NVIDIA anuncia o Tegra® K1, um processador móvel revolucionário que apresenta a arquiteturaNVIDIA® Kepler™ – a mesma GPU que está por trás da placa de vídeo mais rápida do planeta, a NVIDIA GeForce® GTX™ 780 Ti. Pela primeira vez, games de computador de próxima geração estarão disponíveis em plataformas móveis.

O processador Tegra K1 define novos padrões na área móvel ao oferecer suporte às mais recentes tecnologias de games de computador, permitindo a execução de mecanismos de game sofisticados, como o Unreal Engine 4 da Epic Games. Oferece recursos avançados de cálculo para acelerar o desenvolvimento de aplicativos de visão computacional e reconhecimento de fala. E sua eficiência extraordinária oferece uma performance mais alta do que a de qualquer outra GPU móvel no mesmo nível de potência.

nvidia_tegra_k1

“Ao longo das duas últimas décadas, a NVIDIA inventou a GPU e desenvolveu mais tecnologias gráficas do que qualquer outra empresa”, afirma Jen-Hsun Huang, cofundador e CEO da NVIDIA. “Com o Tegra K1, estamos levando essa herança para a plataforma móvel. Ele preenche a lacuna para os desenvolvedores, que agora podem criar games e aplicativos de próxima geração que vão rodar em qualquer dispositivo.”

O Tegra K1vem em duas versões compatíveis pin-to-pin. A primeira versão usa uma CPU ARM Cortex A15 quad-core, 4-Plus-1™ de 32 bits. A segunda versão usa uma CPU dupla Super Core de 64 bits personalizada, projetada pela NVIDIA. Essa CPU (de codinome “Denver”) oferece performances de single-thread e de multi-thread bastante altas. Ela é baseada na arquitetura ARMv8, que leva a herança de eficiência energética da tecnologia do processador ARM à computação de 64 bits.

Ambas as versões do Tegra K1 oferecem gráficos excepcionais e recursos de computação visual potencializados pela GPU NVIDIA Kepler de 192 núcleos.  A versão de 32 bits está prevista para ser lançada em dispositivos no primeiro semestre de 2014, e a versão de 64 bits, no segundo semestre.

Simplesmente irreal: definindo novos padrões de game incríveis

O Tegra K1 oferece suporte total às mais recentes tecnologias de games de computador – incluindo DirectX 11, OpenGL 4.4 e tesselação. Esses recursos vão permitir que os desenvolvedores de games para computadores e consoles finalmente possam levar aos dispositivos móveis seus incríveis títulos ricos em imagens.

Tais recursos permitem que o Tegra K1rode o mais avançado mecanismo de game do mundo, o Unreal Engine 4. O Unreal Engine é o mais bem-sucedido mecanismo de game licenciado comercialmente, executando centenas de games em computadores e consoles avançados.

O Tegra K1é também o primeiro processador móvel a fornecer os mesmos recursos gráficos que a próxima geração de consoles (Xbox One, PlayStation 4), e uma performance mais rápida que a dos consoles da geração atual (Xbox 360, PlayStation 3) – tudo isso na palma da sua mão.

“Com o lançamento desse processador revolucionário, podemos pegar qualquer aplicativo que rode em um computador ou console e rodá-lo no Tegra”, afirma Tim Sweeney, fundador da Epic Games e desenvolvedor do Unreal Engine. “Daqui para a frente, acho que as diferenças de performance e recursos entre os games de ponta criados para dispositivos móveis e os criados para computadores continuarão a diminuir, até o ponto em que será difícil identificá-las.”

Computação avançada: oferecendo novas capacidades criativas

O Tegra K1é o primeiro processador a levar capacidades computacionais avançadas à plataforma móvel – tirando proveito de sua avançada GPU para oferecer novas experiências móveis.

Ele é também o primeiro processador móvel a dar suporte à NVIDIA CUDA® – a plataforma de computação paralela mais difundida do mundo. Desenvolvedores já baixaram  CUDA mais de 2 milhões de vezes para criar aplicativos de ponta acelerados por GPU nas áreas de visão computacional, processamento avançado de imagens, reconhecimento da fala, edição de vídeos e muitas outras.

Eficiência impressionante: estabelecendo novos benchmarks

Além de seus recursos gráficos e computacionais, o Tegra K1 oferece uma eficiência revolucionária. A GPU Kepler, no núcleo do Tegra K1, é 1,5 vez mais eficiente do que qualquer outra GPU móvel. Isso resulta em uma performance mais rápida no mesmo nível de potência, e uma experiência aprimorada para games e aplicativos acelerados por GPU.

Kepler – originalmente lançada para desktops e notebooks, e posteriormente disponibilizada para workstations e supercomputadores – é a arquitetura de GPU mais rápida e de maior eficiência energética do mundo. Dezenas de milhões de placas de vídeo e sistemas baseados na Kepler têm sido vendidos, incluindo a GeForce GTX 780 Ti.

“A Kepler está presente em todos os dez supercomputadores de maior eficiência energética do mundo”       , comenta Linley Gwennap do Linley Group. “Ao levar essa tecnologia para uma escala menor, a NVIDIA definiu um novo padrão para o que é possível ser feito em dispositivos móveis.”

Sem comentários

Deixe uma resposta