review moto e

O Motorola Moto E é um smartphone que veio para repetir o sucesso estrondoso do Moto G, o aparelho mais vendido da história da Motorola. Para isso, ele traz um design parecido, mesmo material utilizado em sua construção e, TV digital, Dois Chips e,principalmente, um preço bem competitivo frente a concorrência que fica entre 500 e 600 Reais. Por outro lado, ele tem um hardware inferior ao Moto G. Será que a diferença relativamente pequena entre os dois vale a pena a sua compra? Veremos no review abaixo.

Design

Como dito ele traz o mesmo design do Moto G e também do Moto X, os irmãos mais potentes. Tem a traseira um pouco encurvada que esconde suas medidas, já que ele não é exatamente um aparelho estreito para os padrões atuais com seus 12.3 mm de espessura. Ja de altura ele tem 124.8  e 64.8 de largura. Ele pesa 142 gramas o que não é muito para seu tamanho.

review moto e antena

Novamente a Motorola aposta nas capas coloridas. A versão que testamos que a topo de linha com TV digital e Dual SIM vem com as capas preta, azul e amarela. Existe ainda uma versão, digamos, afeminada dele que traz as capas nas cores Branca, Rosa e Verde limão. Resumindo, é um aparelho bem acabado e bonito para sua faixa de preço.

Ele vem com um fone de ouvido bem simples e ainda um extensor para o fone que teoricamente seria para ser usado com uma antena, porém estranhamente nem a TV nem o rádio funcionarão somente com o extensor, somente funciona ao conectar o fone de ouvido nele. Então, ou o extensor tava com problemas ou ele é totalmente inútil.

Desempenho e especificações

Obviamente, como se trata de um aparelho de entrada não podemos contar com uma super configuração. Mas antes dele, os smartphones dess faixa de preço rodando Android eram horrorosos de tão ruins e lentos. Já o Moto E traz um hardware potente.

  • Tela de 4,3 polegadas com resolução de 960 x 540 pixels
  • Processador Snapdragon Dual-core de 1,7 GHz
  • 1GB de RAM
  • GPU Adreno 302
  • 4GB de armazenamento interno + cartão Micro SD até 32 GB
  • TV digital
  • Dual SIM
  • Bateria de 1980 mAh
  • Rádio FM
  • Câmera de 5 MP

O hardware é bom, o destaque vai para o fato dele ter entrada para cartão SD, fato esse que o Moto G não tem, então é uma vantagem frente ao irmão. O ponto fraco é a câmera que realmente é bem fraca, além de não possuir nenhum tipo de LED para ajudar a iluminar as fotos. Ele não tem câmera frontal, então adeus Selfies.

review moto e

No Antutu Benchmark ele faz pontuação entre 15 e 17 mil, dependendo do seu humor. Como sabem eu não levo muito isso em conta. No desempenho prático ele rodou todos os jogos pesados da Google Play, obviamente que os mais pesasdos apresentaram lentidão e pequenos travamentos, mas nada que prejudicasse a jogatina.

Quanto a bateria é a história de sempre, aguenta no máximo umas 12 horas de uso pesado, o normal e padrão dos aparelhos hoje em dia.

review moto e

Vale lembrar, que o Moto E possui entrada para cartão SD até 32 GB, coisa que o Moto G não tem. Para quem faz muita questão de armazenamento, isso pode ser um diferencial.

Vídeo Review

Vejam as informações completas sobre o moto E no Vídeo Review abaixo.

Conclusão

Vale a pena? é difícil de dizer. Pagando quase 600 Reais você compra um Moto E top de linha com TV e Dual SIM. Com pouca coisa a mais você compra um Moto G sem TV e Single SIM, por outro lado bem mais potente, tela maior e com melhor resolução e ainda uma câmera usável que grava vídeos em HD. Um Moto G Dual SIM e com TV Digital é cerca de 250 reais mais caro que o Moto E.

Resumindo isso, vai depender de que função você valoriza. Se ter TV digital e ter necessidade de mais armazenamento interno (cartão SD) é indispensável para você, mesmo o celular sendo mais lento, o Moto E é melhor opção. Mas se você valoriza a velocidade e desempenho e não liga para TV e espaço, o Moto G é sua melhor opção.

Onde comprar:

Americanas | R$ 527 na versão Preto/ azul/ amarela –http://oferta.vc/3flP

Submarino | R$ 527 na versão Preto/ azul/ amarela –http://oferta.vc/3flR

FastShop | R$ 544 na versão Branca/Rosa/ Verde –http://oferta.vc/3flS

4 Comentários

  1. Considero o moto G um smart apenas razoável , ele fica entre low/ midle o que é bom é o marketing da motorola quanto ao moto E existem inúmeros devices com melhores funções , que possuem pelo menos um LED para flash e câmera frontal pelo mesmo preço , talvez a única dele seja a promessa de atualização do OS.

  2. Mentira no começo da matéria ,Moto G é o smartphone mais vendido da Motorola,não o aparelho,as vendas deste aparelho não vendeu nem metade do que o V3 vendeu.

Deixe uma resposta