[Vídeo Hands-on] Motorola lança Lenovo Vibe A7010 no Brasil R$ 1.299

1

A Motorola lançou hoje no Brasil o Lenovo Vibe A7010. Não, você não leu errado, a Motorola promoveu um evento para lançar um smartphone da Lenovo, afinal a Lenovo é dona da Motorola e quer que a marca Vibe se estabeleça no país, nada melhor que usar o nome da Motorola para isso.

SAM_1178
Lenovo Vibe A7010 – Tem tela de 5,5 polegadas full HD

O Lenovo Vibe A7010 é o primeiro smartphone da marca chinesa a ser lançado no Brasil. Toda a operação de planejamento, manufatura (lá em Jaguariúna), distribuição, vendas e suporte técnico está por conta da Motorola, controlada pela Lenovo. E a marca Vibe é uma nova família de produtos – o Vibe A7010 é o primeiro de uma família a chegar às lojas.

SAM_1186
Lenovo Vibe A7010 – Tem sensor biométrico extremamente rápido

Obviamente os questionamentos sobre como ficam as duas marcas co-existirem foram muitos. Resumindo, a Motorola nos disse que o Vibe entra em uma categoria de produto acima do Moto G e abaixo do Moto Play. Porém acho que ele está mais para concorrente do Moto X Play, tanto em questão de preço como questão de Hardware.

Falando no Hardware, ele é mais um smartphone brasileiro rodando em cima de um chip da Mediatek octa-core de 1,3 GHz, 2 GB de RAM, 32GB de armazenamento (expansível com cartões microSD) e uma experiência de Android 5.1 “quase pura”, com poucas alterações de sistema operacional/interface (mas não é aquela coisa “pelada” dos Moto: tem um ou dois apps vindos de fábrica. E por ser um produto da mãe China, uma opção para trocar temas está lá também).

SAM_1181
Lenovo Vibe A7010 – Parece metal, mas não é. É plástico imitando aço escovado.

A  câmera é de 13 megapixels e a frontal é de 5 megapixels, tela de 5,5” Full HD, modo seguro (semelhante ao Samsung Knox presente nos topo de linha da marca), que permite uso de duas contas de WhatsApp ou Facebook, por exemplo; 4G e suporte a dois SIM cards. Tem ainda alto-falantes Dolby Atmos (que direcionam, via software, o áudio para o lugar certo).

A bateria é de 3.300 mAH não-removível. Ah sim, e tem leitor de impressões digitais, algo raro para um aparelho nessa sua faixa de preço. O preço é de R$ 1.299.

Se vai dar certo? Essa é uma questão que ainda veremos. Digá-mos que a Lenovo está se arriscando, já que está competindo com sua marca Motorola que já é estabelecida no Brasil. O objetivo da empresa é expandir por todo o planeta seus negócios. Na Ásia a Lenovo domina o mercado, na Rússia ela é a primeira enquanto nesses mercados a Motorola é irrelevante. Já no Brasil, por exemplo, a Motorola domina enquanto a Lenovo é desconhecida.

Em breve o review completo, fiquem ligados.

 

1 Comentário

  1. Caramba, que novidade para mim, Não sabia que a Lenovo era dona da Motorola. rs
    Resta saber se ambos os aparelhos são bons…..rsrs

Deixe uma resposta