No final de julho do ano passado, solicitei a portabilidade de 2 números de uma operadora “A” para outra operadora “B”, num plano pós-pago.

Após 5 dias, o número principal foi portado sem problemas e o outro, que seria um dependente, também foi portado, mas por algum motivo, sem qualquer vínculo com o primeiro e fora de qualquer plano. Só viria a descobri isto em dezembro.

Em meados de novembro o referido número “dependente” foi parcialmente suspenso, não sendo mais possível realizar ligações.

Em contato telefônico com a operadora “B”, descobri que haviam faturas em aberto para aquele número “dependente” num valor superior a R$ 400,00. Tentei resolver o problema explicando tudo que havia acontecido, mas fui informado que deveria procurar a loja em que efetuei o procedimento inicial.

Devido aos afazeres do dia a dia, somente no final de dezembro consegui retornar à loja e foi constatado o erro no processo de portabilidade do número “dependente”. O atendente abriu uma reclamação no sistema da operadora explicando toda a situação e disse que entrariam em contato comigo para dar uma resposta após análise do caso.

Três dias depois, recebi um SMS informando que tentaram contato telefônico comigo, mas não conseguiram. Outro SMS informava que “(…) Não foram encontradas irregularidades em sua conta”. Fiquei me perguntando: que conta?!

Todos os pagamentos das contas do número principal estavam em dia! Estavam me cobrando por contas que nunca haviam chegado e que nem deveriam existir!

Após as festas do final do ano, decidi abrir uma reclamação no site da ANATEL, relatando tudo o que ocorreu. Como era meu primeiro acesso, foi necessário fazer um cadastro.

Site da ANATEL

Antes de registrar a reclamação, o sistema orienta a procurar primeiro o atendimento da operadora reclamada, mas como já havia passado por isso, fui direto para o formulário de registro de solicitações que engloba desde telefonia fixa, passando pela telefonia celular e até TV por assinatura, com diversas possibilidades de atendimento como denúncia, reclamação, elogio, etc., e suas respectivas subcategorias.

Abertura de reclamação no site da ANATEL

Em menos de uma semana recebi uma ligação da operadora “B” informando que o erro havia sido corrigido, que as contas foram canceladas e o número “dependente” já estava efetuando ligações!

Acesso ao sistema FOCUS – Suporte do Atendimento aos Usuários

Simples, rápido e eficaz!

2 Comentários

  1. É ótimo que se divulgue esse tipo de possibilidade.

    Eu mesmo já enfrentei vários problemas com operadoras. Um exemplo foi o problema que tive com a Claro ao tentar desbloquear um aparelho. Eu tinha o aparelho bloqueado, o contrato com a operadora, que já tinha passado de 1 um ano, com o IMEI do aparelho que eu tinha e, mesmo assim, a operadora se recusava a fazer o desbloqueio. Depois de passar algumas semanas indo a diferentes lojas e tentando o contato por telefone, cansei e fui procurar a Anatel. Depois de 3 dias alguém da operadora me ligou, pediu desculpas e me passou um código de desbloqueio na hora. O tratamento muda completamente.

Deixe uma resposta