bem aberto.

Como você pode ver no GIF abaixo, um conjunto de lâminas de abertura abre e fecha à medida que os níveis de luz mudam, semelhante a uma câmera DSLR:

Ao que parece, o Galaxy S9 Plus terá uma qualidade ainda melhor que o Galaxy Note 8, um dos melhores no mundo atualmente.

Com informações: Tecnoblog, Twitter

materia completa
Android, Samsung

Vaza caixa do Galaxy S9 com suas especificações

A vitima dos maiores rumores a partir de agora é o Galaxy S9. O futuro topo de linha da Samsung…

A vitima dos maiores rumores a partir de agora é o Galaxy S9. O futuro topo de linha da Samsung provavelmente será apresentado na MWC que acontece em Fevereiro. O design dele já vazou a exaustão, e hoje uma caixa com suas especificações também vazou.

Para começar, temos vários dados que muitos já esperavam: as especificações do S9 incluem uma memória RAM de 4 GB, bem como uma tela sAMOLED de 5,8 polegadas com resolução Quad HD. Junto disso, também temos um scanner de íris, certificado IP68 de resistência à água e poeira, 64 GB de armazenamento interno e suporte a carregamento sem fio.

Aqueles com olhos mais atentos, porém, vão notar algo bem curioso quanto à câmera traseira do Galaxy S9: ela mostra dois tipos diferentes de abertura. O que isso quer dizer? As apostas estão na presença de uma abertura variável, parecida com a que vemos em câmeras dedicadas – algo que ela, inclusive, já tem em seu smartphone dobrável W2018.

Ainda falando em novidades interessantes, temos a presença de um “Super Slow-mo”. O nome em si não é exatamente claro, mas é fácil imaginar a adição de suporte a gravação em câmera-lenta. Já algo bem mais claro fica para o “alto falantes estéreo ajustados pela AKG”, que mostra que a empresa vai finalmente trazer alto falantes duplos para sua linha.

É claro que, apesar de tudo, uma caixa como essa é relativamente simples de falsificar; logo, é bom não levar esses rumores como uma certeza absoluta. Felizmente, com o smartphone tão perto de ser lançado, podemos nos dar ao luxo de sonhar com todas essas “promessas” tão animadoras.

Leiam também:  Samsung apresenta versão dourada dos Galaxy S8 e S8+ no Brasil

Via Reddit

materia completa
Samsung

Exynos 9810 é o novo processador potente da Samsung, que virá no S9

Enquanto o Galaxy S9 recebe um chuva de rumores, já temos pelo menos uma certeza: seu processador. A Samsung anunciou…

Enquanto o Galaxy S9 recebe um chuva de rumores, já temos pelo menos uma certeza: seu processador. A Samsung anunciou hoje na CES o novo processador Exynos 9810 que equipará o S9, além da variante com o Snapdragon 845, provavelmente. Vejam abaixo os detalhes.

Leiam também: Review do Galaxy S8

Temos aqui um processador octa-core, com quatro núcleos potentes que chegam a 2,9 GHz, e outros quatro núcleos otimizados para eficiência. Ele promete desempenho 40% maior em relação ao seu antecessor, presente no Galaxy S8 e Note 8; e é fabricado no processo finFET de 10 nanômetros.

O Exynos 9810 também está preparado para um desbloqueio facial mais seguro. Ele permite “escanear o rosto de um usuário em 3D para detecção de rosto”, tal como o iPhone X. Rumores dizem que o Galaxy S9 terá um recurso semelhante ao Face ID.

O processador tem uma unidade de segurança separada “para proteger dados pessoais vitais, como informações faciais, de íris e de impressão digital”.

Há também um processador de imagem dedicado, para “fotos mais nítidas em pouca luz com menos ruído e motion blur”; gravação e reprodução de vídeos em 4K a 120 quadros por segundo; e suporte a HEVC de 10 bits (1,07 bilhão de cores, contra 16,7 milhões no formato de 8 bits).

Além disso, o modem embutido no Exynos 9810 é o primeiro a integrar a tecnologia 6CA, que combina até seis faixas de frequência na mesma estação rádio-base. Isso permite downloads de até 1,2 Gb/s e uploads de até 200 Mb/s.

O Exynos 9 Series 9810 já está sendo produzido em massa.

Via Slashgear

 

Leiam também:  Samsung Galaxy S7 e S7 Edge chega ao Brasil a partir de R$3.799,00
materia completa