Review Zenfone 5, o melhor Android intermediário, mas peca na bateria

4

O mercado de smartphones intermediários virou o mais concorrido e lucrativo no último ano, impulsionado principalmente pelo lançamento do Moto G, que obteve o status de smartphone mais vendido da história da Motorola. Esse ano a empresa ainda lançou o novo Moto G e deu continuidade com sua hegemonia nessa categoria. Mas vendo o enorme sucesso de vendas do Moto G, as empresas começaram a correr atrás e tentam lançar smartphones com um melhor custo beneficio que ele, todas falharam. Até que surge a ASUS com seu Zenfone 5, o primeiro intermediário capaz de competir com o Moto G e ainda ser mais barato. Será que ele consegue superar o Moto G? É isso que veremos nesse review do Zenfone 5.

Leiam antes o comparativo que fizemos desses dois modelos: Moto G vs Zenfone 5, quem leva a melhor?

Antes de tudo, vale ressaltar que testamos a versão com processador de 1,6 GHz e 8GB de armazenamento interno. Há ainda uma versão com processador de 1,2 GHz e 8GB de armazenamento e a mais parruda com processador de 1,6 GHz e 16GB de armazenamento.

Design e construção

Quando falamos de smartphones baratos, como é o caso do Zenfone 5 que pode ser comprado por algo em torno de 650 Reais, normalmente imaginamos smartphones aparentemente frágeis e mal construídos, algo como um carro popular. Não é o caso do Zenfone 5. Obviamente que nesse preço não dá para exigir carcaça de metal ou vidro, mas o plástico utilizado no Zenfone 5 é de extrema qualidade. Sua qualidade de construção é também muito boa. Nada de folgas nos encaixes ou rebarbas no corte. Afinal, segundo a ASUS ele é todo cortado a laser, dando essa aparência premium que ele tem.

Na parte de trás temos um plástico levemente emborrachado que não deixa o aparelho escorregar e, de quebra, não deixa marcas de gorduras das mãos como acontece com plásticos normais. Para falar a verdade, é bem parecido com o Moto G, embora esse seja ainda mais emborrachado. Temos sua câmera de 8 MP e em volta dela um aro de metal que dá um toque de elegância na traseira. Abaixo da câmera há o LED de flash e o logo da ASUS, também prateado. Na parte inferior há ainda um alto falante, infelizmente não é estéreo como no Moto G.

Confiram o review do novo Moto G que fizemos.

review asus zenfone 5 - traseira

Na parte da frente, há a sua tela de 5 polegadas. Acima há outro logo da ASUS e a câmera frontal de 2 MP. Abaixo da tela há 3 botões de toque. Os botões são separados da tela. Embora muitos prefiram os botões virtuais do Android, não tem como negar que botões separados significam melhor aproveitamento da tela. Abaixo da tela há ainda um pequeno painel metálico com linhas concêntricas que refletem a luz de uma forma bem legal. É o mesmo efeito utilizado nas tampas dos notebooks da marca, bem como nos tablets.

review asus zenfone - tela 1

 

review asus zenfone 5 - botões

Ele é um aparelho grande. Para falar a verdade, embora tenha um visual muito bonito e bem construído, ergonomicamente falando ele é enorme se levarmos em conta o tamanho da tela. O que o torna muito largo são suas exageradas bordas, que vão totalmente contra o conceito de design atual onde todos os fabricantes estão empenhados em sumir com as bordas laterais. Já de altura, o que o torna grande demais é principalmente sua borda superior que é muito maior que a câmera e o logo, ou seja, totalmente desnecessária.

Para efeito de comparação, abaixo uma foto com 3 modelos que possuem tela de 5 polegadas: o Zenfone 5, o Moto G e o G3 Beat. Note como o Zenfone é muito maior que todos os outros.

Confiram o review do LG G3 Beat

Já de espessura, ele não está fora do padrão dos concorrentes. Embora ele tenha 10.3 mm ele tem o truque de ser em formato de concha, isso faz que as suas extremidades tenham apenas 5.5 mm de espessura, enganando assim que ele seja gordinho. Suas medidas completas são: 148.2 de altura, 72.8 de largura e 10.3 mm de espessura.

review asus zenfone 5 - espessura

Tela

Como já dito, ele possui uma tela de 5 polegadas. A resolução usada é HD de 1280 por 720 pixels que dá uma densidade de 294 ppi. Não é a melhor das resoluções para seu tamanho, mas nem de longe é ruim. A tecnologia utilizada é o IPS, o que garante um bom brilho a tela. Além disso a ASUS deu uma turbinada no contraste dele, fazendo que ela seja mais viva que o comum, algo próximo a uma tela de AMOLED.

review asus zenfone 5 - tela

A qualidade dele é muito boa, acima da concorrência no meu ponto de vista. O legal é que mesmo debaixo da luz do sol, dá para usar o celular, claro que dificulta um pouco, mas é melhor que alguns smartphones baratos que é impossível enxergar algo nessa condição. Dificilmente você consegue enxergar os pixels na tela. Como os ícones tem formas bem chapadas, fica mais difícil ainda fazer isso. Abaixo uma foto tirada com a lente da câmera praticamente grudada na tela do celular.

review asus zenfone 5 - tela resolucao

A ASUS colocou também um aplicativo chamado Splendid, que como sugere o nome, deixa a tela mais viva que o comum, na prática ela aumenta os níveis de cores e contraste.

Hardware e desempenho

O grande diferencial do Zenfone 5 é justamente seu hardware. Ele consegue ser melhor que os concorrentes diretos como o Moto G. Totalmente diferente da concorrência, que usma um processador Qualcomm Snapdragon 400, a ASUS resolveu usar seu Know-How em computadores e utilizou um chipset Intel no Zenfone 5. Especificamente falando, ela usa um  Atom Z2560 Dual-core de 1,6 GHz (esse que nós testamos) e há ainda um modelo do Zenfone mais fraco com o Atom  Z2520 Dual-core de 12 GHz. Ambos possuem a tecnologia Hyper threading da Intel em que cada núcleo simula 2 núcleos virtuais, então ele funciona como um Quad-core, embora não seja. Abaixo um resumo de suas especificações:

  • Processador Intel Intel Atom Z2560 Dual core de 1,6GHz e/Z2520 Dual core de 1,2 GHz
  • 2GB de RAM
  • 8/16GB de armazenamento interno
  • GPU PowerVR SGX544MP2
  • Câmera de 8MPx e 2 Mpx
  • Dual SIM
  • Tela de 5″ HD

Notem que além do seu bom processador, o ASUS Zenfone 5 possui 2GB de memória RAM, sendo o único a ter essa quantidade nessa faixa de preço. Além de ter um processador com desempenho igual ou superior a concorrência, ele tem o melhor desempenho na multitarefa, graças a maior quantidade de RAM.

Em testes de benchmarks, ele se sai melhor que todos os seus concorrentes.



Câmera

Um dos aspectos que a ASUS mais faz questão de falar no Zenfone 5 é sua câmera. Embora logo de cara vale a pena falar que não estamos falando de uma câmera de smartphone topo de linha, podemos afirmar sem dúvida que ele tem a melhor câmera dentre os intermediários, ficando de igual para igual com o Xperia M2.  A câmera do Zenfone 5 possui um sensor de 8 Megapixels e uma abertura f/2,0 o que ajuda bastante nos resultados das fotos. Só ele e o novo Moto G possuem um sensor com essa abertura, considerando os modelos abaixo de 1 Mil Reais.

Confiram o review do Xperia M2

review asus zenfone 5 - camera

No geral as fotos possuem um nível de ruido bem baixo, desde que as condições de iluminação estejam boas. O app de câmera também é bem completo. Há o modo de pouca luz que melhora consideravelmente a iluminação da imagem. Há também alguns filtros para mudar as cores das fotos. Mas a melhor de todas as funções é o modo de profundidade de campo que ao invés de várias configurações de abertura de lente, ajuste de ISO e etc, gera automaticamente uma foto com efeito de fundo desfocado. O processo é bem simples, ele tira duas fotos (demora uns 5~7 segundos) e depois através de software faz o efeito. Não é perfeito como um gerado por lentes, pois claramente é um efeito de sharpening na parte não focada da foto (fundo) onde as bordas da imagem focalizada acabam um pouco distorcidas, mas quebra um galho.

Como a maioria dos smartphones, quando a luz está fraca ou é artificial as fotos perdem qualidade. Para compensar isso o software começa a exagerar no brilho e contraste gerando muito ruido. Mas é aceitável para um celular dessa categoria. Nessas horas o modo noturno ajuda bastante, mas só se você não tiver problemas de tremedeiras.

Zenfone 5 - fotos tiradas
Quase sem iluminação, apenas no modo noturno + flash
Zenfone 5 - fotos tiradas
Luz ambiente bem pouca, tempestade a caminho
Zenfone 5 - fotos tiradas fundo desfocado
Modo fundo desfocado. Notem que o desfoque “sumiu” com uma das rodas dianteiras
Zenfone 5 - fotos tiradas
Foto com iluminação e condições perfeitas

Bateria

Posso afirmar que o Zenfone 5 seria disparado o melhor smartphone intermediário da atualidade, porém ele peca no quesito bateria. Embora ela tenha uma amperagem até que boa,  2.050 mAh, parece que o chipset Intel não sabe administrar o uso de energia como os chips da Qualcomm. A duração média dela é bem inferior a outros concorrentes como o Moto G, LG G3 Beat, Xperia M2 e qualquer outro da categoria. Embora ela possa até aguentar um dia inteiro de um usuário comum, se você exigir um pouco mais de processamento, dai a coisa fica feia. Basta você ligar um jogo ou mesmo assistir um filme em full HD que parece que a carga simplesmente desaparece.

review asus zenfone 5 - bateria

Em certo dia que precisei muito de um smartphone, ele teria me deixado na mão se não fosse os carregadores que sempre levo comigo. Sai de manhã cedo com a carga em 100%, na parte da manhã ouvi um pouco de música e acessei alguns minutos a internet no 3G e no WiFi, ou seja, até então um comportamento normal. Assim foi até umas 4 horas da tarde quando a bateria estava mais ou menos em 60%.

Então resolvi jogar um pouco o Modern Combat 5. Joguei durante uns 20 minutos e quando sai do jogo a bateria estava em cerca de 40%. Sai de carro e liguei o GPS e a música via Bluetooth, resultado? Depois de mais ou menos 1 hora o celular desligou, acabou a bateria. Cheguei em um compromisso às 7 e meia sem celular. Isso mostrou que o chipset Intel não se dá bem em situações que exigem muito dele.

Software

zenfone 5 - tela de desbloqueioO Zenfone recebeu a atualização para o Android 4.4.2 Kitkat em Outubro, a maioria dos modelos vendidos estão vindo com essa versão. Em termos de Android ele está bem servido pois a ASUS também já se pronunciou e disse que irá atualizar ele para o Android Lollipop no começo de 2015.

A tela de bloqueio também é bem legal. Ela mostra o relógio, a temperatura e também seus próximos compromissos da agenda do Google além do número de ligações e mensagens perdidas. Ainda sobra espaço para um atalho para a câmera.

Quanto ao launcher, ele usa a chamada Zen UI. Para os mais puristas já aviso que ela mexe bastante com o Android. Porém ao meu ver – e da maioria dos blogueiros por ai – a ASUS fez um bom trabalho. O que sempre quero em uma interface customizada são funções úteis, já que vão ocupar espaço que seja para algo de bom. A ASUS colocou aplicativos bem legais além de boas funções.

A barra de notificações é a mais customizada que já tinha visto, mas como usa poucas cores e tem um visual bem flat, ela não ficou poluída. Puxando a barra no lado esquerdo você abre uma página inteira de atalhos que vão desde a lanterna, até um “modo de leitura” que dá um tom sépia na tela. Segundo a ASUS é mais confortável para a leitura. Os atalhos são funções bem usadas e economizam um bom tempo que você precisaria ir até o menu para achar.

zenfone 5 - barra de notificacoes

Os aplicativos, na maioria deles, são bem úteis. Há um gerenciador de arquivos que além de exibir arquivos locais também se conecta ao Google Drive, Dropbox e OneDrive. Também há integração com a solução caseira da Asus, que oferece 5 GB de espaço gratuito.

Um interessante app é o Splendid. Se trata de uma aplicação que dá uma “carregada” na temperatura das cores da tela, tornando-a mais viva através de um “Modo Vivo”. A diferença que dá na tela é enorme. Para quem gosta de cores mais suaves, basta desativar a função. Se o usuário gosta de um meio termo, dentro do próprio app dá para controlar a temperatura da tela. Notem o antes e depois abaixo nas frutas:

zenfone 5 - splendid

Os players de áudio e vídeo são bem simples, mas cumprem o seu objetivo sem nenhuma frescura. Um fato interessante é que o player de música é praticamente um clone do Google Music Player. Mais detalhes vocês podem notar no vídeo abaixo.

Vídeo Review

Prós e contas

Prós

  • Excelente hardware e desempenho
  • Boa câmera
  • Interface bonita e prática
  • Bom acabamento e construção
  • Ótimo custo x benefício

Contras

  • Exageradamente grande
  • Bateria com duração bem limitada

Conclusão

O ASUS Zenfone 5 realmente chegou para sacudir o mercado. Seu alvo é o novo Moto G. Ele ganha em quase todos os quesitos, principalmente no desempenho e câmera, porém perder do Moto G no tamanho e também na duração da bateria, mesmo tendo uma com amperagem maior. Mas não tem como negar que no preço que ele está, ele é uma excelente opção, talvez a melhor no Brasil atualmente.

Review
Custo x beneficio
9
Tela
8
Câmera
8.5
Perfomance
8.5
Bateria
6
SHARE
Post anteriorComo instalar o Android 5.0 Lollipop no LG G3
Próximo postDell lança primeiro Chromebox no Brasil, um pequeno computador com Chrome

4 Comentários

Deixe uma resposta